Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

José Sarmento

Maria Araújo, 02.10.11

 

 

Ontem estava programado uma saída com uma amiga. A noite estava agradável, pensei numa esplanada e comer um gelado,pôr a conversa em dia.

Mas à hora do jantar lembrei-me que vira um cartaz sobre o dia mundial da música que, aqui em Braga, seria uma homenagem ao pianista e músico bracarense, que eu conheci muito bem, José Sarmento.

Liguei o computador, fui à página do Theatro Circo para verificar a hora do espetáculo. Como tenho o privilégio de viver a cinco minutos desta casa de espetáculos, quando a minha amiga chegou, lá fomos a pé comprar os bilhetes.

Plateia esgotada, havia apenas no 3º balcão alguns lugares disponíveis. Nunca pensara que a afluência dos bracarenses fosse tão massiça (quem da minha geração não conhecia José Sarmento?os convívios na praia? as brincadeiras? os bailaricos?).

O espetáculo começou com um grupo de crianças que cantava lindamente , super divertidas.

Depois, o velho grupo com quem atuara Jose Sarmento antes de entrar na vida artística,em Lisboa. 

Não vou referir os nomes dos amigos de José Sarmento. Alguns já não me recordo.

Nos anos 90, José Sarmento deu a conhecer ao país, Susana Félix e Mafalda Veiga e outros que, por razões pessoais não puderam participar nesta homenagem

Aqui está a apresentação:

 

O Dia Mundial da Música foi instituído – recorde-se – a 1 de Outubro de 1975 pelo “International Music Council”, organização não-governamental fundada sob patrocínio da UNESCO, e tem por objectivo a promoção dos valores da paz e amizade através da música enquanto linguagem universal. Á semelhança do que acontece por todo o mundo, o Theatro Circo alia-se à evocação desta data, trazendo a Braga um espectáculo musical de tributo ao compositor e músico bracarense José Sarmento. Com Coro Companhia da Música com solista soprano Ana Paula Matos, Quarteto João Calheiros, Lara Li, Maria de Deus, Sofia Froes, Ana Barros, João Lóio e Regina Castro, Firmino Neiva e Artur Caldeira.

 

À medida que as músicas eram recordadas sempre com o grupo de músicos e os cantores convidados, via-se no écrã gigante algumas fotos deste homem que viveu para a música.

Foi difícil encontrar um vídeo onde se visse o músico. Mas com grande prazer encontrei um com Raul Solnado, no programa da SIC dos anos 90, "falas tu ou falo eu", onde aparece o nosso músico, ao piano.

 

 

 

 

E, para quem não conheceu ou não se lembra dele vamos voltar atrás no tempo:participou no programa "falas tu ou falo eu", da SIC.

Turma 6, Quattor, Banda de Lá, Grupo de Jazz e outras.

Gostei muito do espetáculo, dos cantores,gostei da presença de Lara Li e de Sofia Froes, e das imagens que me fizeram reviver alguns momentos da nossa "eterna" juventude.

A Noite estava fantástica. Depois do espetáculo, aqui à porta de casa, estivemos na conversa até às 2h.

 

Nota: dedico este post ao meu grande amigo Fernando Botelho (nem sonha que tenho um blog), residente em Ermesinde, com quem tinha longas conversas sobre as nossas vidas e amigos(as), e por quem, este nutria  uma grande admiração e amizade a José Sarmento. 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post