Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Mafalda

Maria Araújo, 29.09.11

 

 

 

 

 

 

 

a menina irreverente, contestária, inteligente, que detestava sopa, nasceu neste dia 29 de setembro de 1963.

Adoro ler a Mafalda e tenho o livro "Toda a Mafalda".

Há anos atrás, quando ainda existia a disciplina de área escola, fiz um desdobrável com a Mafalda, o símbolo da UNICEF e dois  dos direitos da criança,letra a letra, imprimi, recortei, colei, o que me levou horas, dias a fazê-lo, sozinha.

Mas ficou muito bem e apelativo, exposto numa da salas.

Parabéns à  menina sul americana Mafalda, e seu ao seu autor, Quino.

 

Tirinha 413

 

Tirinha 317

 

Tirinha 417

 

Tirinha 411

 

 

sem forças

Maria Araújo, 28.09.11

Estas férias de 2011 foram tão cansativas e trabalhosas que iniciei o trabalho como se estivesse no final de mais um ano à espera das férias de verão.

Será o tempo abafado e quente que não está a ajudar?

Enxaquecas, dores lombares, pouca paciência, abalam o meu dia.

Quando chego a casa  só quero descansar, estendida no sofá.

E hoje, o dia foi de caminhada:  fisioterapia de manhã cedo, e no final da tarde, porque o carro foi para a oficina. Os 30 km que fiz para o trabalho, percorrio-os de carro, óbvio.

E se ontem fui descansar cedo, hoje vou pelo mesmo caminho.

Ás 7horas o despertador desperta. Ou eu desperto o despertador, como é habitual?

Até amanhã.

 

 

 

 

 

cucumber

Maria Araújo, 26.09.11

Para mim, o início de semana é terrível.

Acordo  a meio da noite, o sono não quer voltar, levanto-me cansada e, a meio da tarde, não há forças que resistam.

Chego a casa, penso em descansar um pouco no sofá, mas outras prioridades mais alto se alevantam.

Para encobrir as "misérias" de um dia d'arrasar, o que sabe bem é:

 

 

Tratamento caseiro para olheiras

 

detesto pepino, mas para isto uso-o. Refresca e alivia o cansaço dos olhos.

 

Mas pensando seriamente na minha vida e fazendo uma promessa a mim mesma sobre o meu traballho e os fins de semana que tenho, encontrei aqui uma forma de todos pensarmos nas nossas atitudes e tentarmos desacelerar a rapidez com que vivemos o quotidinao das nossas vidas.

 

Até amanhã.

 

 

 

Pág. 1/8