Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Compras

Maria Araújo, 18.08.11

 Entrando no Sapo, vejo esta notícia.

Dia a dia se vê  nos jornais e TV notícias destas.

Fico preocupada. Os valores perdem-se, os jovens não receiam os conflitos, não receiam perder a vida, os adultos andam "esgotados"  e,  de repente, "ajustam-se" as contas por nada.

Há anos atrás, enquanto almoçávamos e/ou jantávamos, víamos as notícias, a única hora que se podia ver. Não havia canais de notícias, e estas passavam  na TV durante as refeições. Na rádio, sim , a qualquer hora. Mas não se via...

 Eram lidas pelos jornalistas, mas não tão apelativas como hoje, até que ,um dia, a minha mãe disse: "À hora das refeições não se vê televisão. Só vemos mortes, sangue, conflitos. Acabou! Esta hora é sagrada para as nossas refeições."

E acabou mesmo.

Depois o tempo passou, e tudo mudou.

Agora, se não vemos à hora do jantar, vemos a qualquer hora, em qualquer canal de cabo.

E as notícias são agressivas demais.

Chama-se muito à atenção, insiste-se nelas, continuamente.

Será que elas não despertam mais a agressividade nas pessoas?

Temos de nos esforçar para mudar os valores.

Os meios de comunicação têm de controlar as imagens que mostram.

Também detesto entrar num restaurante e ver famílias e /ou casais com os olhos virados para a televisão.

Estes momentos são de convívio, de alegria, de sorrisos.

E quando entrei aqui para ver os comentários, pensei escrever uma banalidade como, "Vou fazer umas compritas que necessito de levar para os meus poucos dias de férias".

Um bom dia para todos.

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.