Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

17.11.18

fomos levar o cão à praia

Maria Araújo

IMG_20181117_160829.jpg

e se na cidade o vento era, e é, forte, a puxar a chuva, por lá estava sereno, o mar estava picado mas com uma temperatura agadável, molhamos os pés.

Antes de regressarmos, fomos às compras de legumes e frutas, a mala do carro vinha cheia.

Sempre dissera à minha irmã que comprar legumes na praia vinha bem servida e pagava muito menos que nos mercadinhos e supermercados da cidade.

Hoje, estava contente pelas compras que fez, trouxe muito  por  pouco dinheiro.

IMG_20181117_162055.jpg

17.11.18

estava em frente ao televisor

Maria Araújo

antes das notícias, vi-a eu o a RTP2, quando senti, por breves segundos algo que me pareceu tremer, como quando alguma coisa pesada cai ao longe e ouve-se um ruído, e a mente fica confusa, como se  fosse uma tontura.

Achei estranho, não senti o chão tremer.

Tudo calmo, fui para a cozinha.

Entro agora aqui, e vejo a notícia.

Um sismo de magnitude 3,4. 

Tenho pavor a sismos.

14.11.18

finalmente, as obras

Maria Araújo

Costumo passar a pé e de carro nesta rua, sempre lamentava o estado de degradação ( e há mais edifícios que necessitam de obras urgentes), muitas foram as vezes que vi jovens de vários cantos do mundo que  ficavam  lá hospedados, perguntava-me como era possível não se ter feito nada, um edifício que denegria a imagem desta cidade moderna, muito visitada por turistas, em qualquer época do ano, a cidade que foi Capital da Juventude em 2012, é em 2018 a Cidade Europeia do Desporto.

Ontem, passei por lá e, finalmente, as obras vão arrancar.

protocolo vai ser cumprido, dentro de um ano, a cidade terá um edifício renovado e moderno.

IMG_20181113_124857.jpg

 

 

 

 

12.11.18

a romã que mancha tudo

Maria Araújo

emagrecer-com-roma_25501_l.jpg

no Outono, procuro usar as frutas da época para o meu pequeno-almoço, é a romã a que melhor  combina com o iogurte magro, as sementes de chia,  as nozes, que alterno, também, com aveia e mel.

Há muitas formas de abrir a  romã,  mas há a questão de o sumo saltar para a roupa, as mãos ficarem molhadas e manchadas e desperdiçar-se muito sumo.

Um dia, a minha irmã queixou-se que se sujava a partir a romã,  perguntou-me  como a abria sem e aproveitar todo o sumo.

Expliquei que faço um leve corte à volta da casca, abro-o em duas metades, com uma colher  bato na casca, com cuidado, para que as sementes e o sumo caiam no recipiente.

Entretanto, pesquisei na internet, encontrei outras formas de as abrir, mas a mais eficaz,  sem que o sumo salte e manche a roupa, porque as mãos é inevitável,  está neste vídeo que exemplifica, também, a minha forma de o abrir .

 

 

09.11.18

"Baixa Terapia"

Maria Araújo

IMG_20181108_232655.jpg

 

Para rir com prazer, surpreende pelos assuntos que foca: as relações entre casais, os filhos, o jogo, o álcool, o desemprego, tudo tratado de uma forma cómica. Cada personagem oculta algo do seu passado que não pretende revelar aos outros, ao mesmo tempo que as mensagens surgem, crescendo a tensão, e prendendo o público que aguarda com expectativa o que vem a seguir.

Com o decorrer da acção, uma personagem menos activa vai-se revelando numa caracterização inigualável  de gestos  entre o cómico e  o trágico.

E é nesta personagem, e seu marido, que a trama se desvenda.

O silêncio do público é quase aterrador.

As lágrimas vêem-me aos olhos, garanto que aos olhos da maioria da plateia.

E o final é surpreendente.

 

IMG_20181108_233255.jpg

 Depois do espectáculo, há um bate-papo com a plateia.

António Fagundes, terra-a-terra, como é sua característica, põe as pessoas à vontade, não deixa ninguém sem resposta.

 

 

08.11.18

pensava eu que passava despercebida

Maria Araújo

Estive quinze dias ausente do ginásio, porque não foi mesmo possível ir às minhas aulas.

Regressei ontem, diz-me o funcionário da recepção:
-Há algum tempo que não a vejo. Está tudo bem consigo?

No bar, cruzo-me com outro, faz-me a mesma pergunta.

Hoje, fui fazer duas aulas, estava uma funcionária, muito simpática, faz o mesmo reparo e pergunta.

E eu que pensava que passava despercebida.

É bom saber que as pessoas se preocupam connosco.

 

 

 

08.11.18

um mês depois

Maria Araújo

 

Tentei ir com os meus amigos, mas como o dia preferido é o de amanhã ( depois vão beber um copo) e como há vários dias da semana, desde setembro, que vou à Maia e chego por volta das 21h, ter de jantar, antes, ficava apertado para mim, optei por comprar o bilhete para o primeiro dia.

Os bilhetes esgotaram depressa e quando avisei a minha irmã, que chega muito tarde do trabalho, para  ir no domingo à sessão da tarde, ela passou pelo Theatro Circo, não havia bilhetes, mas estava aberta a possibilidade de haver mais um espectáculo neste mesmo dia, à noite.

A informação seria confirmada na quarta-feira seguinte, passei por lá, há sim, um novo espectáculo, comprei os bilhetes para ela e uma amiga nossa.

Quatro dias de espectáculo e domingo com duas sessões, os bilhetes esgotaram.

Penso que só este nome chama as pessoas a irem ao teatro, e fã que sou, sempre que vem a Braga, não perco nada seu.

E hoje é o dia de...

baixa_terapia_ticketline_comprar_bilhetes-1080x675

 Baixa Terapia

 

Três casais que não se conhecem encontram-se inesperadamente no consultório da psico-terapeuta que os acompanha para uma habitual sessão. Mas desta vez, para espanto de todos, ela não está presente. A terapeuta deixou tudo preparado para a chegada dos casais – um pequeno bar onde não falta whisky e vários envelopes com instruções de como em conjunto deverão conduzir a sessão sem a sua presença. Esse é o objectivo: uma sessão sem o acompanhando da terapeuta, onde todas as questões são resolvidas em grupo. Cada envelope traz uma situação mais engenhosa que a outra o que acaba por transformar a sessão num caos hilariante. “Baixa Terapia” é uma comédia envolvente que conduz o público a um final surpreendente.

 
Com: António Fagundes, Mara Carvalho, Bruno Fagundes, Alexandra Martins, Fábio Espósito e Ilana Kaplan
 
Duração prevista: 1h45 + 15 minutos (conversa com os atores no final do espetáculo)