Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sorteio

por Maria Araújo, em 04.12.11

De acordo com este post, reuniram alguns dos elementos da família para sortearem o que cada adulto trabalhador vai oferecer/receber de prenda de natal, de modo a poupar nas muitas prendas que cada pessoa dava/ recebia de  toda a família.

As crianças e os adultos não trabalhadores não foram incluídos na lista.

Registaram-se os nomes, por ordem alfabética, e o Nuno, o mais jovem da família, tirava cada un dos papelitos de um saco 100% algodão, e lia o nome escrito, enquanto a Eva  fazia a correspondência na lista.

No final, a Sofia, a penúltima da família, fez a ata, que foi assinada pelos dois benjamins.

Acho que foi uma boa ideia e, coincidência, duas afilhadas vão dar aos padrinhos, e  aquelas a este/esta.

Aqui estão as fotos do sorteio.

 

 

Nuno

 

 

 

 

 

 

  Eva e Nuno

 

 

  saco  100% algodão

 

 

 

ata do sorteio

Início

Casacos

por Maria Araújo, em 02.12.11

Pois é, eu até tenho alguns casacos que, não sendo Max Mara, estão na moda, mas guardados no armário.

Vejam o que elas vestem:

 

 

camel coats

 

 

 

camel coats

 

e os meus casacos que tirei do armário para os fotografar

 

 

.

 

 

 nº 1- este casaco já foi cortado, uma lã sem borboto, impecável

 

 

 

 

 

 nº2 -  o único que ainda visto, assenta muito bem, mas a lã é fraca

 

 

 

 

 

nº3- casaco que veste bem, uma de lã muito boa qualidade, deve ter cerca de 10 anos. Precisa de arranjo nas mangas (não gosto das dobras).

 

E há mais, mas de cor preta que só uso em dias de festa.

A Zara tem sido a que melhor tem servido os meus gostos, pela qulidade da lã.

Ando à procura de um vermelho, mas ainda não encontrei o que quero, isto é, não gosto dos modelos.

Entretanto, aproveitei as fotos para deixar os velhinhos bem à vista para não me esquecer de os vestir.

 

 

 


 

 

 

 

 

Início

Recortes

por Maria Araújo, em 02.12.11

Entrei no Sapo e  no destaque dos recortes, o 1º blogue que cliquei, que costumo visitar, li e vi isto.

Fiquei impressionada. O olhar triste destes animais, o medo da liberdade, do mal que lhe poderia ser feito, porque alguém das grandes multinacionais já lhes fizeram...(vejam a lista).

Tão lindos, meigos e fofos.
Acho que não fiacria impávida a isto e ficaria com um destes belos animais.

Se me dói que façam mal às pessoas, dói-me mais que o façam aos animais.

 

 

 

Início

O fado, o buraco e o património da humanidade

por Maria Araújo, em 01.12.11

Se o fado é património imaterial da humanidade, destaco aqui, neste meu pequeno cantinho, o blogue do Carapau com o seu auto retrato,como património da inteligência da humanidade blogosférica.

Porquê?, perguntam.

Cliquem aqui .

 

 

Início

Tags:

1º de dezembro

por Maria Araújo, em 01.12.11

dentro de casa a fazer marmelada e geleia,  cujos marmelos estavam na fruteira há um mês (acho que é a 1ª vez na vida que faço marmelada em dezembro, {#emotions_dlg.unshaved}).

Estou cansada de andar pela cozinha, lavar loiça.

O trabalho de correção de fichas vai ficar para amanhã.

Já não tenho costas para fazer seja o que for. Vou para a beira da minha Kat, que há dias encontrou o lugar ideal e aconchegado para passar as tardes a dormir.

 

 

Início

Tarte

por Maria Araújo, em 01.12.11

 

Esta receita não é minha, é sim, retirada do livro "Doze meses de cozinha" , 1ª edição, com data de Setembro de 1975,  das Selecções do Reader's Digest.

E porque neste cantinho é tradição do Natal e de aniversários, fazer a "tarte de requeijão" , ofereço a receita à menina deste blogue.

Na receita original, sugere 400 gramas de requeijão , sultanas e nozes.

Reduzi o requeijão a uma embalagem de cerca de 200 gramas, e retirei as sultanas e as nozes porque a maioria dos elementos da família não gosta destes ingredientes na tarte.

 

Ingredientes:

 

1 requeijão

4 ovos

4 colheres (de sopa) de leite

200 gramas de açúcar

canela

raspa de casca de limão

sal

 

Massa da tarte:

 

250 gramas de farinha

125 gramas de manteiga ou margarina

120 gramas de açúcar

1 ovo

sal

 

Peneiro a farinha com o açúcar para uma  tigela.

Faço um monte e no meio deste uma cova, onde ponho o ovo interio e uma pitada de sal.

Mexo, suavemente, esta massa em círculo para que o açúcar e a farinha fiquem bem misturados.

Corto a manteiga ou margarina em pedaços e, com as mãos trabalho a massa em areia.

Quando a margarina estiver incorporada na massa, faço uma bola e deixo repousar (quando deixo,  {#emotions_dlg.tongue}. Costumo deixá-la descansar enquanto faço o preparado da tarte. Na forma, de fundo móvel, costumo estender a massa com as mãos, até ficar completamente coberta)

 

Preparação da tarte:

 

Numa tigela, desfaço o requeijão com a varinha mágica e adiciono o leite. Bato a mistura até ficar homogénea e macia.

Junto o açúcar com um pouco de canela em pó e uma pitada de sal.

Junto raspa da casca de limão.

Separo as gemas das claras e, uma a uma, mexendo sempre, junto as gemas.

Esta massa fica fofa e cresce um pouco.

 

Entretanto, antes de bater as claras em castelo, e depois da massa areada estar estendida na forma, pico-a com um garfo e vai ao forno,pré aquecido a 220º,  regulo a temperatura para 160º e ponha esta massa a cozer cerca de 5 minutos.


Bato as claras em castelo de modo que fiquem bem firmes.

Com uma colher grande, adiciono, a pouco e pouco,  as claras na massa envolvendo-as  suavemente, de baixo para cima , para que não quebrem.

Retiro a forma do forno  e encho-a com esta massa (costumo espalhar canela em pó , pois fica com um aspecto bonito durante a cozedura. Há quem ponha a canela depois da tarte estar pronta. Cuidado a colocar de novo a forma quente no forno, pois a massa pode cair; convém não encher de mais).

Vai ao forno a cozer cerca de 40 minutos (convém verificar se está cozida, espetando um palito na massa).

Depois de tirar do forno, calço umas luvas de cozinho e tiro-a da forma, ainda quente

Já no prato, com uma faca grande, tiro-a do fundo móvel.

E , depois de fria, é  comer , comer, comer.

Não gosto de queijos frescos e requeijão, mas na tarte, hummmmm, que delícia!

Bom apetite.

 

 

imagem da internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Pág. 4/4



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR