Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Tarte

Maria Araújo, 01.12.11

 

Esta receita não é minha, é sim, retirada do livro "Doze meses de cozinha" , 1ª edição, com data de Setembro de 1975,  das Selecções do Reader's Digest.

E porque neste cantinho é tradição do Natal e de aniversários, fazer a "tarte de requeijão" , ofereço a receita à menina deste blogue.

Na receita original, sugere 400 gramas de requeijão , sultanas e nozes.

Reduzi o requeijão a uma embalagem de cerca de 200 gramas, e retirei as sultanas e as nozes porque a maioria dos elementos da família não gosta destes ingredientes na tarte.

 

Ingredientes:

 

1 requeijão

4 ovos

4 colheres (de sopa) de leite

200 gramas de açúcar

canela

raspa de casca de limão

sal

 

Massa da tarte:

 

250 gramas de farinha

125 gramas de manteiga ou margarina

120 gramas de açúcar

1 ovo

sal

 

Peneiro a farinha com o açúcar para uma  tigela.

Faço um monte e no meio deste uma cova, onde ponho o ovo interio e uma pitada de sal.

Mexo, suavemente, esta massa em círculo para que o açúcar e a farinha fiquem bem misturados.

Corto a manteiga ou margarina em pedaços e, com as mãos trabalho a massa em areia.

Quando a margarina estiver incorporada na massa, faço uma bola e deixo repousar (quando deixo,  {#emotions_dlg.tongue}. Costumo deixá-la descansar enquanto faço o preparado da tarte. Na forma, de fundo móvel, costumo estender a massa com as mãos, até ficar completamente coberta)

 

Preparação da tarte:

 

Numa tigela, desfaço o requeijão com a varinha mágica e adiciono o leite. Bato a mistura até ficar homogénea e macia.

Junto o açúcar com um pouco de canela em pó e uma pitada de sal.

Junto raspa da casca de limão.

Separo as gemas das claras e, uma a uma, mexendo sempre, junto as gemas.

Esta massa fica fofa e cresce um pouco.

 

Entretanto, antes de bater as claras em castelo, e depois da massa areada estar estendida na forma, pico-a com um garfo e vai ao forno,pré aquecido a 220º,  regulo a temperatura para 160º e ponha esta massa a cozer cerca de 5 minutos.


Bato as claras em castelo de modo que fiquem bem firmes.

Com uma colher grande, adiciono, a pouco e pouco,  as claras na massa envolvendo-as  suavemente, de baixo para cima , para que não quebrem.

Retiro a forma do forno  e encho-a com esta massa (costumo espalhar canela em pó , pois fica com um aspecto bonito durante a cozedura. Há quem ponha a canela depois da tarte estar pronta. Cuidado a colocar de novo a forma quente no forno, pois a massa pode cair; convém não encher de mais).

Vai ao forno a cozer cerca de 40 minutos (convém verificar se está cozida, espetando um palito na massa).

Depois de tirar do forno, calço umas luvas de cozinho e tiro-a da forma, ainda quente

Já no prato, com uma faca grande, tiro-a do fundo móvel.

E , depois de fria, é  comer , comer, comer.

Não gosto de queijos frescos e requeijão, mas na tarte, hummmmm, que delícia!

Bom apetite.

 

 

imagem da internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pág. 8/8