Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Ter | 29.11.16

os clássicos estão de volta

As saias de trespasse, o xadrez princípe de gales, o tartan, o pied-de-coq e pied-de-poule.

Já lá vão uns belos anos, comprava os tecidos na loja e a modista fazia à minha medida e gosto.

Ela comprava as revistas, eu escolhia o que mais gostava e que ficasse bem no meu jovem corpo.

Nessa altura, tudo o que era moda usava: calções, vestidos e saias mini ou maxi, de trespasse, de pregas, evasé, saias rachadas, casacos e/ou  fatos pied-de-poule e princípe de gales.

Tenho um casaco pied-de-poule, há mais de 20 anos, do estilista português, José António Tenente. Está impecável. Quem sabe um dia o visto?

Hoje, não uso tudo o que é moda. Continuo a gostar do xadrez, dos cortes e modelos, mas no corpo das outras mulheres.

Do Pinterest e Bloglovin',  trouxe estes modelos.

 

10-Balenciaga-Celine-Check-Chequered-Houndstooth-P

5-Balenciaga-Celine-Check-Chequered-Houndstooth-Pr

20-Balenciaga-Celine-Check-Chequered-Houndstooth-P

21-Balenciaga-Celine-Check-Chequered-Houndstooth-P

Julia-Nobis-Vogue-Australia-Sebastian-Kim-Menswear

24-Balenciaga-Celine-Check-Chequered-Houndstooth-P

 

Seg | 28.11.16

Bolero

bo·le·ro |é|
(espanhol bolero)

substantivo masculino

1. Dança espanhola muito agitada e acompanhada às vezes de violão e castanholas.

2. Música que acompanha essa dança.

3. Pequeno casaco de mulher.

4. Chapéu de mulher, de forma redonda e com borlas.


"bolero", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/bolero [consultado em 28-11-2016].

 

Surgiu a palavra a propósito de uma escrita, quis saber mais alguma coisa sobre o seu significado.

Quando penso em bolero, vem de imediato à mente: a obra musical "Bolero" de Ravel, o bailado coreografado por Maurice Béjart, no filme do realizador Claude Lelouch, " Les Uns et Les Autres",  e o polémico filme "10"  com Bo Derek.

Ora nestas pesquisas, descobri um blog que comenta a citação de Maurice Béjart que diz que a dança é de origem oriental e não espanhola.

“Música demasiadamente conhecida, mas sempre nova, dada a sua simplicidade. Uma melodia de origem oriental e não espanhola, que se enrola em si própria, que aumenta de volume e de intensidade, devorando o espaço sonoro e envolvendo a melodia no final”.Maurice Béjart

Sem Título.png

 Acaba o post com um clipart multimédia delicioso.

bolero.png

Certamente vão ficar encantados com a perfeição deste clip, pelo que, se tiverem curiosidade em ver, cliquem  neste link e deliciem-se ao som de "Bolero", de Maurice Ravel.

 

bolero 2.png

 

  A arte multimédia, que eu não entendo,  é fantástica!

Seg | 28.11.16

Só Braga tem quatro

dos dez melhores restaurantes do Minho.

 

Sem Título.png

 

Dos quatro, não conheço o Cosy. A Taberna Belga evito-a, porque evito comer francesinhas.

Acrescento que o Brac está situado na zona da Sé, e nas  traseiras do restaurante podem visitar as lindíssimas ruínas romanas.

 

"Mas o bem-comer e bem-estar à mesa não fica por aí.  Estando no Brac para jantar poderá realizar uma visita guiada as ruínas do que um dia foi uma casa romana, uma muralha medieval e até uma escola e viver a atmosfera de um passado histórico riquíssimo e ao mesmo tempo um ambiente cosmopolita cheio de cores."

 

 

 

Sab | 26.11.16

" dia de não comprar nada"

depois da loucura de ontem, penso eu, que não estive em loja alguma, não vi o ambiente,  li neste blog que hoje, último sábado do mês de novembro, é o dia internacional  de " Buy Nothing Day"  -  "Dia de Não Comprar Nada".

Ora aqui estou eu dentro de casa, ainda não gastei um cêntimo e continuarei, visto que não tenciono sair hoje.

Então, como estou a passar esta tarde de " Dia de Não Comprar Nada"?

Como já podemos pensar nas decorações de Natal, porque não procurar ideias simples para decorar a casa?

E aqui ficam algumas que trouxe do Pinterest.

 

nat2.png

 

 

Qui | 24.11.16

na rádio, na TV

nas sms do telemóvel, nos e-mails, Black Friday está aí e eu já não aguento mais ouvir e ler sobre o assunto.

Sei que no ginásio estão a preparar um Black Friday de bons artigos desportivos que até são de meu gosto.

Se eu vou de propósito às lojas para comprar mais barato? Não!

Nem nos saldos.

Contudo, comprei artigos a preços  Black Friday, na La redoute (e eu não gosto de comprar por catálogo),  não tive de correr para chegar cedo e comprar os produtos "pechincha" , que não são, a maioria das vezes.

Mas estes valem a corrida.

 

20071086_TGvQZ.png

 

 

 

Pág. 1/5