Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

El Mueble

Maria Araújo, 30.07.13

As revistas de decoração que comprava mensalmente, até  à altura em que as páginas começaram a diminuir (não me recordo de comprar alguma edição, há mais de 1 ano).

Ao longo dos anos, acumulei-as nas estantes, nos cestos em verga, na sala, no escritório...

Ano passado, fiz a limpeza dos papeis, das pastas de arquivo , das revistas. Tudo no papelão.

Algumas ficaram na estante da sala, para quando me apetecer (re)ver uma sala, uma cozinha, um quarto.

Durante a tarde, enquanto arrumava umas tralhas (detesto ter coisas que não uso, que não têm préstimo algum) ia espreitando sites de decoração. Lembrei-me de espreitar aqui, e escrever "EL Mueble". Encontrei o que não imaginava.

Esta revista tem longos anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1299900

Maria Araújo, 30.07.13

É o número que, hora a hora, durante 14  horas do dia, me incomoda, sem que ninguém fale.

Por favor, senhor candidato à autarquia, acabe com isto. Estou farta.

E perguntais vós "como sabes que é um candidato à autarquia?".

Respondo: "Sábado, depois de várias ligações, o serviço de mensagens da PT ligou e, desta forma, ouvi uma voz  que, com uma liguagem pouco clara e rápida,  falava de autárquicas".

 

 

 

 

 

Compras

Maria Araújo, 30.07.13

Já ando cansada dos tons quentes nas unhas.

Ontem, comprei dois vernizes, cores discretas e frescas, a preços acessíveis, 1,99 euros.

Hoje, fui à feira. Precisava de comprar felpos pequenos que façam conjunto com os toalhões de banho.

E valeu a pena. No feirante habitual, comprei 2 toalhas por  1 euro. Tinha poucas cores. Dei a volta à feira e encontrei outro feirante com uma grande variedade de cores. Comprei 4 toalhas por 1 euro.

Bons felpos, pouco dinheiro.

Pelo que me disse, a fábrica vai fechar. "Infelizmente", disse ele, "até os felpos vêm da China. E não são como os nossos." E continuou: "O Brasil quer importar felpos e roupa de cama, mas as nossas taxas  de exportação são elevadas, assim como lá ainda mais elevada é.

A possibilidade de exportarmos é mínima. Desta forma, as fábricas fecham e o país sofre."

 

 

 

 

Jornadas Mundiais da Juventude

Maria Araújo, 28.07.13

Enquanto passa na RTP Informação, em direto, a missa que completa a visita do Papa Francisco, ao Rio de Janeiro, escolhi algumas das fotos que encontrei, associando as frases por ele ditas, ao longo da semana,  durante as Jornadas Mundiais da Juventude.

 

Pope Francis greets the crowd as he rides in the popemobile along Copacabana Beach in Rio de Janeiro, July 26, 2013.   REUTERS-Pilar Olivares

 

"Como é bom ser acolhido com amor, generosidade e alegria"

 

Catholic faithful are reflected on the windows of a hotel as they crowd the streets awaiting for the arrival of Pope Francis at Copacabana beach in Rio de Janeiro, July 25, 2013.   REUTERS-Sergio Moraes

 

"Não há esforço de "pacificação" duradouro com uma sociedade que abandona parte de si mesma."

 

Pope Francis poses for a picture with the Brazilian military police outside the Metropolitan cathedral in Rio de Janeiro July 25, 2013. Pope Francis is on the fourth day of his week-long visit for World Youth Day. REUTERS-Stefano Rellandini

 

"Não se cansem de trabalhar por um mundo mais justo e solidário."

 

Pope Francis greets faithful as he arrives at the shrine of the Madonna of Aparecida, whom Catholics venerate as the patroness of Brazil, in Aparecida do Norte, Sao Paulo State, July 24, 2013.  REUTERS-Stefano Rellandini

 

"Tudo aquilo que se compartilha, se multiplica"

 

Pope Francis shows the statue of the Madonna of Aparecida, who Catholics venerate as the patroness of Brazil, in Aparecida do Norte, Sao Paulo State, July 24, 2013. REUTERS-Stefano Rellandini

 

"Peço um favor, com jeitinho, rezem por mim."

 

Nuns and sunbathers wait for the arrival of Pope Francis on Copacabana beach in Rio de Janeiro, July 26, 2013. REUTERS-Ricardo Moraes

"Os jovens têm que sair e se fazer valer, sair a lutar pelos seus valores."

 

Nuns and sunbathers wait for the arrival of Pope Francis on Copacabana beach in Rio de Janeiro, July 26, 2013.   REUTERS-Ricardo Moraes

 

"Bote fé, que a vida terá um novo sabor. Bote fé, bote esperança e bote amor."

 

A priest from Argentina plays soccer on Copacabana beach where Pope Francis will return for a Via Crucis at night in Rio de Janeiro, July 26, 2013.  REUTERS-Sergio Moraes

 

"A verdadeira riqueza não está nas coisas, mas no coração."

 

Soldiers arrive to take up position before the arrival of Pope Francis at Copacabana beach in Rio de Janeiro, July 26, 2013. REUTERS-Sergio Moraes

 

"A violência só pode ser vencida a partir da mudança do coração humano."

 

People gather at Copacabana beach where Pope Francis will return for a Via Crucis at night in Rio de Janeiro, July 26, 2013.  REUTERS-Sergio Moraes

 

"Quero que saiam fora. Quero que a igreja saia às ruas."

 

Pope Francis waves as he leaves Guanabara Palace where he attended a welcoming ceremony in Rio de Janeiro, July 22, 2013.   REUTERS-Ricardo Moraes

 

" Gostaria que minha passagem pelo Rio renovasse a fé de todos em Cristo e na igreja."

Pág. 1/7