Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

cadeiras coloridas

Maria Araújo, 27.09.16

3f1b38cc996362c6f1b9ebdea78ee3f3.jpg

 

A Sofia pediu-me para a levar ao Ikea, queria comprar uma secretária.

Farta que estou das cadeiras do espaço refeições da minha cozinha, andava com o olho numas Ikea que se adaptam a qualquer espaço. Gostei delas desde o primeiro dia que as vi.

Então, comprei duas ( as velhas vão para a garagem, no Natal não vão faltar cadeiras para a família).

"Os móveis são brancos, uma de cada cor não ficará mal", pensei.

Comprei uma cadeira branca e outra vermelha ( tijolo).

E estão as duas com  as almofadas, fizeram toda a diferença!

Ficou o espaço mais colorido e com um toque moderno.

Na próxima vez que lá for, tenciono comprar a bege e a preta (acho que não vou eserar. Vou lá de propósito comprar as outras duas).

 

 

terje-cadeira-dobravel-verm__0140863_PE300862_S4.J

 

 

 

 

"os milhões que nunca mais acabam"

Maria Araújo, 26.09.16

e que já está a levar muitos apostadores a gastarem mais 50 cêntimos em cada jogo.

Há anos que jogo com uma amiga os dois sorteios do euromilhões, exceto o jóker.

Hoje, fui registar o desta semana.

Não estava ainda a par das novas regras do jogo (sabia que há um novo jogo e que pagaria mais cinquenta cêntimos por cada um) foi-me explicado que este MILHÃO é exclusivo para Portugal e é garantido sair a uma pessoa.

Ri-me.

Vinha para casa a pensar no quanto a Santa Casa da Misericórdia  poderá arrecadar com este novo sorteio, não tivesse ele o nome de MILHÃO.

Se o vício das raspadinhas entrou no quotidiano das pessoas sobretudo nos idosos reformados,  sem dúvida alguma que vai aumentar o número de pessoas que vão tentar a sua sorte jogando o euromilhões ( que pelos vistos estava em queda)  e terem na mão o jogo do MILHÃO.

Quando escuto a publicidade do euromilhões que acaba com a frase " Jogos Santa Casa, sempre a apoiar boas causas", penso ( em vão, eu sei) que seria muito bom, também, esta instituição apoiar as Associações de Animais que lutam dia-a-dia para cuidarem  dos animais, têm imensas dificuldades financeiras e de logística, vivem da bondade e da sensibilidade das pessoas e dos voluntários, gratos ficam com o pouco que recebem e bem-vindo, claro. Mas não chega.

Se no folheto que tenho comigo, diz " Agora, o euromilhões tem mais novidades e mais milhões para dar, MILHÕES que nunca mais acabam", porque não um pouco da receita ser dirigida para os animais?

É que hoje, também, a Sofia, voluntária na ABRA há poucos dias, que tem levado sacos de ração que a mãe compra, pediu-me para arranjar (comprar) mantas e ração, porque o tempo frio e de chuva aproximam-se e os animais precisam de agasalho.

E foram as suas palavras que me lembraram a Santa Casa "sempre a apoiar boas causas".