Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Destruction

por Maria Araújo, em 14.04.09

Destruction é o nome que o meu sobrinho deu ao gato da irmã.
Porquê este nome?

É que o malandro rói tudo o que vê.

Salta para cima do fogão, mete-se entre a roupa da cama, destruiu a árvore de Natal, faz mil e uma asneiras que a princesa tem como tema das suas histórias no blog gata.

Este animal lindo, ia ser abatido por falta de uma pata e por abandono.

Não escrevo mais nada sobre este assunto, porque a gata vai postar a história do felino no seu blog.

Agora vejam uma das belas fotos do gatito. Lindo, charmoso, simpático, meigo, brincalhão e dorminhoco.

Encanta qualquer pessoa menos afecta aos animais.

 

distraxa  por você.

 

Cantinho da Casa

A última ceia...e traição.

por Maria Araújo, em 14.04.09

Numa visita que fiz ao blog de hummm... encontrei esta imagem deliciosa da última ceia.

Um deles trairá.... Qual?

 

(Parece que em Itália foi contestado. Mas não sei porquê. Não considero uma ofensa).

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Conta-me como foi vs tolerância

por Maria Araújo, em 13.04.09

 

 

 

 

 

 

Ontem foi dia de Páscoa. A programação da RTP1 não sofreu alteração.

A série dos Domingos deu á mesma hora.

 Ontem jantei em casa de um familiar, mas lembrei-me da série.

A miúda queria ver o Ratatui. Como já está crescida e há certos filmes que já não lhe interessa,"deixou-me" ver o "Conta-me como foi".

Interrompida de vez em quando pela conversa dos adultos, vi com mais atenção a parte final.

O casal Lopes estava no quarto. Ela fazia uma massagem nos ombros  do marido. Conversavam sobre os  problemas do quotidiano.

Este momento fez-me recordar o espírito de luta que existia entre os casais.

Comentei com os meus familiares: " Sempre existiram conflitos entre os casais.  A maioria  seria por falta de dinheiro. Esta carência fazia com que se unissem para  que nada faltasse aos filhos.

Hoje, os casais não têm os espírito de sacríficio. Discutem. Não há conversa. Não há tolerância. Tudo se torna uma rotina. Por qualquer motivo separam-se."

 

A tolerância precisa de ser incentivada. A comunicação precisa de ser alimentada  com o respeito pela individualidade,  a diferença de ideias  e o espaço de cada um.

Talvez eu seja um pouco sonhadora.

 

 

Cantinho da Casa

Braga já boicota os blogs???

por Maria Araújo, em 11.04.09

 

 

Tenho recebido vários e-mails de pessoas de Braga a informarem-me sobre o boicote que fizeram ao blog farricoco, a propósito da publicação do que este bloguista edita sobre notícias fulcrais para e sobre o s Bracarenses, notícias estas retiradas dos jornais da cidade, quer seja de texto quer seja de imagens.

Hoje recebi mais um e-mail, cuja imagem retirei do referido blog.

Pergunto: Já não há democracia em Portugal?  Nem tão pouco em Braga, a cidade mais socialista do país?????
Não quero perceber de política, mas dói-me o que se passa aqui por Braga.

Tenho um amigo bracarense que vive há muitos anos no Brasil, sabe do muito que se passa aqui em Braga através de outros amigos.

Um dia destes recebi um e-mail dele,  que transmiti ao bloguista do blog farricoco.

Leiam o texto que recebi.

 

"Esse bandido acobertado pelo povo de Braga e cujo nome é Mesquita Machado
acabou com a Av. Marechal Gomes da Costa, pois os presumidos canteiros de
flores que lá colocaram são de péssimo mau gosto e de paisagismo (ZERO) e para
complicar é provável que venha a enfraquecer a festa de são João, pois o povo ficava
a andar nessa avenida para cima e para baixo e agora a avenida foi entulhada com
rectangulos e esquisitos canteiros, das duas uma. Ou o povo deixa de andar na
avenida ou de propósito ficam a andar em cima das flores e com isso o corrupto
Mesquita embolsa mais dinheiro com a comição que vai cobrar de quem for reparar
os estragos do presumido jardim.
*
Ó povinho froxo esse de Braga, que deixam delapidar o seu património e ficam calados.
*
O prédio histórico e que havia de ser tambado pelo património cultural foi vendido para os
Espanhóis, que o estão a destruir com a descaracterização do interior do mesmo, de
que serva a casca do ovo se já se foi a gema e a clara.
*
Não sou terrorista e nem espírito para tal tenho, mas que se morasse aí, calado não ia
ficar."

