Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

o livro do desafio

Maria Araújo, 30.06.17

da MJ, que recebi este mês é o clássico português "Os Fidalgos da Casa Mourisca".

Ando a lê-lo, quero cumprir a leitura para o livro seguir outro destino, mas acontece que sempre que pego nele, e porque tenho dormido poucas horas nesta última semana, adormeço.

Esta noite deitei-me às 2h, tem sido a hora normal, porque me sento no sofá a ver um pouco de televisão, estaja ou não a dar programa que me agrade, adormeço. Acordo, entretanto, preparo-me para ler na cama, leio cinco, seis páginas e adormeço.

Há dias, procurei nas minhas prateleiras se tinha o livro, para o caso de não conseguir lê-lo até à data de envio. Tinha a certeza que constava das obras dos meus autores portugueses.

Procurei e não encontrei. De quando em vez, nas minhas arrumações, desfaço-me de alguns livros que não vejo grande interesse. Mas sei que não iria desfazer-me dos nossos autores. O mais provável é que tivesse emprestado e ficado sem ele, como os da colecção completa de Eça de Queirós, que me faltam três. Felizmente, em conversa com a Sofia, descobri que tinha levado para casa dois, mas com a minha autorização. E eu esquecera. Que alívio!

Há pessoas que têm um memória incrível, lembram-se de histórias passadas, contam-nas com orgulho como se as vivessem agora. Eu não tenho. Se há histórias que vivi que ficaram para sempre, outras há que não me lembro de nada.

Hoje de manhã acordei com frio, não conseguia adormecer, voltas e mais voltas na cama, o meu pensamento foi para o livro.  Li os clássicos todos, tinha a certeza que " Os Fidalgos da Casa Mourisca" existe na minha prateleira dos meus livros e do meu pai.  E veio-me à memória um livro velho,  cor-de-rosa, que quase garantia a mim mesma que era este.

Durante a manhã esqueci o assunto. Há pouco, vendo o livro do desafio, lembrei-me de o procurar de novo. Nos livros de colecção não estava, já tinha procurado antes, não tenho nada de Júlio Dinis. Numa das prateleiras onde estão os velhinhos dicionários de Português, de Latim, de Francês, que eram da minha irmã mais velha, lembrei-me que poderia estar juntos destes.

Lá estava ele. Sorri. A lombada rasgada e descolada.  Na primeira página está escrito o meu nome e morada ( algo que raramente registo). Talvez naquela altura tivesse mais cuidado em saber a quem emprestava os livros.

A edição não tem data, mas registado está : Nova Edição, conforme a segunda, actualizada na grafia. Trabalho do Dr. Egídio Guimarães, Bibliotecário-Arquivista. Livraria Cruz, Braga.

Não cumprindo o prazo na leitura deste livro do desafio da MJ, tenho o meu velhinho livro " Os Fidalgos da Casa Mourisca"  já na mesa de cabeceira para continuar a minha leitura.

IMG_20170630_145400_1CS.jpg

 

 

 

 

 

" quanta gentileza!"

Maria Araújo, 29.06.17

Quinta-feira à tarde, tenho curso (  aula de Pilates em pequeno grupo e paga) às 17h30.

Estive todo o dia em casa a fazer aqueles limpezas mais profundas, que as empregadas não fazem, e que tanto me irritam. Nem o que está à frente dos olhos limpam bem.

Por volta das 16h30 parei as limpezas, não queria faltar.

Ainda passei na lavandaria para deixar o edredão de inverno.

Estacionei o carro no parque do ginásio, entrei para o elevador. 

Mal entrei, e já tinha carregado no botão " recepção" , entra um homem nos seus 30 e poucos anos, saco ao ombro. Carrega no botão das setas de fechar porta. 

Pensei para o meu decote: " Se já carreguei no botão para a recepção, porque carregou ele no das setas? A porta fecha-se por si própria...".

O elevador tem duas portas: a que dá para o parque e a da recepção.  Entrei primeiro, encostei-me perto da porta da recepção para ser mais fácil a saída, pois costumo levar uma mala com as minhas roupas. A subida é rápida.

De telemóvel na mão, quando o elevador estava a prestes a parar, percebi que ele não iria deixar-me sair primeiro.

E assim aconteceu. Mal a porta do elevador se abre, ele passa à minha frente, sai do elevador e dirige-se ao balcão.

" Quanta gentieza! Que falta de educação! ",  murmurei baixinho.

E eu até tenho idade para ser mãe dele.

Presumo que será um daqueles jovens executivos que pensa que é melhor que todos os outros. Mas um pouco de educação ficava-lhe muito bem.

 

nizo-nunca-acha-vaga-elevador.jpg

 

 

 

as cestas estão na moda

Maria Araújo, 29.06.17

mas não me vejo sair com elas grandes, nem para ir ao mercado ( uso carrinho).

-227630-1498143345047-image.640x0c.jpg

 Para a praia , adoro-os:

127.jpg

merche-romero21.jpg

 

Andando pelo bloglovin encontrei algumas giras de marcas conhecidas e conceituadas, mas caras, para usar na cidade:

 

817980_in_pp.jpg

 

Edie Parker.jpg

Fendi.jpg

Nannacay.jpg

 

Sophie Anderson.jpg

 

e finalmente a minha, marca GH, Barcelona, ( não faço a mínima ideia quem é) oferecida há cerca de 12 anos por duas amigas, e que já está preparada para uma saída à noite:

IMG_20170629_150914_3CS.jpg

 

 

6º Encontro de Bloggers

Maria Araújo, 28.06.17

6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

 

Actualização da lista  (28-06-2017) - 24 pessoas !

 

Afrodite

Jardins de Afrodite

Sim

1

Elvira

As Minhas Imagens

Sim

1

Esmeralda

O Meu (outro) Eu

Sim

1

Fernanda

O Toque do Coração

Sim

1

Gábi

Dona Redonda

Sim

2

Gomes Gonçalves

Pimenta e Ouro

Sim

1

Graça

Picos de Roseira Brava

Sim

2

Isabel

Nascer na Praia

Sim

1

Janita

O Cantinho da Janita

Sim

1

José da Xã

LadosAB

Sim

1

Kok

Rir é Bem Melhor

Sim

1

Laura

O Sítio das Pequenas Coisas

Sim

1

Lina

Eu tento mas meu tento não consegue

Sim

1

Luísa

À Esquina da Tecla

Sim

1

Mª. Araújo

Cantinho da Casa

Sim

1

Manuela Pereira

Existe Um Olhar

Sim

1

Papoila

Papoila

Sim

1

Profº. João Paulo

Celulóide Secreto, outro Viés!...

Sim

2

Ricardo Santos

O Pacto Português

Sim

1

Rui E.S.

Coisas da Fonte

Sim

2

 

 

 

Pág. 1/11