Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sardas

por Maria Araújo, em 18.04.10

Desde miúda que tenho muitas sardas que, no Verão, o sol faz questão em as evidenciar.

Na praia, na cidade, em qualquer lugar que vá, ponho protector solar.

Sempre gostei das minhas sardas.

Este ano estão na moda.

Associo aos cabelos com tranças, puxados para trás, rabo de cavalo.

Não tendo idade para usar tranças, prendo-o e faz-me recordar a Lolita da minha adolescência.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

SexHappy

por Maria Araújo, em 18.04.10

 

Happy

 

 

Hoje fui ao Pingo Doce aqui da zona fazer umas compritas . Antes de fazer o pagamento, passei na bancada das revistas. A capa da revista “Happy” captou-me a atenção pelo seu colorido.

Há 2 anos atrás, por volta do mês de  Maio,  no ginásio que frequento, ofereceram-me um exemplar desta revista. Não a conhecia. Gostei. Preço acessível, moda, assuntos interessantes, referências de hotéis , pousadas, SPAs com vouchers de desconto , fizeram com que, mensalmente,  a comprasse…Até uma determinada altura. 

Comecei a ficar farta do tema que é SEMPRE publicado, com as suas variantes, que enche os olhos de quem a lê de ilusões, de expectativas,  de experiências.  SEXO 

A revista começou a ter grande sucesso entre as mulheres. Depois de uma “paragem” na aquisição desta, em Janeiro de 2009, decidi comprar. Havia aumentado de 1,90 para 2,20 euros. Não foi um aumento substancial, tendo em conta que tem muita imagem. Mas os temas não mudaram. O SEXO continua a ser o tema chave desta revista: “Noites de sexo louco; guião de sadomasoquismo; o que eles pensam dos sex toys;  fiz sexo com um desconhecido; o mundo erótico dos homens; testemunho de uma experiência a três; fantasias eróticas no feminino; o meu melhor encontro sexual;  realize todas as fantasias eróticas; orgasmo como nunca sentiu; relações proibidas; como um amante salvou o meu casamento; quer comprar um álibi?; o mundo das festas sexuais; aprenda a fazer massagens eróticas; amante a tempo inteiro…”, são alguns dos muitos temas desta revista que insiste em  divulgar.

Alguma coisa contra? Não. NADA. Apenas enjoa o mesmo conteúdo, como é abordado, os testemunhos e a forma apelativa nele implícito.

E por este motivo deixei de a comprar.

Mudei para uma outra dentro do estilo que gosto. Fala de tudo um pouco: design, moda, arquitectura. É bisemestral e custa apenas 1,00 euro.  Esta:

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

jà percebi!

por Maria Araújo, em 17.04.10

Hoje fui à minha aula de hidroginástica. Estava bem disposta e relaxada, pelo que decidi ir ao cinema.

Passar mais um Sábado em casa a trabalhar, e não falta trabalho, não, vesti um vestido que comprei recentemente, blusão de pele, um colar, botas e lá fui para a sessão das 14:50.

Azar meu. A sessão era às 16:10h. Mas como as oportunidades de ir ao cinema ás horas que os outros não vão, são poucas, decidi comprar para essa hora. Fui ver o filme "Capa.

Como era ainda muito cedo, andei nas lojas a ver as novidades de Verão. Não comprei nada. Também não me apetecia estar a vestir roupa. Entrava para passar o tempo.

A sala de cinema não estava cheia.Grupinhos de jovens que rondavam os 10/15 anos. Algumas senhoras. Poucos homens.

O filme não era nada de especial, mas via-se.

Por volta das 17:50, cerca de 20 minutos do final do filme, este é interrompido. As jovens deduziram que haveria outro intervalo. Passaram 10 minutos e nada!

Mais uns minutos passaram, até que vem um funcionário da ZON avisar que houve uma falha de energia, que que em 5 minutos seria resolvido.

Passaram os 5 minutos. 10, 15,20... Por vezes, os funcionários vinham espreitar. Um deles disse que tinha havido um corte de energia no shopping e que levaria cerca de 10 minutos a resolver o problema. Estive para desistir e regressar a casa. Mais 10 minutos e o filme recomeça

mas com um reward de cerca de 15 minutos.

Acabou e quando vou ao parque para regressar a casa, vejo o piso todo molhado. "Choveu?", questionei-me.

Saí do parque. Chovia...pouco. O trânsito que dava acesso ao Continente estava interrompido. Como eu não ia nessa direcção, sortuda que sou porque vivo no centro da cidade, foi fácil chegar a casa.

Estacionei o carro na garagem. O chuva era pouca, nem levara guarda-chuva.

A minha cozinha dá acesso a uma comprida marquise com duas grande janelas.

Não me lembrava que tinha deixado a janela um pouco aberta. Estava sol quando saíra de casa.

Fui á cozinha e vejo um"lago" de água junto à janela. Murmurei: "devia ter chovido torrencialmente.Por isso, o corte de energia no shopping".

Limpei a água. Preparei o jantar. Fui vendo algumas notícias na RTP1 ...

Agora, no noticiário das 22 h da  RFM,  ouvi que Braga tinha sido "banhada" por uma forte tromba dágua que tinha impedido a circulação do trânsito no acesso a algumas vias e túneis. "Tromba d'água?! Então as filas de trânsito deveram-se à chuva! E o "laguinho" junto à janela da marquise!" . Estava esclarecido. Não vi, não ouvi, não senti...nem os funcionários do cinema informaram o motivo do corte de energia no shopping, e do filme.

Faz-me lembrar há muitos anos, trabalhava eu na empresa do meu pai, numa tarde de Junho, estavamos a trabalhar quando, de repente, começa a chover intensamente. A chuva não paráva. Começámos a ficar preocupados. Ás tantas, pelo tecto de esferovite que ficava por debaixo do telhado, começa a cair água com grande intensidade.

Tentámos retirar papeis, máquinas, proteger tudo o que estivesse à mão. A água começa a alagar os sectores comercial e a contabilidade.

Antes que  caíssem em cima das nossas cabeças, fomos para o armazém. Ali não havia tecto de esferovite. A produção parou. Em algums cantos caía água, mas era o lugar mais seguro, também.

Depois de passar, foi a limpeza, a recolha de tudo o que poderia ser aproveitado. Demorou alguns dias a limpar.
Nunca mais me esqueci. Nas vésperas de São João.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fechado para férias

por Maria Araújo, em 17.04.10

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

?

por Maria Araújo, em 16.04.10

Não me apetece escrever. Sinto-me apática.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia Mundial da Voz

por Maria Araújo, em 15.04.10

 

 

 

 

 

 

 

 

Amanhã vou lá estar, no Hospital de Guimarães.

 

 

 

Vou assistir à conferência.

À tarde vou fazer o rastreio.

É muito importante para a minha saúde e para a minha profissão.

E hoje, o dia mais leve da semana, estou com as minhas cordas vocais muito sensíveis.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A preposição

por Maria Araújo, em 12.04.10

 

 

O futuro, esta estranha ameaça...

Noite de Inverno. Nathalie desce as escadas da escola a chorar...

(...)

 

-Pro...Pro...Professor...eu não...não consigo compreender ...

-Compreender o quê? Que é que não consegues compreender?

-A...a...

E bruscamente a rolha salta , de repente:

-A ... preposição-subordinada-conjuntiva-de concessão-e-de-oposição!

Silêncio.

Não troçar.

Sobretudo não rir.

-A preposição subordinada conjuntiva de concessão e de oposição? É ela que te põe nesse estado?

Alívio. O profe pensa muito depressa e muito seriamente na preposição em causa; como explicar a esta aluna que não há  motivo para tamanho desgosto, que a utiliza sem o saber, a maldita preposição (uma das minhas preferidas, de resto, se é que podemos preferir uma conjuntiva a outra...), a preposição que torna possível todos os debates, condição primordial da subtileza, na sinceridade como na má-fé, importa reconhecer, mas ainda assim, não há tolerância sem concessão, pobre pequena, está lá tudo, basta enumerar as conjunções que a introduzem, essa subordinada...

 

"Mágoas da escola", Pennac, Daniel

 

Lanço o desafio.
Vamos rever a gramática.

Quais as preposições que perturbavam Nathalie?

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foi desse jeito...

por Maria Araújo, em 10.04.10

 

que através do blog coisas da fonte e depois de ler o post sobre uma lenda da ilha de Fernão de Noronha,  que adicionei nos meus links este blog.

Tenho estado a ler um livro sobre a educação, os alunos cábulas, as atitudes destes e dos professores, que me tem dado que pensar...

Por isso,  e associando à história do "Mágoas da escola", foi desse jeito ...que "roubei" este símbolo.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banho(s)

por Maria Araújo, em 09.04.10

Hoje foi o meu primeiro dia de banho de mar do ano de 2010!

Acordei muito cedo. Fui à minha aula de bodybalance.  Já não ia a esta aula há 3 semanas, não por preguiça, mas porque não pude comparecer.

Nova coreografia, bem difícil de executar. Cada nova coreografia  é um desafio.

Às 11 horas da manhã, fui buscar a Sofia a casa e arrancámos em direcção a Ofir. A miuda gosta desta praia, embora eu prefira Esposende e/ou Vila do Conde. Mas como o mar é calmo e ela pode estar à vontade a mergulhar, com todo o prazer faço a vontade à moçoila, pois quero que ela desfrute dos banhos de mar que tanto gosta.

O tempo estava fantástico. O Sol quentinho. Não havia vento.

Abrimos o guarda-sol e fomos tomar o nosso primeiro banho de mar de 2010.

A moça leva sempre uma bola de futebol. Hoje levou duas. Uma gande e outra pequena.

Chateou-me a cabeça para jogar com ela.
Os biquinis molhados do banho, fizémos um mini-campo de futebol. Primeiro chutávamos à baliza, uma de cada vez,e marcávamos  na areia molhada,os golos que fazíamos.
Com os pés, e evitando deitar-me para a areia, defendi umas quantas boladas.

Depois ela quis fazer um jogo de futebol a duas.

De tanto nos rirmos, não conseguimos "JOGAR"  sério , lol. Descansámos um pouco. Levara o livro que estou a ler "Mágoas da escola", que está a deliciar-me e, entretanto, por volta das 14horas, levantou-se um vento Norte,sereno. Decidimos  ir ao café comer.

Um cachorro e um ice-tea,para ela,  uma  tosta mista e um panachê, para mim.

Tomei um café, fui ao carro buscar o tapa-vento, e regressámos à praia, onde havíamos deixado o guarda-sol e as toalhas.

Com a bola brincámos ao jogo das palavras. Cada palavra dita, atirava-se a bola uma à outra. Mais uns momentos de riso e de invenção de palavras por parte dela. Depois, um momento de relaxe, novamente com o meu livro, enquanto ela brincava na areia com a bola.
Hora do banho. Mais uma vez a pequena pede-me para ir até ao mar com ela. Sentia-se mais segura comigo por perto.

Fui. 5 minutos de banho, porque o vento já era mais forte e arrefecera.

Quando regressámos ao nosso lugar, mais uns minutos de jogo da bola, mais uns minutos de risota.

16h45, hora de regressar!

Viemos calmamente, pela auto-estrada. Prefiro pagar portagens e fazer a viagem sem stress.

Ansiosa por um bom banho de chuveiro, a pequena perguntou-me "Vais tomar banho comigo?"

"Sim", respondi.

"Ei,ei,ei,ei,ei!", exclamou ela.
A Sofia, sempre que toma banho aqui em casa, faz questão que eu a acompanhe. Pudera! Fartámo-nos de rir com as brincadeiras que fazemos com a água.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas da Fonte

por Maria Araújo, em 08.04.10

Hoje fiz um comentário neste blog sobre as fotos antigas que edita assim como dicas, para que quem lá vai e queira participar,  tente descobrir os acontecimentos , o monumento, a pessoa, o filme. Qualquer assunto de interesse, desperta a curiosidade e o interesse pela descoberta e pesquisa.

Como estava a escrever, deixei um comentário alusivo às fotos antigas dos edifícios destas nossas cidades portuguesas que, com o evoluir dos tempos e das mentalidade, se destrói um edíficio, um azulejo,uma fontes romana, que, no caso de Braga,  o nosso presidente da câmara fez o favor de destruir em prol dos interesses e do progresso.

Lembro-me de ser miúda, e graúda, e passear pelos antigos e belos jardins da Avenida Central, assim como da antiga fonte em frente à Árcádia.

A Avenida da Liberdade foi alterada para dar que fazer aos funcionários da câmara e, em vez de largo espaço pedonal, passou a canteiros de flores dignos de um arquitecto paisagistíco do século XXI, cujo design foi concebido para dar nome ao homem, penso eu, mas obrigando o transeunte a andar  aos zigue-zagues, se quer "cortar" caminho por uma rua mais próxima do seu destino...

Algumas fotos de Braga nos séculos passado e presente.

 

 

   Os enormes canteiros da Avenida da Liberdade

 

 

 Avenida Central com a antiga fonte.

 

  Avenida Central e Igreja dos Congregados, remodelada.

 

 

 Arcádia

 

 

 Avenida Central com a vista da torre da Igreja dos Terceiros e do Castelo.

 

 

 

 Fonte da Avenida Central, com a igreja dos Congregados do lado direito.

 

 

 

Edifício dos antigos correios.

 A Fachada mantém-se, mas está a ser construído  o novo centro de comércio, Liberdade Street Fashion...

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR