Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




enquanto eles estiverem cá

por Maria Araújo, em 14.01.17

não me canso de falar deles.

IMG_20170114_173331.jpg

Fomos lanchar. Os meninos, nas suas trotinetes, não dão trabalho porque não estamos constantemente a dizer " vem António! olha que cais, Francis", ou o " é por aqui" e eles dizem " não quero!"

Com as trotinetes só temos de estar atentas ao piso, porque eles têm um "pedal" para andar nelas! E com alguma velocidade.

E com o pequeno, destemido que é, não há mãos que o detenham.

IMG_20170114_173420.jpg

Tenho pena que a sobrinha neta luso-irandesa estivesse cá por pouco tempo. Gostava muito de  a ter por perto e de a ver brincar e conviver com os primos.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Recebido por mail, e como muito bem diz a amiga Teresa  " É tão bom saber".

 

unnamed (1).jpg

 

Em Alcobaça, a unidade fabril da Vista Alegre Atlantis concretizou um contrato histórico com a prestigiada destilaria escocesa Dalmore, que visava a produção das três garrafas de cristal que contêm o mais caro e raro whisky do mundo - o Trinitas 64.
 

O mesmo consiste num malte escocês excecional cujo preço de venda ao público ronda os 145 mil euros, numa edição limitada a apenas três exemplares. A bebida inédita resulta de uma combinação única de vintages espirituosos das colheitas de 1868, 1878, 1926 e 1939, sendo adicionado um toque final com o vintage de 1940.
 

Cada uma das três produções deste precioso malte foi armazenada num frasco de cristal português de alta qualidade, no qual foi incrustado o símbolo em prata da Destilaria Dalmore – o veado.


A pureza e a qualidade do cristal luso produzido pela Vista Alegre Atlantis conquistaram a confiança da empresa escocesa, que acabou por deixar aos portugueses também a produção de 200 frascos de edição limitada do whisky Dalmore Aurora 45 - um malte raro da colheita de 1964, cujo preço de venda ascende aos seis mil euros.
 

"O cristal português da Vista Alegre Atlantis é reconhecido internacionalmente como um dos mais puros e cristalinos do mundo", conta Nuno Barra, Director de Marketing e Design Externo da Vista Alegre Atlantis, em comunicado enviado ao Boas Notícias.

"Os portugueses podem não ter a noção disto, mas somos um player destacado no mercado exterior no sector do cristal. O nosso maior cartão-de-visita materializa-se no saber ancestral dos nossos mestres vidreiros, incansáveis na procura da perfeição dos produtos que esculpem manualmente, e na qualidade e profissionalismo da resposta produtiva e comercial do Grupo Vista Alegre Atlantis, reconhecida em todo o mundo", acrescenta.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

no bar do ginásio 2

por Maria Araújo, em 13.01.17

A minha sobrinha, residente no Rio de Janeiro, está cá por um mês.

Antes de vir, contactou o ginásio HP para frequentar as aulas Pilates e Body Balance, e os filhotes, a natação.

Tem ido quase diariamente, ficando eu um ou outro dia com os filhotes, ou quando vamos as duas, vai a Sofia para casa dela e fica cuidar das crianças.

Hoje, e a convite da professora de Pilates, foi comigo a uma aula em que usamos pequenos aparelhos, no solo.

Uma aula puxada em que se trabalha a postura, a respiração, o equílibrio, a coordenação e a tonificação dos músculos.

No final da aula, alguns minutos de conversa com a professora, fomos ao banho para regressarmos a casa.

Mas ela precisava de comer alguma coisa, dirigimo-nos ao bar.

Estava lá ele, o rapagão que falei aqui.

Ela pede o que quer comer, sentamo-nos numa mesa e comenta ela: " Que homem bonito!"

Falei na minha reacção quando o vi pela primeira vez, quem me falou nele pela primeira vez, o sucesso que ele tem...

Resposta dela: "Além de ser um homem bonito, é elegante e muito simpático."

Está comprovado.É mesmo um rapagão giro.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

uma viagem pelos livros

por Maria Araújo, em 12.01.17

 

Livro secreto - Iniciativa do blog E agora? Sei lá!

 

Quando em 2015,  a MJ, do blog e agora? sei lá!,  lançou o desafio do Livro Secreto, pensei que seria interessante desafiar-me na leitura dos livros de outros estilos e conhecer os gostos das bloggers participantes.

Mensalmente, um livro, vindo não sei de onde nem por quem, chegaria a casa de cada uma das bloggers, ficaria a gozar as delícias dos seus olhos, seguiria viagem para outra casa, até se completar o ciclo de leituras, que acaba agora em Fevereiro

Perguntei-me se conseguiria cumprir o desafio (imprevistos todas temos), mas aventura é aventura, inscrevi-me nesta viagem à volta dos livros.

A minha primeira viagem em «O Plano Infinito» de Isabel Allende, autora que gosto, não foi, de todo, o livro que mais gostei da autora e dos livros deste desafio.

A minha preferência foram para  a deliciosa «A Contadora de Filmes»  de Hernán Rivera Letelier,  «A Pérola» de John Steinbeck, o surpeendente «O Navegador Solitário» de João Aguiar, e «As Velas Ardem Até ao Fim"» de Sádom Márai.

Não foi possível continuar a viagem em  «A Sombra do Vento» de Carlos Ruiz Záfon, embora um dia destes a inicie, visto que comprei o livro. Já em «Cloud» de David Mitchell, que chegou na altura do Natal, não foi possível acabá-lo. Quanto à viagem pela «A Luz» de Stephen King, li umas quantas páginas mas não sendo um género que gosto e sabia que não conseguiria acabá-lo, desisiti.

Sendo a viagem que mais me desiludiu «Adultério» de Paulo Coelho, as outras leituras foram agradáveis. Aguardo o último deste desafio que vai completar este ciclo de viagens.

O livro que enviei foi " Uma Mulher Não Chora" de Rita Ferro, um livro que retrata a vida de uma mulher divorciada " livre, independente, emancipada - às voltas com a ambivalência da sua condição: de um lado, o sonho romântico e o fantasma da solidão; do outro, o orgulho e a exigência de quem pode, finalmente, escolher, ou para quem a dignidade se tornou mais imperativa do que a companhia de um homem."

O resultado deste primeiro desafio foi muito positivo. A confirmá-lo, a MJ publicou no seu blog um novo desafio, uma segunda viagem pelo mundo da leitura.

Publicados nos nossos blogs a segunda viagem de " O Livro Secreto" e aumentando o número de participantes, sugeriu-nos que vos convidasse para esta aventura que vai ser, certamente, mais desafiante.

Para isso, a MJ deixou no seu "e agora ? sei lá!"  o convite, que passo a transcrever:

 

em março irá começar uma nova rodada de livros.

a iniciativa está aberta a quem quiser participar num limite máximo de 25 pessoas (dois anos de troca é muito tempo e quem sabe se batemos a bota pelo meio). 

doze das pessoas que participaram estão dispostas a prosseguir pelo que há vagas para (é só fazer as contas) mais treze!

então e se houver mais pessoas a querer participar?

infelizmente, nesta ronda, não poderemos aceitar e procederemos todas (as doze da iniciativa um) à escolha dos restantes através de critérios tão básicos como o livro em causa, a participação ou não em blogs entre outros.

(no entanto, não deixem de participar porque, tenho a certeza, não deverá existir muito mais do que doze pessoas a querer aderir.)

 

ok M.J. quero participar, como faço?

envia-me um e-mail para eagoraseila@sapo.pt com o assunto livro secreto.

no corpo de e-mail identifica-te e diz o livro que queres enviar. tendo em conta o feedback das participantes, sugiro que além do livro te dizer qualquer coisa, não deve ser muito grande (evita que ultrapasse as 200 páginas).

também deves dizer-me se concordas ou não que o mesmo seja sublinhado.

por fim, não digas qual o livro que queres enviar na caixa de comentários uma vez que a primeira troca é uma surpresa para todos os participantes.

 

E porque não é obrigatório ler todos os livros, vai-se até onde é possível, convido-vos a participarem neste desafio. Garanto que vão gostar (como eu gostei, e vou continuar a viagem) de, mensalmente, ver a caixa do correio com uma encomenda, ver quem é o remetente do livro, de onde vem, e comentar para o decote: " qual será, desta vez, a história?!"

Feito o convite, arrisquem!

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

  1. ikea blogs - 1

 

Sou fã de decoração, dos blogs de decoração, das ideias e marca Ikea.

Já tinha constatado que as molduras  da marca são muitos frágeis. 

Mas ontem, nas minhas limpezas e depois de desmontar a árvore de Natal e arrumar todas as decorações,  duas molduras partiram-se.

Acho que não compro mais molduras Ikea.

 

 

Resultado de imagem para molduras ikea

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Ele tem muita personalidade"

por Maria Araújo, em 07.01.17

Diziam os meus pais, que tinham uma grande admiração por ele.

Hoje ele morreu. Hoje ele trouxe-me à memória os meus pais e esses tempos de mudança.

Sem Título.png

 RIP

Mário Soares

 

Uma grande coleção de fotografias, aqui.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

empregadas, bah!

por Maria Araújo, em 06.01.17

empregada-domestica-direitos-1.jpg

Supostamente, os vidros das janelas são lavados sempre que a empregada vem, a cada quinze dias.

Disse-lhe várias vezes, e já perdi a vontade de bater na mesma tecla, que, alternadamente e se não chover, lave os vidros da sala, com três janelas, e os dos três quartos.

Não sei o que é que ela usa que os vidros ficam sempre mal lavados. Para mim, não passa o líquido, mas um pano e já está. Ou passa o líquido mas usa um pano gasto ( já pus no lixo os panos que tanto gosta: os rompidos).

Estavamos a almoçar. O sol entra pelas janelas, vê-se melhor a limpeza ou  a sujidade dos vidros.

