Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Doce?

por Maria Araújo, em 01.05.12

Ainda que o objetivo da maioria dos portugueses seja incentivar a economia do país, é  desta forma que se faz dinheiro (os senhores do poder económico, e se gasta demais para quem aproveita e compra o que não precisa)  e se desrespeita os  direitos do trabalhador.

Chamo a isto a doce escravidão do século XX/XXI.

 

 

Promoções de 1.º de Maio deixam lojas caóticas (Sol)

 

(eu faço as minhas compras no janeiro a janeiro)

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maio(as)

por Maria Araújo, em 01.05.12

Ontem, quando regressava a casa, no percurso de 15 km que faço diariamente, trazia duas colegas que se lembraram que era o dia de colher as maias .

Diz a lenda que colhendo essas flores amarelas na véspara do 1º de maio, pendurando-as numa janela e/ou varanda, significa que nesse ano não vai faltar o pão em casa; outra lenda diz que afasta o mal (cada região tem a sua história).

Parámos o carro. Uma delas deixou-se estar, a outra subiu um montinho onde se via um farto ramo destas flores, o suficiente para as duas pormos em casa(a outra colega não dá importência a estas lendas).

Mas as flores eram poucas. Do outro lado da estrada abundavam.  Não podíamos passar para essa faixa. E mesmo que pudéssemos, as flores estavam num local alto, uma curva acentuada da estrada não permitia que estacionássemos por ali.

Havia ainda metade do percurso a fazer, com certeza que conseguiríamos parar noutro lugar mais seguro.

E assim foi. Uns quilómetros mais à frente, numa pequena estrada que vai ter a um Motel (ahahahaha!). E à entrada dessa estrada, estavam lá as flores.

Parámos, saímos (desta vez as três meninas) e fomos colher as maias.

Rimo-nos com a situação. Os camiões passavam e eu brincava com a situação: "ai as meninas a colherem flores. ai o motel aqui no nosso campo visual. para onde vamos nós?..."

Entrámos no carro e, como não podia recuar e entrar na estrada nacional, tive de seguir o caminho que passa juntinho ao motel.

Foi a primeira vez que lá passámos. Quem viaja pela estrada nacional, vê o outro lado do edifício.

Isolado, num caminho alcatroado, lá estava  a pequena construção que serve de descanso e de prazer a quem lá vai (a ideia que tenho de motel não é somente de as pessoas partilharem prazeres, mas de descanso para os viajantes).

E as maias aqui estão na minha varanda, onde o pão não vai vai faltar, com certeza aqui em casa, e o mal ficará sempre lá fora, lol.

Para celebrar este 1º de maio, com as minhas maias de maio,  deixo uma canção de maio do nosso brilhante Zeca Afonso.

 

 

 

 

 

 

 

as minhas maias

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

1º de maio

por Maria Araújo, em 01.05.12

Contrariamente ao previsto, não fui caminhar. A chuva cai. 

E decidi não fazer compras de supermercado.

 

"O CESP congratulou-se com a decisão das restantes empresas da grande
distribuição (Auchan, El Corte Inglês, Lidl, Aldi, Dia/Minipreço, Ikea,
Supercor, Office Center, Izi, Alisuper, Leroy Merlin) por «respeitarem os
trabalhadores e o simbolismo extraordinário do 1º de Maio"

 

Fui à padaria comprar pão (que me lembre, nunca fechou neste dia).

Mas vi várias loja abertas.

Continua-se a não respeitar o dia do trabalho, o dia do trabalhador.

Objetivos para este dia:

- finalizar trabalhos pendentes;

- cozinhar;

- passar a ferro (pouca roupa);

- caminhar, se de tarde não chover;

- ver um filme (DVD).

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 5/5



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR