Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

09.08.10

712 - Qu'est- ce que tu veux?!

Maria Araújo

 Com o mês de Agosto chegam os emigrantes, na sua maioria a falar Francês, língua que aprendi, vou falando e entendendo qualquer coisa, mas já a pus de lado há muito tempo. Não me dispersando, estes nossos irmãos trazem alegria às suas terras, trazem dinheiro para o país, gastam cá dentro o que a maioria de nós gasta lá fora, e empestam as nossas cidades de " vien ici, Michel", "...un truck comme ça" e muitas expressões que não ficam cá dentro, nos meus ouvidos.

Mas na passada Quinta-Feira, fui à praia. Um areal extenso, agora limpo de pregregulhos que o mar trouxera durante o Inverno, assentei "praça" afastada das pessoas que por lá gozavam o sol, a leitura, o mar. Comento com a minha sobrinha que, sempre que vamos à praia e tentámos não ficar coladas ás pessoas, há sempre alguém que se cola a nós. Como fomos para Esposende, deduzi que desta vez iríamos ficar à vontade.

Acabaramos de montar a nossa "tenda" e eis que chegam dois casais, com filhos ainda pequenos, e "pimba" ficam a escassos metros de nós. Incrível! Tanta extensão e ficam mesmo ali perto!

Bom, percebi que falavam Francês. Comentei com a miúda, num tom audível,"uma praia tão grande e vêm mesmo para cima de nós!" Mas eles não se incomodaram.

Mal "assentaram praça" ouvi um dos homens ralhar com uma das pequenotas, mas não entendi o que dizia a não ser isto "Qu'est-ce que tu veux, caralho?"

hahahahahahahahahahahah! Ri-me eu. E comento, "Estes Portugueses não têm orgulho na nossa língua. Vêm para Portugal, falam Francês entre si, para os miúdos também, mas os palavrões dizem-nos em Português!" E a criança entendeu. Ficou calada, pegou no balde de brincar na areia e, juntamente com a outra criança, brincaram todo o tempo sossegadas. E os casais continuavam a falar Francês.

Contra? Não. Mas entre si, por que não falar Português? E por que não ensinar os filhos a falar Português? Será que só ensinam os palavrões aos filhos?

Ao longo dos anos, todos os anos, nas férias, escuto a língua Francesa na boca dos Portugueses que, de lá de fora, e cá dentro,deveriam investir na língua Portuguesa.

 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post