Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

750 - Depois do agora

Maria Araújo, 17.09.10

 Fui à missa. 

Calçei uns sapatos tipo ténis que tenho há 10 anos. Bem digo o dia em que comprei estes sapatos. Ainda me lembro que os comprei no tempo do escudo. Custaram 100 euros. Modelo Camper, comprados na Prof, penso que foi o único par de sapatos que comprei nesta sapataria.São sapatos, são sapatilhas, são quentes, são resistentes. Sempre que vou de viagem levo-os comigo. São os meus sapatos de Outono/Inverno nas minhas idas ao Fitness e à praia. Estão ainda em forma para as caminhadas... e para as curvas.

Chovia intensamente, os passeios e bermas cobertos de água. Para atravessar a rua, nem com um salto em comprimento seria capaz de não molhar os pés.

Não tive alternativa. Pus o pé na "poça". E os carros que passavam, sem perdão, lançavam a água para as pessoas que seguiam o seu destino.

Perto da igreja, numa rua estreita, caía de um telhado um jorro intenso de água, como aqueles que eu tanto gosto de receber nas piscinas dos Spas e que bem fazem à coluna cervical e lombar. Um Fiat 600 estava estacionado junto à casa. Uma fila de carros esperava permissão para virar à direita para a rua principal onde, mesmo em frente, fica a igreja. Não podia evitar o jorro de água. Olhei para cima pois não entendi o porquê daquilo. Vi um tubo largo que saía do telhado e a água era projectada para cima dos carros em fila. E eu tive que passar... O guarda-chuva sofreu um abanão com a força da água.

Entrei na igreja com cinco minutos de atraso. Poucas pessoas.

As minhas calças estavam. alagadas. Podiam torcer-se.

Se fosse Inverno, certamente que me incomodaria. Mas como o ar está quente, não tinha frio, não me custou suportar a humidade.

Contrariamente ao habitual, a missa demorou cerca de 20 minutos.

Quando regressei a casa, caíam umas pingas.

O trânsito estava parado em todo o lado.
Cheguei a casa por volta das 18:35h.

Apesar de já não chover, são 19:55h e, da janela da minha sala, vejo o outro lado da rua. Ouvem-se as sirenes do INEM e o trânsito anda a passo de caracol.

Se tivésse ido de carro, ainda não estava em casa.

 

 

 

 

749 - Agora

Maria Araújo, 17.09.10

que acabei de chegar a casa, depois de dar um pequeno passeio pelo centro da cidade, começou a chover.

A chuva caía grossa mas com pouca intensidade.

E porque hoje faz um ano que o meu pai faleceu, tenho a missa às 18 horas. Mas agora está a chover a cântaros,troveja,  o trânsito está a ficar intenso, não levo o carro porque a igreja fica numa zona onde é difícil arranjar estacionamento, a pé são 15 minutos e não vejo "jeito" de a chuva passar.

Mas vou.

{#emotions_dlg.blushed}

 

 

 

 

 

748 - Ela...

Maria Araújo, 16.09.10

a gatita é uma malandra e já está cheia de mimo.

Hoje, ao almoço, agarrava-se à minhas calças e da Sofia e trepava, sentando-se no colo.

Quando lavava a louça do almoço, ela agarrava-se às minhas calças e tentava trepar. Ralhava com ela e sacudia a perna devagar para ela não subir. Mas, não satisfeita, conseguiu trepar e meteu-se debaixo do avental. Tive que pegar nela e pô-la no chão.

Fez isto várias vezes.

Anda sempre atrás de nós, encosta-se aos nossos pés e afaga-se neles.Corre feita tola e eu corro também de um lado ao outro da cozinha para a provocar.

Hoje já fez as suas necessidade na areia, mas esta madrugada, 5:30h, levantei-me. Espreitei-a. Tinha feito fora da areia. 

Há pouco estava a comer. Mio de bebé,  fazia nham,nham,nham, ao mesmo tempo que comia.

Agora deve estar a dormir. Fecho a porta da cozinha, onde tem uma marquise grande, para estar à vontade nesse espaço. Por enquanto, fica por ali para se habituar ao espaço.

De vez em quando a Sofia  trá-la à sala, deita-se no chão e a gata senta-se em cima dela a brincar.

É uma fofa e malandra.
Estou para ver o que ela vai fazer quando crescer mais um pouco e saltar para cima dos móveis.

 

747 - Gata

Maria Araújo, 15.09.10

E apresento-vos aqui a gatinha que adoptei hoje. Ainda não lhe dei o nome.

Tem 1 mês, mais ou menos. E ficaram lá mais gatitos.

Preferi trazer uma bebé, para me habituar a ela.

Já pus Biolkill para as pulgas, mas acho que vou ter de ir ao veterinário, porque receio uma infestação destes bichinhos saltitantes.

Aqui está a foto dela.

 

 

 

 

746 - Miauuuu!

Maria Araújo, 14.09.10

Mais um dia que a Sofia me chateou para irmos à Abra adoptar o futuro meu gato(a). Estava muito calor e, como sempre, meto-me aqui no cantinho a tratar das minhas tarefas, agora que as aulas começaram.

E ela dizia que já me conhece muito bem, que eu ando a atrasar a coisa, e patati, patata...

Amanhã o tempo vai ficar um pouco mais fresco e vamos tratar do assunto.

O que me levou a escrever este post, foi o meu amigo carapaucarapau que, ao comentar  o post 745, deu-me uma óptima ideia.

Transcrevo o P.S.: " como mais cedo ou mais tarde do gato não te escapas, que tal abrir já concurso para arranjar nome para o bichano?

Já tinhamos pensado em vários nomes, mas não gostava de nenhum.  Então decidi lançar o desafio.

Quem visitar este cantinho nos próximos 2 dias, poderia deixar as suas sugestões com nomes para o meu "pet".

Seria um prazer. Vamos a isso?

 

 

 

(o gato da minha sobrinha)