Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Aniversário

por Maria Araújo, em 23.07.11

 

Esta senhora é hoje homenageada no Google.

Esta senhora foi um ícone de Portugal, e em todo o mundo.

Esta senhora faria hoje 91 anos.

Esta senhora faz-me recordar com eterna saudade a minha MÂE, que a admirava, a emitava, cantando-a.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Do Google

por Maria Araújo, em 22.07.11

 

 

"Escultor norte-americano. Inicialmente estuda Engenharia Mecânica e, a partir de 1922,
Arte. Em 1926 muda-se para Paris e começa a realizar pequenas figuras ridículas
de arame de tema circense, que expõe no Salão dos Humoristas de 1927. A sua obra
escultórica caracteriza-se, desde o início da sua carreira, pela ausência de
pretensões e por uma poesia humorística. Pouco depois (1931) inclina-se para a
arte abstracta, pinta alguns quadros
(Composition)
e realiza diversas esculturas, entre elas trinta mobiles (o nome de mobile é de Marcel Duchamp) que
apresenta numa galeria parisiense em 1932. A partir de então começa a ser
conhecido pelo grande público. Ao longo de toda a sua obra, Calder desenvolve um
lirismo quase infantil sem se ver limitado por nenhum prejulgamento de escola, o
que pode ser apreciado em alguns dos seus mobiles mais famosos, como o do edifício
da UNESCO em Paris. Idênticas características apreciam-se nos seus cenários
teatrais, jóias, personagens de estuque, «constelações» de madeira e ferro e,
nas suas esculturas da última época, as denominadas «setas». É autor, além
disso, de pinturas esquemáticas de grande colorido e de mobiles espectaculares, como a fonte do
aeroporto de Barcelona."

 

 

 

 

Calder se consagrou como o grande inovador da escultura no século 20.

 

"Certo dia eu conversava com Calder em seu ateliê quando um móbile, que até então estava parado, arremessou-se em minha direção, numa violenta agitação. Dei um passo para trás, me colocando fora de seu alcance. Mas, de repente, assim que essa agitação passou e ele parecia novamente morto, sua longa cauda majestosa, que não tinha se mexido, se pôs em movimento, devagar, como num lamento, e volteando pelos ares passou pelo meu nariz."

Estas palavras exprimem o deslumbramento e a surpresa do filósofo Jean Paul Sartre diante de um móbile de Alexander Calder.
Elas se encontram no texto do catálogo de uma exposição do escultor, realizada em Nova York, em 1947.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

As Terras

por Maria Araújo, em 21.07.11

de Bouro, são lindas, apetitosas,  neste Verão que está como eu gosto, foram hoje "invadidas" por uma menina Bracarense, e duas dessas terras onde o silêncio e a paisagem convidam ao relaxe, ao prazer do sol, à preguiça.

Depois de dois dias aqui, a pensarmos  no TRABALHÃO, uma das colegas, a MJ, que tem uma casa nessas terras de Bouro, aproveitou o aniversário da outra nossa colega a DP, e convidou-nos para uma tarde de lazer.

Fomos comer uma nata e tomar café, à vila.

Quando chegámos à casa, por caminhos onde só passa um carro, fiquei deslumbrada. A casa não é de arquitecto, nem de designer, mas adorei. O lugar, a piscina, a montanha, o sino da igreja que toca aos quartos, às meias e às horas.

O filhote, de dois anos, da DP, muito conversador, não parava. Água, cadeira de baloiço, brincadeira, não deixava a mãe em paz. Mas porta-se bem. Não é uma criança de fazer perrice.

A piscina convidou-me para desfrutar a água.

A MJ foi ver a temperatura e achou-a fria, mas eu entrei na piscina, seguida da filhota dela, a Ana, uma adolescente que conheço desde bebé.

Esta preparou a rede para jogarmos à bola. Foi buscar as colchões e por lá estivemos um tempo.

A DP entrou na água com o Afonso, o filhote.

Uma horita de sol.  Voltámos à água, mas desta vez, para os colchões. E a MJ, que não se molhou, sentada no seu "trono de água", passeava pela piscina, enquanto eu navegava no colchão azul.