 

 

Cantinho da Casa

Símbolos da Páscoa

por Maria Araújo, em 09.04.09

 

Passo a enumerar os símbolos da Páscoa e seu significado.

 

O coelho: reprodução, vida abundante, ciclo que se renova todos os anos.

 

O ovo: simboliza o nascimento, a vida que retorna.

 

O círio: a luz de Jesus Cristo . O círio tem a 1ª e última letras do alfabeto Grego, o alfa e o ómega, que simbolizam o princípio e o fim, palavras proferidas por Jesus Cristo.

 

O peixe: a vida. É um dos símbolos mais antigos dos primeiros Cristãos, quando se referiam a Jesus. Era usado para não serem perseguidos ou mortos, que usavam nas roupas e nas portas das suas casas.

 

O sino: a subida de Jesus aos Céus.

 

Vestes brancas: a vitória sobre a morte. Usadas na noite da Vigília Pascal, representam a alegria dos primeiros baptizados.

 

Aleluia:,aclamação de louvor e de alegria. É uma expressão Hebraica "Hallelui-Yah", que significa "Louvai o senhor".

 

O girassol:  a luz, a força a energia. Esta flor precisa de estar exposta ao Sol(Cristo), para poder sobreviver. É o símbolo menos conhecido nalgumas regiões, como símbolo da Páscoa.

 

Ramos de oliveira e palmeira: entrada de Jesus em Jerusalém, para comemorar a Páscoa Judaica., antes de Jesus ser condenado à morte.O povo agitava os ramos de oliveira e de palmeira aclamando "Hossana".

 

Lava-pés: humildade, simplicidade, igualdade, solidariedade. amor.

Na Quinta-feira santa, a última Ceia com os seus discípulos, Jesus distribiui o pão, o vinho que simbolizavam o seu corpo e o seu sangue. Foi durante a ultima Ceia que Jesus lavou os pés aos seus discípulos mostrando a sua humildade.

 

A cruz:Cristianismo e Páscoa. A cruz relembra que Jesus venceu a morte.

O cordeiro: sacríficio de Jesus pela humanidade. Foi sacrificado um cordeiro em favor do seu rebanho (símbolo da humanidade).

 

O pão e o vinho: vida eterna. O corpo e o sangue de Jesus  oferecido aos seus discípulos.

 

O chocolate: alimento dos deuses. O nome Grego é "Theobroma".

 

O chocolate era considerado sagrado pelas civilizações Maias e Astecas . Neste tempo era consumido como uma bebida.

 Na Europa chegou ao nosso conhecimento no século XVI. As sementes de cacau eram torradas e  trituradas, que juntadas com água,  mel e farinha ficavam o chocolate como o conhecemos agora.

No século XX os ovos e os bombons de Páscoa  eram presentes oferecidos com muito significado. É um alimento muito nutritivo e um rico complemento de energia.

 

E EU ADORO CHOCOLATE ( mas consumo-o com moderação).

 

Páscoa recheada de solidariedade bem nutritiva para todos os que espreitam este blog.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

A Páscoa e o Equinócio da Primavera

por Maria Araújo, em 09.04.09

Por que é que a Páscoa não é sempre no mesmo dia e mês do ano?

 

A Páscoa é  sempre marcada no Domingo a seguir à Lua Cheia que aparecer depois do dia 21 de Março (Equinócio da Primavera, em que o dia é igual à noite, 12 horas).

O Equinócio da Primavera , no hemisfério Norte, ocorre nos dias 20 ou 21 de Março. A data varia devido aos anos bissextos.

 

Por exemplo:

Em 2008, o Equinócio foi em 20 de Março. A Lua Cheia foi em 21 de Março, logo a Páscoa foi no dia 23 de Março, no primeiro Domingo após a Lua Cheia.

 

Este ano o Equinócio da Primavera foi em 20 de Março, a Lua Cheia em 9 de Abril, hoje, a Páscoa será este Domingo, dia 12 de Abril, primeiro Domingo apóes a Lua Cheia.

 

Em 2008, a Páscoa aconteceu mais cedo do que qualquer um de nós irá ver alguma vez na sua vida.

A última vez que a Páscoa foi como em 2008, foi em 1913.

A próxima Páscoa a acontecer mais cedo, também como em 2008,será no ano de 2228, dentro de 220 anos.

 

 

 

O Concílio Geral da Igreja (Nicéia, 325 DC) determinou que a Páscoa Cristã fosse celebrada no Domingo seguinte à 1ª Lua Cheia após o Equinócio da Primavera, no Hemisfério Norte, pelo que a Páscoa tem de ocorrer entre  22 de Março e 25 de Abril.

 

 Interessante. Não sabia o porquê da Páscoa acontecer em datas diferentes.

Este tema foi tratado na minha escola, com oa alunos, no último dia de aulas.

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Ecce Homo

por Maria Araújo, em 09.04.09
 

Procissão do Senhor Ecce Homo, quinta-feira, dia 09, às 22h00. Saída da Igreja da Misericórdia. 
                                  

 
Organizada desde tempos antigos pela Irmandade da Misericórdia, esta procissão evoca o julgamento de Jesus, ao mesmo tempo que celebra a misericórdia por Ele ensinada. Abre o cortejo o exótico grupo dos farricocos com grosseiras vestes de penitência, descalços e encapuçados, de cordas à cinta, como outrora os penitentes públicos, empunhando matracas e fogaréus (taças com pinhas a arder). Daí chamar-se também «Procissão dos Fogaréus». Integrados na procissão, revestem um simbolismo diferente do da tarde: evocam os guardas que, munidos de archotes, foram, de noite, prender Jesus.

A imagem do Senhor «Ecce Homo» representa o Cristo tal como Pilatos o apresentou à multidão, dizendo: - «Eis o Homem!».

Além de muitas figuras alegóricas da Ceia e do julgamento de Jesus, desde 2004 incorporam-se na procissão alegorias das catorze obras de misericórdia, bem como figuras históricas ligadas à fundação e à história das Misericórdias.

A procissão percorre o seguinte itinerário: Igreja da Misericórdia, Rua D. Diogo de Sousa, Arco da Porta Nova, Av. S. Miguel,-o-Anjo, Rua D. Paio Mendes, Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de S. Paulo, Largo de Paulo Orósio, Rua do Alcaide, Campo de Santiago, Rua do Anjo, Rua de S. Marcos, Largo Barão de S. Martinho, Rua do Souto, Largo do Paço, Igreja da Misericórdia.

Fonte - Comissão Organizadora das Solenidades da Semana Santa de Braga

 

********************************************************************************************

 

 

Esta procissão, também conhecida pela procissão dos farricocos, é realizada aqui na minha cidade com muita pompa. Aliás, toda a Semana Santa é festejada com concertos na Sé e outras Igrejas da cidade,  a cerimónia do lava-pés, na Sé de Braga.

 

 

Os farricocos, que hoje também andariam pela cidade, com as matracas, que fazem um rec,rec,rec,rec,rec,  que eu adoro. Como está de chuva provavelmente nem teriam saído. Estes representam os guardas que prenderam Jesus Cristo.

 

 

Amanhã será Procissão do Enterro do Senhor (Sexta-feira santa), em que todo o cortejo veste de roxo ,com véus escuros a taparem o rosto.

 

 

Organizada pelo Cabido da Catedral, Irmandades da Misericórdia e de Santa Cruz e Comissão da Semana Santa, esta imponente procissão - de todas a mais solene e comovente - leva pelas ruas da Cidade o esquife do Senhor morto. Acompanham-no aquelas e outras irmandades, cavaleiros das Ordens Soberana de Malta e do Santo Sepulcro de Jerusalém, Capitulares da Sé e autoridades. Vão também os andores de Santa Cruz e da Senhora das Dores.

Em sinal de luto, os Capitulares e os membros das Confrarias vão de cabeça coberta. Para mostrar a sua dor, as figuras alegóricas ostentam um véu de luto. As matracas dos farricocos vão silenciosas. As bandeiras e estandartes, com tarja de luto, arrastam-se pelo chão.

A procissão percorre o seguinte itinerário: Sé, Rua D. Gonçalo Pereira, Largo de S. Paulo, Largo de Paulo Orósio, Rua do Alcaide, Campo de Santiago, Rua do Anjo, Rua de S. Marcos, Largo Barão de S. Martinho, Rua do Souto, Largo do Paço, Rua D. Diogo de Sousa, Arco da Porta Nova, Av. S. Miguel-o-Anjo, Rua D. Paio Mendes, Sé.

 

Queima do Judas

 

Sábado de Aleluia, pelas 22 horas, em Celeirós – Braga, realiza-se a já habitual, Queima do Judas. Esta tradição perde-se no tempo e tem o carácter simbólico de penitência dos males e de purificação, através do fogo.
É uma festa tipicamente profana, com origem cristã, segundo a qual Judas entregou Jesus à morte, tornando-se por isso um traidor.
A Queima do Judas, não é só o queimar de um boneco de palha, mas, também, a representação de um trabalho artístico e literário Explora-se o aspecto crítico, humorístico, com especial incidência na vida política e social; cenas da vida local, regional ou nacional, relatados numa clara expressão satírica. Começa com uma procissão pela freguesia, em seguida, lê-se o célebre “Testamento do Judas”, em quadras de escárnio e maldizer.
É uma noite de sátira, de crítica, de castigos e reparos, mas também é uma noite de muito riso.
No final: pela meia-noite, queima-se o Judas, ou melhor, o fogo num espectáculo pirotécnico de grande beleza.
O Judas Morreu! Viva o Judas!
 

 

 

************************************************************************************************

 

No centro da cidade de Braga, é na freguesia da Cónega que habitualmente se faz a Queima do Judas.

A Festa da Páscoa, é realizada na Segunda-feira, com a visita da Cruz às casas, seguida de foguetes, música , e as nada tradicionais, mas que invadem as romarias Portuguesas, farturas.

 

Santa Páscoa.

Aleluia! Aleluia!

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

O pulmão da Terra

por Maria Araújo, em 05.04.09

Do blog hummmm...I see.

 

 

 

Para completar esta imagem copiada no blog em destaque, li ontem na revista Visão, Sociedade,  título, AMEAÇAS, e a propósito de uma conferência sobre desafios do jornalismo de Ambiente que se realizou na passada 5ª e 6ª feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, o seguinte:

 

"Todos os anos a floresta amazónica perde uma área quase tão grande como o Alentejo";

 

"O nível médio do mar poderá subir até 80 centímetros, durante este século";

 

"Nas próximas três décadas, o planeta poderá perder até 20% de todas as suas espécies de animais e plantas".

 

Envio uma foto que acabei de tirar com a minha máquina fotográfica, sobre o artigo mencionado.

 

 

visão por você.

 

 

ALERTA, ALERTA, ALERTA!

Cantinho da Casa

Faltando um pedaço

por Maria Araújo, em 03.04.09

 

Loja do Mundo
Turismo de Compras | Lojas de Produtos Regionais

 

Os produtos vêm de países subdesenvolvidos, mas o preço é "justo". Sem intermédio de multinacionais, os lucros são direccionados para os produtores. Aqui, há de tudo um pouco, desde peças de artesanato (do vestuário aos brinquedos) a produtos alimentares, com um pezinho no universo gourmet.

 

 

 

 

 

 

Ontem fui à Loja do Mundo.

Gosto de ver as peças artesanais feitas por pessoas simples, de vários cantos do mundo onde as necessidades básicas escasseiam.

Há certas peças que são caras, mas dentro daquilo que gasto,tento comprar alguma coisa que gosto.
Comprei um cacao magro para pôr no leite e uma compota deliciosa de goiaba e maracujá.

 

Depois desta humilde compra, andei por estas ruas menos frequentadas onde tem lojas novas e interessantes.

Espreitando uma montra,  vi um poster que cobria uma coluna da parede com este poema que me enterneceu o coração.

 

"Faltando um pedaço"

O amor é um grande laço
Um passo pr'uma armadilha
Um lobo correndo em círculos
Pra alimentar a matilha
Comparo sua chegada
Com a fuga de uma ilha:
Tanto engorda quanto mata
Feito desgosto de filha
O amor é como um raio
Galopando em desafio
Abre fendas cobre vales
Revolta as águas dos rios
Quem tentar seguir seu rastro
Se perderá no caminho
Na pureza de um limão
Ou na solidão do espinho
O amor e a agonia
Cerraram fogo no espaço
Brigando horas a fio
O cio vence o cansaço
E o coração de quem ama
Fica faltando um pedaço
Que nem a lua minguando
Que nem o meu nos seus braços
 (Djavan)

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Ecologia em humm...I see.

por Maria Araújo, em 02.04.09

Mai um tema que eu defendo e faço questão de divulgar.
Do blog hummm...I see

 

Cantinho da Casa

Pág. 3/3



foto do autor



desafio dos pássaros


o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR