Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

29.05.11

Bracara Augusta

Maria Araújo

 

Braga Romana está a decorrer desde Quinta-Feira passada, já célebre há alguns anos. As rua do centro histórico ficam recheadas de  tendas, onde se vende de tudo. As barraquinhas das astrólogas e cartomantes, na estreita rua de Nossa Senhora do Leite, são muito procuradas(lol).

Este ano não fui para a confusão.

Hoje de manhã,  precisava de procurar uma farmácia de serviço e decidi passar na feira. Mas só vi as tendinhas que ficam junto às Frigideiras do Cantinho.

Lembrei-me de comprar frigideiras. Entrei. E vi o bolo romano, cortado em pequenas fatias.

 Perguntei de que era feito. Responderam-me:"Mel e pinhões. Não leva açúcar."

E comprei.

Lancei o olho à parede e fixei a página, 57,  onde Júlio Dinis escreveu em "Serões da Província", que tenho aqui ao meu lado. Está no capítulo IV o seguinte :"O resto do jantar correu sem novidade, a não ser  a saudação geral, que vitoriou a surpresa do doutor, a qual, desta vez, consistiu em uma dúzia  das decantadas  frigideiras  de Braga, a mais apetitosa  concepção  dos pasteleiros  da augusta cidade  cesário."

Saí do local e, em frente, na grande tenda das comidas, enfiados cada um no seu espeto, dois porcos estavam a ser devidamente churrascados. Muitas gulas vão, com certeza, deliciar-se com este manjar.

O tempo ainda está a ajudar, mas prevê-se forte chuva, para o meio da tarde.

A essa hora, a feira deve ter terminado.  

E para todos os que aqui vierem, em especial para a Rita, na China, aqui estão as fotos da "decantada concepção".

 

 

O embrulho com o tradicional fio.

 

 

 

 

A frigideira

 

 

 

 

O interior...

 

 

 

 

 

 

 

O bolo romano.

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.