A Ana, que tinha ido para o quarto surfar na net, quando regressou à piscina queria mergulhar, mas já haviamos saído da água.

E queria companhia...Desistiu.

Fomos lanchar. Um lanche simples, mas que soube bem.

Entretanto, a Ana, a DP e o baby Afonso foram ver os coelhos da vizinha da casa ao lado.

Eu e a MJ ficámos ao sol.

Antes de regressarmos à cidade, a  MJ foi colher alecrim. Que cheirinho agradável!

O Afonso adormeceu no carro,

Terras de Bouro fica a 25 km de Braga.

 

 

"Ai, está friiiia!"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

os coelhos

 

 

 

 

o entardecer

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saldos?

por Maria Araújo, em 20.07.11

Quase nem se vêem!Entra-se nas lojas e o regalo dos nossos olhos na nova colecção de Outono/Inverno... E o Verão ainda  vai a meio!

Gosto das cores de bordeaux, castanho camel, cinza e azul. Cores românticas, aconchegantes  e ao mesmo tempo melancólicas, característica da estação.

Este ano, e porque a roupa vai-se acumulando nos roupeiros, o mais provável é comprar um par de sapatos( e já vi o que quero), vestir os casacos clássicos e "despachar" o Outono que parece querer antecipar-se.

As noites estão frias, o vento parece não querer dar uma volta para outras bandas, o sol é quente mas não queima. As férias estão ai e os projectos são parcos. Vamos ver  ( A)gosto, com cheirinho a Outono.

 

 

pied de poule

 

 

 

 

 

 

 para dar mais vida à estação, uma agrdável combinação de cores

 

 

 

 o vermelho, que eu adoro

 

 

 

black is always black

 

 

os quadrados

 

 

estilo origami

 

 

 

os sapatos vintage

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trabalho

por Maria Araújo, em 20.07.11

Sem inspiração para escrever, aqui.

Ela está "reservada" para um grande TRABALHO.

E as férias estão aí, ainda não tenho planos, nem posso marcar...enquanto o TRABALHÂO não me sair das mãos.

Precisava de estar bem longe daqui.

Tenho convite para ir já, até ao Algarve.

Mas a responsabilidade e o "despacho" daquilo que quero ver fora desta cabeça e destes dedos que teclam, fala mais alto.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A praia e o mar

por Maria Araújo, em 19.07.11

MUITO  IMPORTANTE PARA QUEM GOSTA DE PRAIA E ESSENCIALMENTE DE MAR !!!!!

 

AGUEIRO- correntes de água...

 

Agueiro, o que é?

Quando decide ter um contacto com a água do mar, nem se apercebe que um perigo mortal o espreita silenciosamente, ele é quase invisível
ao olhar, mas está lá à espera da próxima vítima que pode jamais chegar a casa nesse dia. Refiro-me aos Agueiros.

Um agueiro pode ceifar uma ou várias vidas em minutos, sabe-se de histórias em que tanto morreu a vítima como seu pretenso salvador, ainda que muitos sabiam bem nadar, mas nada puderam fazer contra tais correntes submersas.

Mas afinal o que é um AGUEIRO?

"A costa portuguesa é perigosa. Tem correntes muito fortes e forma agueiros. As pessoas são enroladas e lançadas para fora. A maioria dos banhistas entra em pânico e, em vez de se deixar levar pela corrente até terra, luta contra ela, acabando por perder a força e ser arrastado pelo mar" .

 Estes "agueiros" são conhecidos por "Rip Current" ou corrente de retorno", perigosos fenómenos da costa Atlântica portuguesa que ceifam muitas vidas em cada época balnear e mesmo para além dela. São correntes de retorno que variam em tamanho, largura, profundidade,
forma, velocidade e potência.

O que fazer se for "apanhado" por uma destas correntes submarinas?

NÃO RESISTIR - Aconselha-se os banhistas a não resistir ao agueiro. Deve-se tentar nadar em diagonal à direcção da corrente, de forma a
ser arrastado lateralmente e não para o interior do mar. É que norma geral, o agueiro leva a pessoa para longe da costa (inevitavelmente para fora de pé) e não para o FUNDO. Sem pânico aperceberemos dessa corrente que nos afasta da praia e que entre 5 a 50 metros para lá da rebentação, o agueiro vai diminuir de intensidade até se dissipar. Pode a pessoa aflita pedir socorro, enquanto vai boiando à superfície e acenando com os braços.

Esta informação pode salvar uma vida - a sua, a dos seus filhos ou entes queridos.

Se vai à praia este ano, consulte mais detalhes sobre este perigo, neste site do Instituto de Socorros a Náufragos (aqui).

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Festa e viagem"

por Maria Araújo, em 16.07.11

Tive o passeio de professores e funcionários da minha escolas. Com é habitual, o destino é Caminha, com pinhal e praia, onde  cada um faz o que lhe apetecer.

Tomámos o pequeno-almoço em Viana do Castelo, na Praça da República, onde as esplanadas convidam a desfrutar do sol, às energias
positivas, à conversa, à observação das pessoas que passam.

Seguimos depois, para Caminha, mais propriamente para o fresco e esplendoroso pinhal junto ao parque de campismo, e com acesso à praia.

Uns ficaram por aqui, outros para a praia.

Três colegas já regressavam ao pinhal “embrulhadas” nas suas écharpes e casacos, comentando:”Nem pensar! Está uma ventania e frio!”

Mas nós, aventureiros, continuámos o nosso caminho.  Junto aos arbustos, estendemos as toalhas  e, como a vontade que tínhamos que o sol
banhasse os nossos corpos com os seus raios de “aparente” calor, ali ficamos e estávamos bem. O malandro do vento, de vez em quando abria um pouco mais as portas e fazia com que areia viesse dar o seu ar de brincadeira aos nossos corpos “cobertos” de protector solar.

Os homens e uma das colegas, a  mais aventureira, foram jogar voleibol para longe dali.

Ainda pensei juntar-me a eles mas, quando me levantei e tentei vislumbrá-los, o vento era tão forte que fui deitar-me na minha toalha e
continuar a conversa com as mulheres.

Os jogadors regressaram, decididos a tomar banho. A Cristina, a aventureira, foi com eles.

Quando voltaram, tremiam de frio. Mas, ao que parece, a água estava boa. O frio era causado pelo forte vento.

Regressámos todos ao pinhal. Um dos colegas tinha ido caminhar e deixara a mochila e as sandálias. Não sabíamos o que fazer:” levar
os objectos e ele deduziria que tínhamo-los connosco, ou deixá-los lá e alguém os levar?” Trouxemo-los.

Era hora do almoço. A comida estava “espalhada” por várias mesas. Com 120 pessoas ali,  tinha que se evitar o ajuntamento.

O menu era o característico dos piqueniques, muito variado.Não podiam faltar a água,  o vinho, a cerveja, os sumos e a fruta.

Após o almoço, um grupo foi ao café junto á praia. Ao sol, com as anedotas de um colega, passámos uma horita deliciosa. Fartei-me de rir.
Fomos para o pinhal. Era hora do lanche. E que lanche! Como tinha almoçado bem, comi pão-de-ló com uma fatia de queijo e bolinhos de feijão, que adoro.

Havia cerveja, sumos, água, vinho.

Alguns homens jogavam à malha, outros às cartas, voleibol, as mulheres conversavam umas aqui, outras acolá.

Fui desafiada por três mulheres  a jogar à sueca.  Há muito tempo que não jogava, e a vontade não era muita, mas acabei por me sentar e, “bora lá com uma suecada”.

E ganhámos.

Depois do jogo, ora numa mesa, ora noutra, conversava com A, depois com B, C, porque aqui a cantinho dá-se bem com todos(as).

19:30h, era a hora de regressar.  Eu precisava de estar em casa até às 20:30h.
Tinha comprado o bilhete para ver o espectáculo de final de ano "nós somos", inserido no programa "Festa e Viagem" ,executado pelos alunos da escola de bailado Arte Total.

A Catarina, a minha ex-aluna do 5º e 6º anos, agora no 12º, continua a dedicar-se à arte do bailado e dá-me algum orgulho vê-la, porque,
desde os seus 5/6 anos que frequenta esta academia, indicada por mim à mãe, minha amiga e colega da escola.

Como tinha almoçado e lanchado bem, não me apetecia comer nada e, depois de um duche, vesti-me e fui para o Theatro Circo, a 5 minutos da
minha casa.

O espectáculo foi muito bom em que todos os alunos participavam, desde o mais novinho ao mais velho. Ao som de banda sonora com
músicas de “Goldeneye” , “Nothing  else matters”, tango, música pop, a performance convenceu os espectadores, quase todos pais, avós e/ou irmãos dos dançarinos.

No fina,  regressei a casa, espreitei o correio electrónico e o blog, e fui descansar, porque o  lazer na praia e pinhal, também cansa.

E agora algumas fotos, como sempre, neste cantinho.

Começo pelo fim.

 

A Catarina (foto tirada daqui)

 

 

 

 

 

 

O passeio a Caminha

 

. à espera dos autocarros

 

 


Em Viana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As funcionárias da escola

 

 

Os homens do banho

 

 

 

 

 

Regresso ao pinhal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

À noite no Teatro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FIM

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os morangos

por Maria Araújo, em 14.07.11

Combinei com a amiga M, e colega de trabalho, irmos à escola.

 Embora ainda não esteja de férias e tenha reunião na próxima semana, tinha uns documentos para entregar e aproveitar, também, para" arrumar" o meu cacifo, cheio de livros que recebi das editoras e que eu deixara lá para o grupo escolher o livro adoptar para os próximos anos.

A minha amiga tem uma casa lá na vila, onde passa parte das férias de Verão.

 Lá no alto de uma colina, vê-se toda a vila rodeada de montanhas, ao longe. O castelo, do lado esquerdo e  a paisagem é relaxante e bela. Ficava bem um rio, que existe, mas longe dali.

Um grande jardim circunda a casa, com uma relva muito bem tratada, onde, num canto uma ameixoeira, carregada de fruto,enche o olhar de quem lá vai.

Juntos aos muros que circundam a casa, ramadas de limoeiros,  laranjeiras, pereiras, estas ainda verdes mas grandes, e quivis já em fruto, deliciam as bocas gulosas, como a minha.

Nas traseiras da casa, viam-se mais laranjeiras e, junto ao carreiro de cimento que dá para um tanque, vi uma capa preta  cortada aqui e ali em círculos, de onde saem as folhas verdes e os frutos vermelhinhos dos morangueiros. Junto a estes, tem CDs usados,  que a minha amiga me explicou servir para "espantar os pássaros".

Nem queria acreditar.

E, a um canto, um grande tanque deixava que a água fresca, vinda de algures, convidasse a um banho, naqueles dias de calor, não fosse algum lodo que se vê no fundo.

Do outro lado, mais um pequeno espaço com relvado e, junto à entrada principal, as igranjas completam a beleza daquele cantinho.

O que nos levou até lá?

Regar o extenso jardim.

Antes, colhemos os morangos, lavámo-los na água fresca que saía do cano.

Uns maiores, outros mais pequenos e, quando como o primeiro, fiquei deliciada. E como adoro frutos vermelhos! Como eu gosto da cor vermelha! E nunca, mas nunca comera morangos tão doces e deliciosos.

E comi-os todos. Ficaram alguns ainda verdes que serão apreciados por um colega nosso que irá regar o jardim quando  a M for de férias.

Depois, passámos uma hora e meia a regar, apenas, duas parcelas do relvado.

A M pediu-me que cortasse laranjas, limões e ameixas. Estas já apodreciam na árvore.

Enchi um saco, lavei algumas e "oh, que deliciosas!"

O sol queimava.  Eram 14:30h e ainda regávamos. A tarefa de regar o jardim, que  deveria ser feita de manhã cedo ou com o pôr-do sol, mas a M aproveita todos os intervalos do almoço, em tempo de aulas, para o fazer mas, no fim-de-semana, não vai estar por lá.

De repente, com o calor que sentia, tirei os sapatos e metia-os debaixo da água que saía da mangueira.

Comentei: "É tão bom ter uma casa com este espaço cheio de verdura , frutos e água fresca".

