Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

09.09.18

" está fechado"

Maria Araújo

transferir.jpg

 Da caminhada de Domingo, que não fazia há bastante tempo, fui em direcção ao novo, e inaugurado recentemente,  Parque Desportivo da Rodovia, fiz o percurso de sempre, saí do lado do Instituto de Nano Tecnologia, não vi a zona radical, mas do que se deparou aos olhos, parece que triplicou, tem espaços apetrechados de aparelhos para  várias modalidades desportivas, enfim, a cidade tem um parque moderno e convidativo às práticas desportivas.

Segui o meu caminho pela colina de Lamaçães, grandes construções acabadas, outras se erguem, passei pela loja Zu para comprar ração para a minha gata.

As minhas pernas têm dado sinal de cansaço, o regresso a casa era mais lento, faltavam 20 minutos para as 13h, numa curva  junto às casas que em finais dos anos 70 ficou conhecida pelo nome de aldeia dos macacos, vi um pequeno café que tinha a placa  "Jogos Santa Casa", a porta estava aberta, apeteceu-me comprar uma raspadinha de 1 euro ( o máximo que dou).

Entrei, estava uma senhora ao balcão junto à máquina de jogos, dei boa tarde, e diz ela de imediato: " está fechado".

Olhei para ela sem perceber, insisti que queria uma raspadinha.  Repete:"está fechado".

E foi então que eu comentei: " Então a senhora diz que está fechado, mas eu entrei porque tem a porta aberta".

"Já disse que está fechado".

Virei as costa e saí, comentando  para mim: " Ora esta!  Devias ser mais simpática, dizias que estava na hora de fechar, pedias desculpa, não podias vender nada."

 

 

06.09.18

escola nova

Maria Araújo

Escola fechada para obras desde 2016,  em Janeiro a azáfama das obras acordava a vizinhança, ora eram os camiões que entravam e saíam gerando alguma confusão na rua, ora os chicos espertos não respeitavam a fita que vedava o estacionamento para que os camiões pudessem fazer a curva no início da rua estreita e com um sentido, deitando-a abaixo e estacionando as suas viaturas e, habitualmente, também na curva no final da rua, mas aqui a culpa era dos responsáveis da obra que nunca a vedaram, os camiões não tinham espaço para manobras, era ver e ouvir a confusão que se instalava até que aparecesse o dono da viatura, a tirasse e o trânsito voltasse à normalidade.

As obras nunca pararam, sábados e feriados, havia sempre alguém a trabalhar.

Estamos em Setembro,  as aulas começam dentro de uma semana, a escola tem de ficar pronta. E se os trabalhadores eram de mais, esta semana parece que triplicaram.

Às 8:00h os ruídos são muitos, não nos deixam dormir. Os camiões que chegam, o som incomodativo quando fazem marcha atrás, as máquinas que furam os muros  para colocarem as redes

São os homens que cimentam o pátio da escola, que berram ou lançam um "ei, olha o fio!", a engenheira que anda de um lado para o outro a coordenar o trabalho, o homem que se baixa e mostra as cuecas e o reguinho, o que trata da limpeza exterior dos vidros das janelas, os electricistas que entram e saem, o camião que descarrega as placas brancas, os moradores que querem estacionar os carros (aconteceu comigo, ontem) nas suas garagens e têm as entradas impedidas pelas carrinhas das obras.

Hoje, mais um dia que tive de sair da cama de tanto ruído que se ouve.

Fui à janela, vi,no meio desta confusão toda, dois  pássaros que voavam entre as duas árvores que ficam  deste lado do passeio em frente ao prédio, alheios ao ruído e azáfama das obras.

Dentro de uma semana, se tudo ficar operacional, os ruídos vão ser outros.

Serão os chilreares da criançada que vem para uma escola bonita e grande, mas que para isso lhes tirou as frondosas árvores que lhes davam a sombra nos dias solarengos de calor.

IMG_20180906_094834.jpg

 

04.09.18

parece que a magia de Setembro

Maria Araújo

anda no ar ( até é o mês de Verão/Outono que mais gosto, sobretudo para passear pela praia), toda a gente fala e escreve coisas cuxi cuxi, muito fofinhas e românticas.

Setembro é o mês de os alunos regressarem à escola, de os pais abrirem a carteira para pagarem os livros, os materiais, as mochilas.

Cá em casa, Setembro é o mês com maior número de aniversários de membros da família.

 

 Imagem relacionada

 

 

03.09.18

também escrevo sobre recomeços

Maria Araújo

 

Acabadas as férias das creches e jardins de infância, é sempre uma preocupação para os pais e mães o regresso dos filhos, neste início de Setembro, sobretudo quando é a primeira vez que começam uma vida nova.

Novas rotinas, outros rostos, adaptação a um ambiente desconhecido, mas também outras aprendizagens e novos amiguinhos.

O meu sobrinho neto bebé  mudou de cidade, teve hoje o seu primeiro dia numa nova creche.

Quis o destino que, dezassete anos depois  (quando quiser dar um passeio com ele no final do dia) a tia avó voltasse lá para matar saudades do tempo que ia buscar a Sofia.

 

03.09.18

a Noite já passou

Maria Araújo

 

IMG_20180901_201852.jpg

mas deixo as poucas fotografias do que foi a minha noite branca de sábado passado.

Tive o prazer de abraçar uma colega e amiga da minha amiga de coração, a M, e com quem passamos férias em Palma de Maiorca,  há cerca de  25 anos, desde então nunca mais nos vimos.

Foi muito bom rever esta jovem mãe de gémeos, um rapaz e uma rapariga, que têm agora 19 anos. 

Foi uma noite quente, uma noite com música, luz, dança, convívio. Deitei-me às 4h.

IMG_20180901_230140.jpg

IMG_20180903_141849.jpg

IMG_20180901_235848.jpg

IMG_20180902_012634.jpg

IMG_20180902_014138.jpg

 

IMG_20180902_033809.jpg

 

Pág. 3/3