Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

Dom | 17.08.14

"quase perfeito"

 

 

 

Sereno, delicioso, "quase perfeito", este blog, que todos os dias espreito.

 

Um post:

 

 

"Dar importância apenas ao que tem fundamento e deixar de lado o que não acrescenta nada ou que não faz bem. investir neste exercício diário.

Interiorizar que o silêncio é de ouro - e continua a ser a melhor resposta para pessoas de má fé.
Ir sempre até onde a força permitir, e perceber que há em nós um bocadinho mais de uma força que nem sonhávamos existir. Mas está lá.
Gostar e amar sem pedir nada em troca, perceber como isso é reconfortante. Ter mais paciência, tolerância e perdoar os erros (os nossos e os dos outros).
Obedecer ao que manda o coração, mas não esquecer de manter, pelo menos, um pé no chão.
Saber que é tão bom encontrarmos o nosso caminho, mas aceitar que não tem nada de errado se às vezes nos perdermos.
Manter um sorriso na cara e não deixar de acreditar, mesmo quando a vida fecha uma porta (ou várias). É só a vida a testar os nossos limites, a nossa força de vontade e a nossa resiliência.
Perceber que não conseguimos abraçar o mundo inteiro, mas que é sempre possível abraçar algumas pessoas e fazer toda a diferença."
Sab | 16.08.14

Convites recusados

 

Convite para um fim de semana na aldeia, recusado. Convite para passar o dia na praia, recusado.

Ficou alinhavado passar o fim de semana em Vila do Conde e à noite bebermos um copo no Forte de São João.

Hoje de manhã enviei mensagem a confirmar.

Acabei de receber chamada.

Não é possivel.

Como a próxima festa do vinil, no último sábado deste mês (já não vou há um ano) será no Forte de São João, a proposta é ir a malta de Braga (estarei por Madrid, se tudo correr bem) festejar o final da época balnear.

E como no próximo fim de semana vão cinco mulheres passar 3 dias a Baiona (quem tem filhos, os pais ficam com eles) a noite de hoje fica sem efeito.

Por casa neste sábado cheio de sol e com vontade de sair à rua, tomei uma decisão: vou tirar as fotos do pôr-do-sol, deste ano, algures no monte de Santa Maria Madalena, Falperra.

 

Pôr-do-sol no Bom Jesus, em agosto(um mês muito quente) de 2013.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

mais aqui.

Qua | 13.08.14

o SOL regressou!

e vou já para a praia.

Depois de um dia de chuva como o de ontem, só a praia para animar e se possîvel, ver o pôr-do-sol (se dependesse de mim, já estava de toalha estendida a curtir o SOL, mas como vou com uma companhia que está sempre atrasada, que remédio, espero).

 

Ter | 12.08.14

Lá vou ter que andar aqui a explorar...

 

 

Já escrevi aqui que o meu pc foi  para a limpeza e manutenção.

Ora o computador veio com o word 2013 o que está dar-me um transtorno com as imagens uma vez que, quando quero recortar alguma foto e/ou imagem, abre como visualizador de fotografias do windows, não dou com a coisa, para fazer dela o que quero.

Com a versão anterior, copiava, guardava, abria, cortava, enfim, fazia o que me apetecia, na minha opinião mais prático para quem não tem grande domínio nestas tecnologias, e o que sei aprendi sozinha, mexendo, explorando, tentando, conseguindo.

Agora, não atino com nada.

Ontem, aqui em destaque, obrigada equipa do Sapo, vi-me grega para conseguir publicá-lo. Depois de muitas tentativas, só pelo word consegui lá chegar mas a imagem não abria.

Então, peguei na máquina fotográfica e "click", foi a solução. Guardei na pendrive e, há pouco, no tablet, consegui enviá-la e fazer o seu upload em fotos Sapo.

Está, agora, na barra lateral em "destaques Sapo".

Pronto, é isto. Lá vou ter que andar aqui a explorar o novo Windows.

Ter | 12.08.14

"Aproveitar o momento"

Ontem à noite, li a notícia da morte deste grande actor de quem transcrevo as palavras em  "O Clube dos Poetas Mortos", um dos meus filmes preferidos.

(Um dos canais de televisão faria uma  grande homenagem a este senhor do cinema, passando o seu ciclo de filmes).

 

 

"- Estou em cima da mesa para me lembrar que devemos olhar constantemente as coisas de maneira diferente.

(…) Quando pensam que sabem de alguma coisa, têm de olhar para ela de uma forma diferente. Mesmo que pareça tolo ou errado, devem tentar."

 

 

"-Aproveitar o momento. 

(...) Porque somos alimentos para vermes, rapazes."