Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

cupões Continente

Maria Araújo, 16.02.17

Faço as minhas compras no mercado municipal e as necessárias de supermercado.

Controlo o dinheiro que gasto, mas também não tenho paciência para andar à procura das promoções aqui e acolá, nem gasto dinheiro no "leve 4 pague 3" e em produtos que não uso.

Ontem na minha ida ao Continente, quando me dirigi para a caixa, dei o cartão à operadora que o passou na máquina. Ao fazer o pagamento, perguntou-me se tinho cupões. Pensei rapidamente se os teria em casa, mas não me recordava de ter recebido, respondi que não.

Tinha uns trocos no cartão, que foram descontados, paguei 20 e tal euros.

O edredão já foi lavado ( está um dia de sol excelente para fazer máquinas de roupa e secá-la), dobrava-o para ir ao ferro quando me lembrei de ver se tinha cupões.

Fui ao cesto onde os guardo e lá estavam eles. Pensando que eram todos de Janeiro, encontro três, um deles com data de validade 19 de Fevereiro,  os outros dois até início de Março.

Raramente faço compras no Continente, acho os preços mais caros, não tenho o hábito de os guardar na carteira, caso o fizesse, ontem ficaria com 5 euros em cartão.

Online está  o catálogo de primavera, tem umas peças Kasa interessantes, perdi a oportunidade de acumular dinheiro no cartão.

Prometi a mim mesma que, a partir de agora, sempre que receber cupões, guardá-los-ei na carteira. Não posso deixar fugir estas poupanças.

E lembrei-me, também, que não vai faltar muito tempo que vou ter a 200m de casa um Continente Bom Dia.

As polémicas obras estão à vista, têm sido alvo de protestos dos cidadãos. Vai ser, de facto, um grande mono encaixado no centro da cidade, que vai estragar o negócio dos mais pequenos que vivem dos gastos do croissant, da bica, do sumo, dos alunos das Escolas Secundárias aqui da zona.

 

rua-25-abril-braga.jpg

 

quatro tardes em casa

Maria Araújo, 15.02.17

Passei o fim-de-semana em casa a limpar o que a empregada não limpa (os pormenores que dão mais trabalho). Os primeiros dias da semana fui ao ginásio de manhã, mas as tardes foram de muita chuva não me apeteceu sair de casa.

Hoje o tempo esteve calmo, tinha de levantar uma encomenda, finalmente, ia sair.

30aed1b7bc7e68c25ca2593816181b2e.jpg

 

Lera num blog que os produtos de maquilhagem Gosh são bons. Precisava de uma máscara de pestanas, passei  na Well's.

Procurei o que queria. Não vi nada.

Perguntei à funcionária. Não conhecia. Perguntou à colega, que veio ajudá-la.

Não se lembravam de o ter à venda naquela loja.

Informei-as que tinha procurado na loja online e que o produto existe.

Perguntei se podiam mandar vir para a loja ou se eu fizesse a compra online o produto era lá entregue.

Não. O produto é entregue no balcão de apoio ao cliente do Continente.

Em casa fiz a compra online, marquei o dia que desejava recebê-lo ( paguei 2 euros pelo transporte).

Fui levantar a encomenda (uma coisa tão pequena vinha numa embalagem de cartão enorme. Que desperdício de plástico e cartão).

Entrei no  hipermercado. Precisava de comprar um doseador para o lavatório, encontrei um em promoção..

Passei nos artigos de quarto. Gosto de ver os padrões dos jogos de cama e das capas de edredão. Os que tenho visto no Ikea não me têm agradado, tudo muito florido, tenho dois, chega de flores.

Vi um conjunto castanho com bolas pequenas brancas, 100% algodão. Comprei.

E pronto. Quatro tardes em casa, hoje, fui levantar uma encomenda...

 

a ressonância

Maria Araújo, 13.02.17

Ressonancia_Magnetica.png

 

magnética que vou fazer amanhã de manhã, ao meu joelho, não me deixou dormir a noite passada.

Imaginei-me sedada, imaginei-me a ouvir música com uma venda nos olhos para não ver o que não quero, imaginei-me muitas horas lá dentro e sem ar. Mas também imaginei-me corajosa a enfrentar aquela merda daquele  tubo vendo um céu estrelado que me levaria para outro planeta cheio de magia.E imaginei-me não acordar em caso de sedação, que não existe.

Quando esta cabeça sofre por antecipação, é o caraças.

Ficarei mais tranquila se for num equipamento de ressonância aberta.  Contudo, antes do exame, vou fazer as minhas perguntas.

Sou mulher de enfrentar as coisas, sei que vai correr bem.

Quando acabar, "ó pernas para que te quero!"