Comentei: " a semana passada disse à empregada que os vidros desta janela precisavam de uma boa limpeza. Ou ela esqueceu-se e não passou o líquido, ou pôs o líquido mas passou o pano do pó em vez do pano limpo. Repara na sujidade dos vidros."

Amanhã, vou desmontar a árvore de Natal e guardar a decorações.

Vou lavar os vidros. E vou ver a diferença.

Fazem o que lhes apetece. Sempre que tira as coisas do lugar, nunca as põe como as encontra: caixa com as revistas viradas para a janela, almofadas atiradas à sua vontade em cima da cama, as cortinas que são esquecidas nos parapeitos das janelas... Enfim.

Gosto muito dela, é uma excelente pessoa mas já foi uma boa empregada.

Entendo que tem alguns problemas de saúde. Contudo, tem os dias cheios, trabalha manhãs e tardes em várias casas, podia deixar algumas e fazer o trabalho bem feito.

E a propósito de elas fazerem o que querem, conheço uma empregada cujo marido emigrou.

Sempre que ele vem a Portugal, que pode ser um mês ou mais, a empregada desaparece. Não dá satisfações, só volta quando o marido vai embora. Óbvio que não recebe os dias, mas é uma falta de consideração não dizer quanto tempo vai estar sem trabalhar, e quando volta.

A idade avança, amanhã as nossas forças também são outras, dependemos delas para fazerem o mais básico: limpar o pó e aspirar.

Não despeço a minha porque não tenho coragem, e porque é uma pessoa de muita confiança. Caso contrário, já tinha ido embora há muito tempo.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

um caso sério

por Maria Araújo, em 06.01.17

quando  uma 'ssoa está tranquila da vida, de repente lembra-se de bater à porta de algumas 'ssoas, digo, bloggers, e desata a rir às gargalhadas ( foi o que me aconteceu no dia 1 de janeiro de 2017, às 2h da manhã), é um pequeno caso sério, acreditem. 

Quem gostar de bom humor e quer ficar bem disposta (o) é só "clicar" nesta   'ssoa.

 

 

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

preciso de uma impressora

por Maria Araújo, em 05.01.17

B190DE77A6150C381F01A2645CBB0A4B14EB929D_gallery.j

 

Comprei o meu primeiro computador, que ainda existe, em 2001.

Junto, trouxe o scanner, que funciona, e a impressora ambas HP.

A impressora trabalhou até há cerca de um ano. Deixou de funcionar porque mexi onde não devia, descarrilou para lá qualquer coisa, nunca mais consegui que ela voltasse ao seu desempenho.

Apesar de, agora, pouco precisar dela, aborrece-me ter de sair  de casa para fotocopiar algo que preciso.

Hoje, aproveitei a Sofia querer ir ao Continente, entramos na loja ao lado, a Worten, fomos ver o que há.

Depois, seguimos para a Staples.

Vimos uma HP a um preço bastante razoável, 39,00 euros  para o serviço que lhe poderei dar. Ao lado, tinha uma embalagem com o tipo de tinteiro de cor para aquele modelo.

Fiquei de queixo caído: custava tanto quanto a impressora.

Vou pensar melhor no assunto. Mas se comprar, o tinteiro será cor preto.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o telelé

por Maria Araújo, em 04.01.17

 

Pilates.png

 

A aula de grupo de Pilates começou com o estúdio completamente cheio.

Nem três minutos passaram, toca o telemóvel de uma das senhoras que estava ao meu lado direito e um pouco mais à frente.

Alguém comentou: " já só faltava este".

A senhora pôs-se de joelhos, arrebitou o rabo para mim, pegou no aparelho e, pelo que me pareceu, rejeitou a chamada. Voltou ao exercício.

Dois minutos depois, o telemóvel voltou a tocar.

A professora olhou-a, mas não disse nada.
Ela voltou à mesma posição, quase deitada no chão, o rabo arrebitado para mim,falava baixinho.

Voltou ao exercício.

Mais um minuto, o telemóvel interrompe a aula de novo.

Alguém comentou qualquer coisa que não entendi.

A senhora voltou a arrebitar o rabo. Via-se-lhe o fio dental lá no rego. Volta a estender-se no chão, desta vez demorou mais tempo a falar ao telefone.

Não se ouvia o que dizia, pois claro.

É preciso ter lata! Apetececeu-me dizer-lhe: " desligue o telemóvel, por favor!"

Sentou-se, voltou ao exercício, comentou para quem estava perto, algo como " que teimoso!".

Porra, teimosa foi ela em atender! Logo na primeira vez devia ter  desligado.

Não consigo entender por que diabo esta gente tem de levar o telemóvel para as aulas.

É por isto que estes adultos, pais e mães, não são exemplo para os filhos.

A professora é muito educada e simpática para todas nós, penso que não quer ser desagradável, mas acho que devia adverti-la de que não deve levar o aparelho para a aula, ou então, tirar o som para não incomodar.

Aliás, penso que é uma regra de proibição, em todos os ginásios, o uso do telemóvel durante as aulas de grupo.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR