Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

02.06.15

Pizzas de frutos, hummm!

Maria Araújo

 

Esta época é excelente para variar as sobremesas e eu, que adoro fruta, não me tento por sobremesas elaboradas pois gosto e como a fruta ao natural.

Andando, como sempre, no BuzzFeed à procura de dicas de tudo um pouco, encontrei estas duas receitas de pizza de frutos, muito simples, que fizeram a delícia dos meus olhos.

Cliquem nos links, e dêem azo à vossa imaginação, brincando com os ingredientes que mais gostam.

Tens receitas de pizzas vegan para o pequeno-almoço, o almoço e o jantar.

 

Pizza de melancia, pêssego, morangos, cerejas e hotelã-pimenta .

Sem Título.png

 

 

 

Healthy-Vegan-Watermelon-Pizza-Dessert-5.jpg

 

Pizza de melancia e cheesecake de banana

Banana-Cheesecake-Watermelon-Pizza-feature-1024x10

 

Banana-Cheesecake-Watermelon-Pizza-1.png

01.06.15

A minha sobrinha

Maria Araújo

e afilhada, a bebé que eu ia buscar ao infantário, a menina que  ficou sem o pai aos 4 anos, aos 6 foi para a escola, aqui em frente à minha casa, a menina que raramente pedia ajuda para os trabalhos de casa e que os fazia na mesa da sala de estar ao mesmo tempo que via o "Doraemon",  "As Navegantes da Lua" (são os que me lembro) e eu reclamava porque achava que a televisão não devia estar ligada para não desviar a atenção, interrompia-os, por vezes, quando tinha uma dúvida, e sentada no banco de pele que comprei para ela, virava-se para trás e perguntava: "Ó tia Lola, o que  quer dizer...?" Se a resposta agradava, continuava o trabalho, se não agradava, reclamava comigo, dizendo: "mas a professora disse ...".

Foi para a escola básica do 2º e 3º ciclos. Sentada, junto ao portão da escola, esperava que eu chegasse, quase sempre por volta das 14h, para almoçarmos juntas. Se não almoçava comigo, ia a casa da tia que mora aqui na rua, também.

Se tinha aulas de tarde, ia levá-la à escola e buscá-la no final do dia. Se tinha futebol, levava-a ao treino. Ia buscá-la, ficava cá em casa até que a mãe viesse do trabalho, muitas vezes, e como ainda hoje acontece, por volta das 21:30h.

Dormiu muitas vezes comigo quando era miúda. Hummmm! Sentir aquele calorzinho de criança que eu queria agarrada a mim.

Os anos passaram, mudou-se para o basquete, acabou o ensino básico com o diploma de Excelência, passou para o secundário.

Fez o 10º ano com média de 18,3,  recebeu o diploma de Excelência deste ano, acaba esta semana o 11º ano, presumo, com média idêntica.

O que me orgulha nela é que nunca teve ajuda de ninguém, não tem explicações a nenhuma disciplina, a nota mais baixa que tem é a Português ( 14 final do 2º período, e ela questiona-se das notas que tira e diz que tem de dar a volta a isto ), tirou 20 a Matemática no teste de final de ano, está no Clube de Astronomia da Escola, empenhou-se imenso no projeto que foi apresentar na IX Mostra Nacional de Ciência, no Museu de Eletricidade de Lisboa.

A Sofia foi e é a única rapariga da turma de Ciências e Tecnologia, e será, certamente, no 12º ano.  Vários alunos da turma estão metidos em projetos diferentes e um dos colegas da turma, o Ivo, foi premiado com uma visita ao Arizona.

Parabéns ao Ivo e ao grupo pois mostraram que o esforço e o empenho são recompensados. Receber um prémio destes não é para todos.

Os vossos pais estão muitos orgulhosos de vós.

E agora a notícia do jornal Correio do Minho.

Sem Título.png

 

 

O Agrupamento de Escolas D. Maria II, de Braga, conseguiu, este fim-de-semana, no Concurso Jovens Cientistas e Investigadores 2015, um prémio que lhe permitirá representar Portugal no maior e mais prestigiado concurso mundial de ciência que se realiza nos Estados Unidos.

O prémio nacional vale um cheque de 600 euros, atribuído à equipa de jovens investigadores bracarenses e consequente apuramento para o evento internacional. O projecto denominado ‘Modelação Astrofísica: Estrelas Wolf-Rayet com espectroscópios de baixa resolução’ foi executado pelos alunos Ivo Gonçalves, Daniel Diaz e Mauro Franqueira.


Os alunos terão agora a possibilidade de representar Portugal no INTEL ISEF que se realiza em Phoenix - Arizona ,em Maio de 2016, nos Estados Unidos, e que é a mais importante mostra mundial de ciência que reúne anualmente cerca de 1700 alunos de 75 países e onde são atribuídos prémios no valor de 4 milhões de dólares.

O projecto vencedor foi coordenado pelo professor João Paulo Vieira e esteve a ser avaliado pelo júri durante três dias, na IX Mostra Nacional de Ciência, em conjunto com mais 99 projectos de escolas de todo o território nacional em diversas áreas de ciência, tecnologia e engenharias.

O objectivo principal do projecto realizado pelos jovens do D. Maria II, foi a modelação Astrofísica de Estrelas Wolf-Rayet usando telescópios de pequena abertura, detectores CCD para fins astronómicos e espectroscópios de baixo custo. A equipa do agrupamento D.Maria II realizou ao longo do seu trabalho 16 detecções de espectros estelares tendo determinado com eles vários parâmetros estelares, velocidades radiais e ainda a composição química dessas estrelas peculiares.

O trabalho teve o apoio de Mário Rui Pereira da Universidade do Minho e Daniel Folha do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto na revisão dos dados científicos obtidos e também da ORION — Sociedade Científica de Astronomia do Minho na cedência de instalações e equipamentos.

Para além deste projecto o Agrupamento teve mais 3 projectos a concurso: RC Athena3D v 1.0: Um Kit Robótico Cartesiano, replicável, de impressão tridimensional, na área científica Engenharias, de Manuel Domingues Brandão, Ana Rita dos Santos Gomes e Alexandre Dinis Devesa e Brito; Blind Education: legos for kids - Um Kit Braille para ensino de leitura, na área científica Ciências Sociais , da autoria de Mariana Diaz da Costa, Ana Simão Oliveira Roriz Marques e Diogo Daniel Fernandes Luis; e Astronomy on your fingertips - Astronomia para o ensino de crianças invisuais, na área científica Ciências Sociais, de Sofia de Araújo Lajes, André Teixeira Viana

O professor coordenador, João Paulo Vieira, mostrou enorme orgulho nos 11 alunos que representaram o agrupamento na IX mostra nacional de ciência e fez ainda questão de destacar a enorme qualidade dos projectos que o agrupamento levou a concurso. Realçou o orgulho no trabalho realizado pelos jovens e destacou o enorme empenho e a grande dedicação que os 11 alunos demonstraram ao longo dos mais de 8 meses de trabalho.

01.06.15

Obrigada, SAPO

Maria Araújo

sapo.png

por prestarem atenção aos nossos "posts desabafos" quando estavamos empenhados a escrever e de repente o nosso post desaparecia.

Foram muitas as vezes que isso me aconteceu. Ficava pasmada e a perguntar-me "porquê?"

E a maioria das vezes, também, desistia de fazer um novo post.

Obrigada, SAPO, pelo vosso cuidado.

sapo2.png

 

 

Sem Título.png

 A partir de hoje, na reciclagem do SAPO e durante 90 dias, temos lá "guardado" o que pensavamos ter perdido.

 

Pág. 7/7