Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

858 - Lia

Maria Araújo, 21.12.10

Ontem recebi uma missiva de uma amiga virtual, residente em São Paulo, mas da Figueira da Foz. Uma amiga de coração que conheci há cerca de 3 anos. Sim, porque aqui na internet também se fazem bons amigos.

Aqui está o e-mail:

 

  Para você com todo carinho que eu possa ter,

por tudo de bom que você me representa,

pelos nossos risos,

pela nossa amizade,

por eu te gostar tanto...

Estas flores é para você não esquecer

de uma pessoa que nunca

se esquece de você,

mesmo longe,

mesmo não se falando sempre,

mesmo sem te conhecer o bastante.

Que estas flores,

possam traduzir o meu carinho

e a minha admiração por você!

Beijos, lhe desejo tudo de bom nesta vida...

  

E.C (LIA)

  

  

 

(as flores que me enviou)

 

 

 

A verdade é que tenho tido pouco tempo para "conversar" com ela, no messenger.

Tempo em que desabafava as suas tristezas, tempo em que nos ríamos, tempo em que partilhávamos, simplesmente.

Neste simples poema, transmitiu esta nossa ausência e falta de tempo.

Mas eu vou voltar. Prometo.