Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

...

Maria Araújo, 22.06.11

Há meses que tinha, e tenho, uma dor no braço esquerdo.

Fiz uma prova de esforço e um a densitómetria óssea em Novembro de 2010. Os resultados estavam bons.  Contudo, a dor persistia, umas vezes mais suave, outras mais fortes.

Decidi ir a um especialista, cá na zona, visto que aquele que fui em Outibro passado, mal olhou para os exames e disse: "Faça fisioterapia duas vezes por ano!"

Então lá fui, hoje. Um médico na casa dos 65, baixo, com ar de quem esteve de férias recentemente.

Registava no computador com o dedo indicador da mão direita, o que eu ia dizendo sobre o que sentia.

Fez-me uma exame simples, que gostei, viu os exames que fiz em 2010, e disse: "Páre com a medicação para o colesterol! Isso só lhe faz mal!" Fiquei a olhar para ele e pedi-lhe então exames ao sangue.

Disse que não era preciso, mas como eu pedia, e para ficar tranquila, passou.

E acrescentou: "A senhora está muito bem. Está como se tivesse 20 anos",

Sorri e comentei" Quero estar tranquila, porque as dores sinto-as."

"Uma pequena tendinite, somente", acrescentou.

E quando se levanta para se despedir, cumprimenta-me, leva-a as suas mãos aos meus ombros, dizendo que estão tensos mas não é nada, ao mesmo tempo que, quando eu já estava de saída do consultório, o "malandro" toca-me na cintura e faz-me umas cócegas.

 Como sou discreta, fiz de conta que não senti nada, não reagi, e saí apressadamente do gabinete.

Médicos?!

 

 

 

3 comentários

Comentar post