E retrocou: "É bom, mas dá muito trabalho tratar dos frutos e do jardim. Eu e minha mãe passámos muito tempo aqui a cuidar disto tjudo, mas também é agradável comermos aquilo que plantámos".

Em Agosto, como é habitual, vai para lá passar as férias, depois de quinze dias no Algarve. E eu visitá-la-ei,com certeza.

Um lugar calmo, aprazível, para andar à vontade, e onde se ouve um ou outro carro que passa na pequena estrada que dá acesso às outras vivendas, os pássaros e a água que cai no tanque.

Regressámos a Braga por volta das 15horas, sem almoçar. Bastaram os morangos e as ameixas que comi.

Temos boa terra, temos sol, temos chuva, temos muitos meios de nos alimentarmos com o que é "Produzido em Portugal". Sem quimicos, sem estufas, sem produção em série, sem importações.

Tive pena de não ter levado a máquina fotográfica. Teria umas belas fotos para colocar aqui.

Fica para a próxima.

Adorei este bocado do dia.

Obrigado M.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu blog

por Maria Araújo, em 13.07.11

ajuda a partilhar desabafos e opiniões.

Aqui está uma resposta a um comentário,  de alguém,a outro alguém,  sobre o meu post "um e-mail".

 

Boa noite, Dulce, queria apenas dizer que  a sua mensagem chegou "à queixosa". Sei que muitas coisas, e não só no ensino estão "podres" no nosso país... os meus pais, para conseguirem sobreviver tiveram de emigrar quando já tinham mais de 50 anos. Sei que situações como esta deveriam ser denunciadas todos os dias. Mas eu sou uma pessoa, que luta, que trabalha muito duro, numa escola TEIP (com características muito especiais) e não me queixo por ter sido dispensada quando não havia mais trabalho, queixo-me sim de ter sido avisada terça que segunda já tinha sido despedida. Queixo-me ainda porque segunda falei com a direcção da escola a relembrar que estava a corrigir Exames Nacionais - este tipo de trabalho exige uma enorme responsabilidade e mesmo esse trabalho ter terminado apenas na quinta-feira, eu já não era professora desde segunda! Será mesmo normal (mesmo neste país) que uma pessoa que não é professora, que não tem qualquer vinculo ao Ministério da Educação corrija Exames?
Sei que este desabafo não muda nada na escola, e posso dizer-lhe que não mudou nada para mim, porque corrigi os exames e não vi o problema resolvido. Acabei por dar razão ao Director, com ameaças calou-me e por medo, mas também por todo o respeito que os meus alunos me merecem fiz este trabalho de voluntariado para o M.E.

Sabe, eles são tão pobres que se não fosse este trabalho voluntário não poderiam usar o Mercedes tantas vezes...
Sem, mais demoras, vou ficar por aqui e aproveitar para agradecer todos os apoios que tenho recebido e também algumas criticas que tem sido muito bem vindas :)"

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os signos

por Maria Araújo, em 12.07.11

Apeteceu-me editar aqui o que recebi por e-mail. E há muito mais a dizer sobre isto, mas perante a simplicidade destes, pensei que gostariam de partilhar comigo se o que aqui diz está de acordo com o que são.

Sei que a maioria dos homens não dá importância a estas coisas, que dizem ser para as mulheres.

Em tempos interessava-me  ler os signos, agora não dou importância.

Mas quando alguém me fala de outrou alguém, costumo perguntar o seu signo.
Então, quem aqui vier, gostaria que comentasse o seu.

Surpreendam.

 

 

 

Signos do Zodíaco

 

ÁRIES - A relação sexual para o ariano é um momentoúnico.Para ele, nada mais existe que o prazer É incapaz de fingir e, quando
ama, é pra valer.

 

O homem de áries - Tem um charme particular, reforçado por
um certo arde reserva e distanciamento que nada mais é do que pura timidez.
Porém, quandose apaixona, sabe demonstrar seu carinho. As melhores parceiras
são de Leão,Gêmeos, Libra e Sagitário.

 

A mulher de áries - Tem um magnetismo especial, expresso no
brilho doolhar, que atrai e envolve. É insegura e pode partir, sem cerimônia,
para umanova aventura quando sua relação entra na rotina. Combina melhor com
Leão,Escorpião, Sagitário e Capricórnio.

 

TOURO - Extremamente sensual, o taurino se entrega aos prazeres do sexo com uma condição: estar na companhia de seu verdadeiro amor
(será?).

 

O homem de Touro - Costuma ser forte e atraente. Muitas
vezes, abusadesse dom natural. Com a maturidade, porém, fica mais dócil, sem
perder asqualidades de amante invejável. As parceiras ideais são de Câncer,
Escorpião,Capricórnio e Virgem.

 

A mulher de Touro - Além de sensual, tem um certo jeito
maternal queprotege ao mesmo tempo que seduz. O corpo pede prazeres intensos,
mas fruto deum amor alimentado com paciência e carinho. De preferência com
Leão,Capricórnio, Peixes e Escorpião.

 

GÊMEOS - Conversar é muito importante para manter o interesse do geminianoe funciona como estímulo até mesmo para o ato sexual.

 

O homem de Gêmeos - Aparenta, por suas atitudes, ser frio
eindiferente. Por trás dessa aparência, porém, há um homem sensível, que
atraipor sua inteligência. As parceiras ideiais são de Leão, Libra, Sagitário
eAquário.

 

A mulher de Gêmeos - É mais expansiva do que o homem e
procura satisfaçãosexual como forma de integrar seus ideais. Sabe se comunicar
facilmente e seduzpelo sua conversa interessante. Seus melhores parceiros são
de Virgem,Sagitário, Peixes e Áries.

 

CÂNCER - Apegado à família, o canceriano não vive o sexo  sem amor. Quer encontrar, juntamente com sua outra metade esse desejado
equilíbrio.

 

O homem de Câncer - Atrai pela doçura. Geralmente caseiro e
pacato, gostade curtir preguiçosamente os prazeres do amor. É um companheiro
atencioso echeio de carinho, principalmente se as parceiras forem de Virgem,
Escorpião,Capricórnio e Peixes.

 

A mulher de Câncer - É suave e afetuosa, oscliando entre
atitudesinfantis e inseguras. Muitas vezes carente e ciumenta, só se entrega de
verdadequando há sinceridade e segurança no relacionamento. Parceiros ideais:
Libra,Capricórnio, Touro e Áries.

 

LEÃO - Tudo o que o leonino deseja é ser o centro das atenções .Para isso, sabe usar muito bem o magnetismo e a sensualidade -
suas armas desedução.

 

O homem de Leão - Costuma sobreassair-se entre os demais
pelaliderança. E é exatamente isso que atrai e magnetiza as mulheres. Difícil
éresistir às tentações, pois a fidelidade não é seu forte. Os signos que
maisatraem os leoninos são Libra, Sagitário, Aquário e Áries.

 

A mulher de Leão - Diferencia-se do homem pela fidelidade e
dedicaçãocom que se entrega ao amor. Mas tem em comum com o homem de Leão o
intensomagnetismo que a leva a obter do sexo o máximo de satisfação.
Melhoresparceiros: Escorpião, Aquário, Touro e Gêmeos.

 

VIRGEM - Paixões fulminantes não fazem parte das emoções de Virgem. Paraele ou para ela o envolvimento sexual passa antes pelo teste de segurança.

 

O homem de Virgem - Embora mantenha o espírito crítico,
próprio do signo, émais cordial e sociável, entregando-se a experiências
variadas. No fundo,porém, torce para ter um amor estável. Combina melhor com
Escorpião,Capricórnio, Peixes e Touro.

 

A mulher de Virgem - Costuma ser desconfiada e não se
entregafacilmente. Seu aprendizado sexual é, portanto, muitas vezes tardio,
mascompensado por relações maduras e profundas, principalmente se os
parceirosforem de Libra, Peixes, Touro e Câncer.

 

LIBRA - A preocupação maior é agradar a quem ama. Da simples gentileza àsatisfação do mais requintado desejo, Libra se entrega ao amor sem medo.

 

O homem de Libra - Costuma ser paciente e gentil. É ardente e preocupado emsatisfazer a quem ama. Na intimidade, espera que a parceira se
apresente bemcuidada. Combina melhor com Sagitário, Aquário, Gêmeos e Áries.

 

A mulher de Libra - Estampa a beleza e a graça que Vênus lhe
deu e écapaz de seduzir qualquer mortal. Se não abusar desses dons, vai
saborear pelavida inteira as delícias do amor. Combina com Capricórnio, Câncer,
Áries eLeão.

 

ESCORPIÃO - Atrair, seduzir e conquistar é próprio de Escorpião . E ele faz isso deforma tão intensa e apaixonada que ninguém resiste
a seus encantos.

 

O homem de Escorpião - É muito atraente e magnetiza com um
simples olhar.Parece sempre esconder algum segredo e prometer mais do que
mostra. É um amanteirresisitível se a parceira for de Capricórnio, Peixes,
Touro e Câncer.

 

A mulher de Escorpião - Conhece e utiliza, como poucas,seus
poderes de sedução. Sua sensualidade atrai de tal forma que ficaimpossível
dizer não aos seus apelos de amor e sexo. Seus melhores parceirossão Aquário,
Touro, Leão e Virgem.

 

SAGITÁRIO - O otimisno e a naturalidade são as característicasmais fortes de Sagitário. Encara o sexo sem barreiras .Vale tudo
para obter prazer sexual.

 

O homem de Sagitário - Além de atraente é companheiro nas
horas difíceis.Sexualmente é gentil, versátil e disposto a aprender coisas
novas em cadaencontro. A fidelidade, porém, não é uma de suas maiores
qualidades. Suasparceiras ideais são de Aquário, Áries, Gêmeos e Leão.

 

A mulher de Sagitário - É ardente, ativa. Se necessário,toma
a iniciativa. Encara o sexo e o prazer sem preconceitos ou entravesmoralistas.
Não suporta a rotina e faz questão de sua independência. Combinamelhor com
Sagitário, Aquário, Gêmeos e Libra.

 

CAPRICORNIO -À primeira vista é uma pessoa reservada e discreta,mas acaba se revelando amante experiente). É do tipo que se entrega
devagar e sempre.

 

O homem de Capricórnio - É bastante individualista e donode
seus próprios atos. Sua vida sexual é, por vezes, uma incógnita e não sesente
obrigado a prestar contas a ninguém. Combina melhor com Áries, Câncer,Libra e
Escorpião.

 

A mulher de Capricórnio - Também preserva suaindependência,
mas quer um amor sólido e estável que, em geral, chega com amaturidade. Só
então se libera plenamente e descobre os prazeres do corpo. Seusparceiros
ideiais são de Peixes, Touro, Câncer e Virgem.

 

AQUÁRIO - O aquariano precisa de liberdade para viver suas conquistas. Em matéria de sexo é experimental por excelência e sempre disposto
às novidades.

 

O homem de Aquário - É charmoso e envolvente. Atrai,sobretudo, pelainteligência e múltiplas habilidades. Sabe agradar e inclui
amizade e diálogocomo fonte de prazer. Inventa sempre novas formas de fazer
amor. Parceirasideais: áries, Gêmeos, Libra e Leão.

 

A mulher de Aquário - Confirma a independência típica do signo, mas lutacontra suas carências e inseguranças. Seus desejos e fantasias
sexuais sãoricos e criativos e só homens muito especiais podem satisfazê-los.
Combinamelhor com Touro, Escorpião, Sagitário e Leão.

 

PEIXES - Para conquistar o parceiro, sabe usar muito bem a intuição. Mas opisciano só se entrega de corpo e alma quando se sente realmente
amado.

 

O homem de Peixes - É simpatico, gentil e um verdadeiro
dom-juan quandose trata de conquistar uma mulher. Apaixonado, porém, derrete-se
em carinhos ededicação e costuma ser fiel. Suas parceiras ideiais são de
Escorpião, Touro,Câncer e Virgem.

 

A mulher de Peixes - Tem a sensibilidade à flor da pele e,
ao simplescontato físico, um arrepio lhe percorre o corpo, prenunciando
momentos desatisfação, de preferência com homens de Escorpião, Leão, Virgem e Sagitário.

