Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Os bicolores Chanel

por Maria Araújo, em 02.05.16

Lisboa, terça-feira, 26 de abril, o nosso amigo estava a trabalhar, chegou o dia de mostrar outras zonas da capital à minha amiga (a contar num outro post).

Quando passamos junto ao Elevador de Santa Justa, mesmo ali, do lado direiro,o que me pareceu ser uma banal sapataria, lancei, por lançar, os olhos à montra e parei!

Umas sandálias bicolores preto/ bege, e vermelho/bege, baixas, levaram-me para os anos 60, Coco de Chanel.

A minha amiga comentava comigo, "são giras, são o teu estilo, parecem ser uma boas sandálias..."

Entramos.Um casal meia idade, muito simpático atendeu-nos, ele foi buscar uma sandália de cada cor. 

Como adoro vermelho, calcei a vermelha/bege, depois pedi a preta/bege. Uma de cada cor nos meus pés, sem dúvida alguma, gostei mais da preta/bege.

Gostei do pormenor da tira atrás, comentei com a minha amiga e o senhor, "As cores Chanel nos meus pés. Vou levar este par".

Os bicolores Chanel...

1d3e8d17b002fca0f2c9af54130331fc.jpgSem Título.png

 

 

chanel shoes.jpgcb7ec5743b56839ac822303e33b71581.jpg

 

os meus bicolores (made in Portugal)

 

DSC00760.JPG

 

DSC00762.JPG

DSC00751.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

e assim vai o tempo...

por Maria Araújo, em 02.05.16

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

2º dia na capital (o Cabo da Roca)

por Maria Araújo, em 01.05.16

Uma noite muito mal dormida (como estranho as camas, meu Deus!) o nosso amigo foi buscar-nos a casa para darmos um passeio até Sintra, que conheço (falta-me ver Seteais e não foi desta vez que vi, também). 

Pensou levar-nos ao Cabo da Roca, almoçavamos numa das muitas praias da linha do Estoril/Cascais, e à tarde seguíamos para Sintra.

Mas a meio do caminho deparámos com uma extensa fila de carros e autocarros que nos fez perceber que teria ocorrido algum acidente. Os carros à nossa frente faziam inversão de marcha, fizemos o mesmo, alterámos o nosso destino.

Primeiro Sintra e depois as praias e o Cabo da Roca (que bom não conheço a zona costeira a sul da Nazaré).

Ansiosa por um café pedi-lhe para parar num que ele conhecesse e gostasse e foi então que tivemos o prazer de comer as deliciosas empadas de galinha da Natália e tomar a tão desejada bica.

DSC00452.JPG

25 de Abril, feriado nacional, o trânsito era intenso para entrar em Sintra, mas com paciência lá chegamos, conseguimos um cantinho para estacionarmos o carro junto à Quinta da Regaleira.

DSC00456.JPG

(pormenor da flor da calçada)

 

Dirigimo-nos ao centro. Como sempre, nesta altura do ano e com o tempo a favor, não faltavam pessoas de todos os cantos do país e turistas.

As fotografias habituais, fomos na direção do ex Museu do Brinquedo, que deu lugar ao Museu das Notícias e da Comunicação, um espaço que, segundo esta notícia, foi inaugurado neste mesmo dia, 25 de Abril.

DSC00470.JPG

DSC00475.JPG

Entramos numa loja de artesanato, comprámos as andorinhas (já as tenho na parede) , era hora de almoço, pensamos comrar os deliciosos travesseiros, mas não queríamos que ficassem no carro a tarde toda, desistimos.

Fomos em direção à praia das Maçãs. Ele, o nosso amigo, conhecia um restaurante mesmo em frente ao mar, onde, dizia, come-se bem.

DSC00481.JPG

Eu e a Isabel comemos polvo grelhado com batata a murro, ele, que não gosta de polvo, comeu prego em prato, bebemos, cada um, uma imperial

 

DSC00482.JPG

No paredão, observavamos os surfistas, conversavamos enquanto tomavamos um pouco de sol. Seguimos para Azenhas do Mar.

Fiquei deslumbrada. Fantástico! Nunca imaginei desfrutar de tão bela paisagem.

As fotografias foram muitas, para mais tarde recordar...

DSC00488.JPG

DSC00491.JPG

DSC00504.JPG

DSC00510.JPG

DSC00508.JPG

DSC00513.JPG

Fomos em direção ao Cabo da Roca, parámos num café-bar para tomar uma bebida. Não havia lugares. Mas não foi por isso que deixei de fotografar a lindíssima vegetação envolvente e a paisagem que se estendia à nossa frente, segundo o nosso amigo A, ao longe, a praia do Guincho.

DSC00521.JPG

DSC00524.JPG

DSC00520.JPG

Fomos então ao Cabo da Roca, a ponta mais ocidental da Europa, onde "a Terra se acaba e o mar começa".

Muito vento, como seria de esperar, muita gente, muitas pessoas que ainda arriscam passar a vedação para tirar

a selfie e/ou a fotografia para a eternidade.

Ora cinza brilhante, ora azul do céu, a beleza do nosso Atlântico estava assim:

DSC00531.JPG

DSC00535.JPG

DSC00541.JPG

DSC00545.JPG

DSC00550.JPG

DSC00553.JPG

DSC00548.JPG

DSC00559.JPG

DSC00557.JPG

Aproximava-se a hora de jantar, ficou de parte a visita ao Guincho, metemos "pés à estrada" e fomos jantar a casa do nosso amigo, de onde tirei fotografias desta bela lezíria.

DSC00573.JPG

DSC00577.JPG

O dia seguinte era de trabalho para ele,o amigo da Isabel, que conheci no dia que chegámos.

Um homem educado, gentil, conversador, um gentleman. Há  muitos anos que não via um cavalheiro abrir a porta do carro, primeiro a da frente, depois a de trás, fechá-las, e então ocupar o seu lugar ao volante.

Os dias seguinte seriam somente para as duas meninas, em Lisboa.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

1º de Maio, dia da Mãe e do Trabalhador

por Maria Araújo, em 01.05.16

18348197_DOHhv.jpeg

 

 

Minha Mãe faleceu com 52 anos, uma mulher ainda jovem que viveu a vida sem o amor de mãe. Cheia de ternura difarçada pelo seu feitio severo, não dava o braço a torcer a nada.

Uma lutadora, arranjou emprego dentro de casa, a tricotar para fora, uma ajuda extra para que nada faltasse aos filhos. E era pela luta constante que mostrava o quanto amava os seis filhos. Não sabia expressar esse amor de outra forma, porque nunca o tivera, também.

E foi quando ela partiu que percebi a sua falta, o que tivemos de suportar sem ela nas mais pequenas coisas do dia-a-dia, e na educação dos dois adolescentes que deixou.

Em julho faz 34 anos que ela partiu.  Lembro-a todos os dias da minha vida pelo que passou e pelo que fez dos seus seis filhos: homens e mulheres trabalhadores, educados, íntegros.

Por vezes imagino como seria a minha Mãe com os 86 anos que teria.

 

 

Dia-do-Trabalhador-17.jpg

 

Celebrado no dia primeiro do mês de maio em vários países do mundo o dia do trabalhador é feriado no Brasil, em Portugal e em outros países. É celebrado no calendário litúrgico a memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores. No ano de 1886 foi feito pelos trabalhadores uma manifestação nas ruas de Chicago nos Estados Unidos, com o intuito de reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas.

 

 

E hoje, que "supostamente" devia ser o Dia do Trabalhador, reafirmo, mais uma vez, o que digo todos os anos:" Devia ser obrigatório respeitar o feriado". Centros comerciais, hiper e supermercados deviam estar fechados.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 9/9



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR