Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Sab | 26.11.11

Primark

 

A primeira vez que entrei na Primark, saí de imediato. Muitas pessoas, muita roupa, muita confusão para o meu gosto.

A semana passada, voltei lá, por volta das 19 horas, mas também não tive paciência para ver o que se há por lá.  No entanto, comprei dois pares de meias opacas, a um bom preço.

Hoje fui levar a Sofia ao basquetebol e, como o Diogo, meu sobrinho, me contara que a mãe tinha feito umas compras muito interessantes, lembrei-me que uma amiga minha falara-me que, quando estivera na Irlanda há dois anos, comprara umas roupas interiores para ela e os filhos, de boa qualidade e a bom preço.

Entrei na Primark por volta das sete horas, com poucas pessoas, muitos funcionários jovens, e fui diretamente ao secção que me interessava: da roupa interior.

Os roupões são enormes e não gosto deles compridos, pelo que vi um conjunto constítuido por um pijama com casaco polar. O pijama com bonecos não me seduziu, e eu não sou mulher de bonecos,  vou  oferecê-lo na escola para o cabaz de natal, que também inclui roupa; um conjunto de 7 pares de meias para usar com sa sapatilhas; uma carteira pequena para as minhas noites de festa do vinil; um conjunto com 4 boxers microfibras; um cabide para cintos, ideal para os muitos colares que ocupam espaço nas gavetas e caixas; um pincel para a maquilhagem; uma par de calças de malha polar para andar mais confortável e quente aqui em casa, e umas botas bem quentinhas e fofinhas. Tudo isto por 44 euros.

Comprei o que me faz falta.

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.