Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

fui às compras

Maria Araújo, 19.10.18

ao centro comercial, porque, infelizmente, e eu adoro o comércio de rua,  as lojas que eu queria ver umas coisas, não há no centro da cidade.

Há muito tempo que não comprava lingerie na Oysho, hoje, comprei um conjunto na cor cru, que mais gosto, mas perdida por muitos outros que gostei.

Passei na Tezenis, comprei um conjunto de cuecas, a funcionária insistia que levasse 5, porque não pagava uma, mas como eu não vou nesta conversa e as cores deste ano não são as que mais gosto, comprei um de três.

Segui para a Primark, procurava algo quentinho para vestir em casa nos dias frios e as meias para calçar com as botas que a maioria das jovens usam na rua, e eu uso em casa.

Comprei uma camisola de algodão e uma malha polar para oferecer a uma menina de 10 anos, que conheci nesta clínica, por quem tenho uma grande admiração pela força, por cada conquista, por mais pequena que seja, em vencer o seu problema de locomoção, pelo sorriso que nos dá quando a incentivamos, batemos palmas, dizemos, "consegues", "boa!", "já está".

Andei a ver os cintos na Zara online, pensei passar na loja, mas além de não ter paciência para as lojas de centros comerciais, não queria gastar mais dinheiro em compras. Não preciso de cintos, tenho bastantes, alguns com mais de 20 anos, largos, com franjas, de metal, finos, com fivelas grandes, douradas, prateadas, de várias cores. É um acessório que uso raramente.

Tenho uns jeans Levis que comprei há uns anos, estão novos porque nnão os visto, estavam separados para dar  à empregada do meu vizinho (dei-lhe um casaco de pêlo e um de fazenda que não usava, eram modelos demasiado largos e ocupavam muito espaço no guarda-roupa) resolvi que ia usar as calças, compraria um cinto na Zara. Desisti de ir à loja, saí do centro comercial.

Em casa, voltei à loja online da Zara e seleccionei os cintos que gosto, que de certeza que não vou comprar nenhum, vou à gaveta e selecciono os que penso que vou usar, não gasto dinheiro num novo não vá deixá-lo arrumado junto aos outros.

Mas gostei muito destes:

1736222800_1_1_1.jpg

2555204800_1_1_1.jpg

 

1736221800_1_1_1.jpg

 

1736226303_2_1_1.jpg

 

6466201038_1_1_1.jpg

2555201707_1_1_1.jpg

 

 

 

 

 

há música nos Jardins

Maria Araújo, 18.10.18

p2349a0.jpg

 

 

Pois, é. O título pode levar-vos a pensar num evento especial, que é, aqui na cidade e para o fim de semana.

Não ando ao corrente do que se passa no burgo, tenho tido os dias ocupados, raramente vou ao centro, não sei o que acontece por cá.

Soube, por acaso, ontem, que vai haver um evento sobre música para bebés e eu gostaria que o meu sobrinho neto lá fosse, como vai a este evento, e fico especialmente satisfeita em saber que esta cidade está a evoluir e que afinal as coisas boas não se restringem à capital e ao Porto.

Bom, estava eu escrevee que há festa nos Jardins, mas não nos jardins de Braga, que infelizmente o autarca que esteve mais de 30 anos no poder destruiu lugares de lazer que a cidade tinha e substituíndo-os por betão, mas do aniversário dos Jardins de Afrodite, uma das queridas bloggers dos nossos encontros de bloggers, que não sendo bracarense vive aqui na cidade há muitos anos.

Não sendo uma blogger do Sapo, não é por isso que vou deixar de vos convidar a visitarem os seus jardins, especialmente hoje, neste seu 6º aniversário, e verem e se quiserem, ouvir o que ela tem para nos oferecer.

A Afrodite convida-nos, à semelhança do antigo programa do século passado  "Quando o telefone toca" que os ouvintes eram convidados a dizer uma frase, de um patrocinador e/ou promocional, pedia uma canção que podia ser, ou não, dedicada a um familiar ou amigo, " Posso pedir um disco?" , que o nosso amigo Ricardo, mais um elemento do grupo de bloggers, também nos convidara a participar num passatempo  no seu Pacto Português , no ano de 2015, a participar na festa, pedindo um "disco" e dizendo a frase patrocinadora:

Os JARDINS DE AFRODITE estão em festa.

Neste 6º ano de comemoração,
só quero pedir uma canção.
 
 

Então, convido-vos, vós bloggers do Sapo, que espreitem estes Jardins e se deliciem com as músicas, algumas antigas, daquelas que os vossos pais gostariam de ouvir e recordar o que estas lhes diziam no seu tempo de moças e moços.

Para ti, Afrodite, que os teus Jardins continuem a dar flores, nós os bloggers, de todas as idades e "tamanhos", e alegrem com as suas palavras, os seus desabafos, o seu humor, os corações de quem por lá se deixa perder.

captura de ecrã.png

Feliz Aniversário.

 

2º desafio de leitura

Maria Araújo, 16.10.18

que nunca mais escrevi sobre ele, declaro que tenho lido livros muito bons.

E este, cujo título nos leva a pensar numa história de amor lamechas, pelo contrário, é diferente, imprevisível, é um romance de "vôos", dos passeios, às terça-feiras, para observação da fauna queniana, de uma paixão secreta, tudo contado com humor.

 

 

 transferir.jpg

 

IMG_20181016_225738.jpg

 

 

 

o outono chegou

Maria Araújo, 16.10.18

está na hora de arrumar as roupas de verão e trazer para o guarda-roupa as de outono. 

O edredon já está na cama. Soube muito bem, esta noite, dormir bem aconchegada.

A chuva tem caído com moderação, que continue, regue os campos e encha os rios.

É tempo das  castanhas, das compotas de figos, de abóbora, de dióspiro...

É outono.

legumes-outono.jpg