 

 

 

signos

 

 

Coincidência, quando procurava uma imagem que abrangesse todos os signos, descobri isto.

Entretanto, no FB, a minha amiga Ms. Pepper, deste blog,  tinha lá isto, e copiei o que me dizia respeito. Não foge à minha realidade.

Gostei.

 

 

 

A mulher de Peixes

 




A mulher de Peixes é conhecidíssima no
zodíaco. São as mulheres à moda antiga, digamos assim. As mais femininas de
todas, de uma forma que nem as librianas sabem ser. Se você procura a mulher
para quem você puxa a cadeira, que pula nos seus braços quando sente medo e que
olha pra você com toda a admiração que você viu poucas vezes na sua vida, então
aqui está sua Chapeuzinho Vermelho. Protege-a do lobo.

Ela é uma sonhadora, crente fervorosa no
alter ego das pessoas que ama. Ela crê que o homem com quem está é capaz de
protege-la de uma dúzia de perigosos bandidos que possam abordá-la numa rua
obscura. E um toque de sua fé mágica acaba convencendo-o que sim, é possível.
Ela é a mulher que muitos homens desejam, e acaba atraindo para si muitos dos
olhares masculinos. Ela é isso... Nem mais, nem menos. Mulher na medida de uma
mulher.

A amante de peixes é como retiro
espiritual onde você recarrega suas energias. Ela é suave e torna as coisas
suaves. Acalmam. E sem fazer força ou usar de artifícios acabam atraindo os
homens pela energia que emana. Dificilmente culpará você por tudo, será
exigente ou egoísta. É tão boa que nem parece verdade. O que é interessante
porque as piscianas também são conhecidas por serem esponjas humanas. Absorvem
para si todos os problemas dos outros. Assumem, decidem cuidar deles.
Certamente que ela tem um bocado de problemas em sua vida e é bom que você não
seja mais um deles. Elas são plácidas, mas vez ou outra (assim no susto do de
vez em quando) ela abre firme suas guelras e esbraveja pra fora tudo que ela
quiser...Porque é o direito dela depois de tanto tempo absorvendo tudo. Então,
cuidado, uma hora seu peixinho vai pular pra fora do aquario se você abusar
demais.

São sonhadoras e ex-tre-ma-men-te
sentimentais. Quando se sente magoada é capaz de derramar rios inteiros de
lágrimas. É o tipo da mulher que chora na DR. E pode acreditar que você vai se
sentir um assassino de coelhos nessa hora achando que cometeu a maior maldade
do mundo. Elas sabem como parecer frágeis. Bom, mas elas não são. De outra
forma, como elas poderiam ter sobrevivido ao enxame de conflitos e atribulações
que rondam sua vida? Elas são fortes porque continuam a nadar sempre, como um
peixe.
São tímidas. Tímidas mesmo. Então vai dar
um trabalho se você quiser pescar o seu peixe. Ela ficará acanhada de vir
abocanhar a isca. Em casos mais extremos a pisciana fecha bem suas escamas,
foge do cardume e começa a imaginar porque é assim tão só. No fundo, seu
intenso desejo de fazer bem a todas as pessoas que ama, a faz crer que sua
presença e suas vontades, de alguma forma, está pressionando, impondo,
explorando ou se aproveitando dos outros, quando na verdade não é nada disso.
Nessas horas é importante que seu amante seja alguém independente, firme e
eloquente para colocar ordem no oceano pisciano.

Mas no fim dessa história a mulher de
peixes sempre será aquela moça exalando feminilidade para todos os lados. A que
passa com os olhos masculinos acompanhando, não seu porte, não sua beleza,
apenas ela. Porque é difícil achar uma mulher que decidiu se assumir
estritamente como mulher e o mínimo possível de masculinidade. Ela não quer
avançar, não quer corromper e nem muito menos trocar os papéis com seu
namorado. Ela só precisa ser enlaçada por seu braço forte em troca de sua paz.

É um oceano particular. Tormenta e
calmaria em curvas precisamente femininas.

Não deixe escapar essa mulher de suas
mãos."

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR