Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Bob Dylan

Maria Araújo, 30.07.09

 

 

Blowin' In The Wind

Quantas estradas precisará um homem andar
Antes que possam chamá-lo de um homem?
Sim e quantos mares precisará uma
pomba branca sobrevoar
Antes que ela possa dormir na areia?
Sim e quantas vezes precisará
balas de canhão voar
Até serem para sempre abandonadas?
A resposta meu amigo está soprando no vento
A resposta está soprando no vento

Quantos anos pode existir uma montanha
Antes que ela seja lavada pelo mar?
Sim e quantos anos podem algumas pessoas existir
Até que sejam permitidas a serem livres?
Sim e quantas vezes pode um homem virar sua cabeça
E fingir que ele simplesmente não vê?
A resposta meu amigo está soprando no vento
A resposta está soprando no vento

Quantas vezes precisará um homem olhar para cima
Até poder ver o céu?
Sim e quantos ouvidos precisará um homem ter
Até que ele possa ouvir o povo chorar?
Sim e quantas mortes custará até que ele saiba
Que gente demais já morreu?
A resposta meu amigo está soprando no vento
A resposta está soprando no vento

.

1962, tempos de mudança, conflitos, racismo nos EUA,guerra no Vietname,  revolta dos estudantes em França, o eclodir de novas gerações, "hippies", drogas, o cinema francês de Godard, Truffaut as músicas dos Beatles...

Bob Dylan foi um dos cantores que gostei de ouvir e cantar.Esta letra foi uma das que me marcou.

Hoje, porque recebi um e-mail que falava deste cantor, lembrei-me de procurar a letra da canção.

47 anos depois o que é que mudou?

 

A resposta está soprando no vento...

 

Tem o homem vontade de mudar?

 

 

 

 

OS ALBINOS NA TANZÂNIA

Maria Araújo, 29.07.09

No blog lontrices está um texto em Inglês que fala dos albinos da Tanzânia.

Edito algumas fotos copiadas deste blog, assim como o texto abaixo, para que, quem vier aqui espreitar o meu blog, leia e publique também no seu.

Só não vê quem não quer.

 

lontrices

 

 

«Desde há muitos anos, os albinos da África sub-saariana enfrentam discriminação, a situação tornou-se muito mais dramática e perigosa nos últimos anos na Tanzânia.

Os albinos na Tanzânia são procurados por aqueles que irão matá-los para com os seus órgãos, membros e até mesmo os cabelos fazerem “poções da sorte”.

Os mais velhos tânzaneses acreditam que estas poções, ossos ou cabelos de albinos trazem boa sorte e riqueza aos negócios e actividades do dia-a-dia.

Por exemplo, os pescadores tecem cabelos albinos nas suas redes esperando uma grande pesca no Lago Victoria.

Mais de 50 albinos foram mortos na Tanzânia e Burundi no ano passado o que levou à criação de uma rede de serviços de protecção de albinos e a algumas detenções e julgamentos por homicídio pelo governo da Tanzânia.

TONY KARUMBA e NDIKUMANA da agência AFP, ALEX WYNTER da REUTERS fizeram um excelente trabalho fotográfico no sentido de denunciar esta situação ao mundo.

Aqui vai também a minha pequeníssima denúncia, como sempre aqui digo, fazer pouco pode ser muito mais do que nada…»

 

 

 

 

 

 

 

Todos juntos espalhemos esta notícia . Quem sabe salvaremos muitas vidas inocentes, que são pessoas como nós.

 

Hoje...

Maria Araújo, 26.07.09

É o dia dos Avós. Não os tenho há alguns anos. A minha avô paterna, a última a deixar-nos  nasceu em 1901. Ainda hoje fui ao cemitério, não me lembrando sequer que  é o dia dos avós, fiz as contas à idade que tinha quando faleceu: 87 anos.

Na minha adolescência achava que ter nascido em 1901, início do século XX, ficava longe no tempo.

Curiosamente falei dela num comentário a um post de uma blogger dos meus links, a propósito do carinho que tínhamos por ela.

Tinha um cuidado estremoso em dar atenção aos numerosos netos que teve. Era uma boa contadora de histórias, isso nunca esquecerei.

O meu avô era um homem com coração de manteiga.Bebia muito.  Os netos deveriam ser o melhor da sua vida.

Tinha uma empresa. Não podia ver um funcionário seu passar fome. Levava-o para casa e sentava-o à sua mesa a comer a mesma refeição que a família.

O meu irmão mais velho foi criado com eles. Foi um pouco mimado , tinha tudo dos avós, não sentiu as dificuldades dos irmãos...

A minha a vó materna nunca foi conhecida e amada pelos seus filhos, pois ela faleceu muito jovem, deixando a minha mãe com 2 anos, a minha tia mais nova com 2 meses e  3 filhos mais velhos, também crianças.

O meu avô  casou novamente uns anos depois, e teve mais 3 filhos.Conheci-o.

Era um homem distante e frio, mas mostrava uma pontinha de amor pelos netos.

Adorava ir para casa dele. A quinta, como eu e os meus irmãos chamavamos, tinha  uma casa fantástica. Adorava correr pelo campo, subir à figueira, à cerejeira, ao castanheiro para comer esses deliciosos frutos que ainda gosto.

Teve uma embolia e não resistiu.

Foi uma dor muito forte para a mimha mãe.

E por falar em mãe, estou a ouvir a TVI.

Está uma jovem a cantar Amália Rodrigues. Quantas vezes escutei minha mãe, que já nos deixou há 27 anos, cantar esta canção. Sinto uma grande saudade quando ouço as canções da Amália e que minha mãe cantava.

Minha mãe, depois do pai morrer, esteve algum tempo sem cantar com o prazer com que cantava antes. Mas ele, o tempo, também se  encarregou de sarar a ferida dos que foram, e ela voltou às cantigas.

Lembro-me de vê-la a lavar a roupa de mão no tanque, e cantar Amália.

Se vivesse teria completado 80 anos no dia 18 de Julho. Seria de certeza uma mulher feliz , nem tanto no casamento, mas pelos netos que teria: 11.

Seria uma avó babada e feliz. A minha mãe deu muito do seu amor aos netos que conheceu.

Os outros conhecem-na pelas fotos que tenho, e escutam-me contar algumas das suas histórias.


E por que fui ao blog santanostalgia,e vi um post sobre Betty  Boop que teria 75 anos, senti que deveria deixar aqui uma singela homenagem aos meus avós e à minha mãe, avó.

Que estejam em Paz.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Luna... Breast Cancer Detection Device

Maria Araújo, 24.07.09

do blog hummm...I see, a ser visitado por todas as mulheres, e não só.

Está escrito em Inglês, mas consegue-se perceber que é um aparelho detector de nódulos da mama, aparelho que pode ser manobrado pela mulher, depois do período mentrual.

Pode ser embaraçoso para nós, mulheres, a detecção de algo anormal, mas também é factor de prevenção.

 

 

 

 

 

 

 

Prision Break IV

Maria Araújo, 23.07.09

 

http://lastfeeling.files.wordpress.com/2008/07/prisonbreak_a_1024x768.jpg

 

 

 
No Domingo passado vi a sessão especial desta série.
Michael Scofield tem um tumor cerebral
Liberta a esposa, presa durante a cerimónia do seu casamento.
A liberdade dos Scofield começa com a sua morte.
 

E a respeito de PrisionBreak, lembrei-me de escrever neste pequeno post o seguinte.
Recebi um e-mail da Throttleman em que referiam o resultado de um concurso de design para as T-shirts , que eu gosto, que são vendidas nas lojas espalhadas pelo país,  quer seja para miúdos quer seja para graúdos, pelo design, imaginação e defesa dos animais.
 
A T-shirt que recebeu o 1º prémio é,  e espero que a Throttleman não me "penalize" pela divulgação:
 
 
 
 
 Throttleman por você.

Pág. 1/5