Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

 

Fantástico este vídeo.

Clica aqui:   http://www.humanrightsactioncenter.org/

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A minha geração, anos 70

por Maria Araújo, em 14.12.08

Hoje não estou a seguir na integra o programa que eu gosto de ver.

Dei uma olhada à tv e escuto referências ao filme "O último tango em Paris".

Lembro-me que foi censurado cá em Portugal. Aqui em casa também se falava no filme, mas na altura, não havia diálogos com os mais jovens, sobre estes assuntos de sexo.

Havia as revistas a que nós chamavamos de "caprichos", lembro-me do Corin Tellado, que suscitavam a curiosidade dos adolescentes e que chegavam às nossas mãos através dos mais ousados, que às escondidas, as compravam.

"O último tango em Paris" vi-o mais tarde. Recordo-me que, para a época, foi surpreendente. Era considerado um filme muito forte.

Hoje,  não me lembrando de todo do filme.

 

 

Filme de,Bernardo Bertolucci  


seta3.gif (99 bytes) Sinopse
Enquanto procura um apartamento em Paris, uma bela jovem (Maria Schneider) conhece um americano (Marlon Brando), cuja esposa recentemente cometeu suicídio. Instantaneamente um deseja o outro ardentemente e iniciam naquele momento um tórrido affair. Eles combinam que não revelariam nada de suas vidas, nem mesmo seus nomes, sendo que o objetivo dos encontros seria basicamente sexo. Mas gradativamente os acontecimentos vão fugindo do controle de ambos.



 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A minha geração!

por Maria Araújo, em 08.12.08

Mais um programa que remeteu para o anos 80, época em que se notava  um grande crescimento a nível económico.

Nessa altura, andava eu na Universidade. Belos tempos em trabalhava, estudava, tomava conta da casa e dos irmãos mais novos.

Tinha tempo para tudo. À Quarta-feira de tarde, e sempre que podia, ia com a amigas da universidade para a discoteca mais em voga na altura, "Mordillo". 

 

Ao fim de semana, juntava-se a malta de Braga na discoteca. Boa música, muita convivência, risos, diversão, delírio total! Nesta época era maior a vontade de nos divertir e esquecer os estudos e as preocupações da semana, que de engates e namoricos.

Eram saudáveis esses tempos.

Hoje, mais uma vez, neste programa da RTP1, que eu faço questão de ver, passaram algumas das músicas que me fizeram voltar atrás no tempo.

Uma delas, foi muito marcante, porque me fazia lembrar os acontecimentos do final da II Grande Guerra Mundial, em 1945,e  porque o grupo que tocava, O.M.D, test

 

que faz 30 anos de carreira,  deu-lhe um ritmo hilariante que ainda hoje ecoa nos ouvidos e é tocada e cantada em todas as discotecas.

 

A minha geração!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 http://www.omd.uk.com/ 

 

  

OMD TOUR 2008

  

Enola Gay, you should have stayed at home yesterday
Ah-ha words can't describe the feeling and the way you lied

These games you play they're going to end in more than tears someday
Ah-ha Enola Gay it shouldn't ever have to end this way

It's eight fifteen and that's the time that it's always been
We got your message on the radio
Conditions normal and you're coming home

Enola Gay, is mother proud of little boy today
Ah-ha this kiss you give, it's never going to fade away

Enola Gay, it shouldn't ever have to end this way
Ah-ha Enola Gay, it shouldn't fade in our dreams away

It's eight fifteen and that's the time that it's always been
We got your message on the radio
Conditions normal and you're coming home

Enola Gay, is mother proud of little boy today
Ah-ha this kiss you give, it's never ever going to fade away
 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Finalmente!

por Maria Araújo, em 07.12.08

 

Parece, e espero bem que sim, que o novo hospital de Braga vai para a "frente".

Sempre que vou ao hospital de S. Marcos, deprime-me ver as condições em que todo o pessoal de serviço trabalha.

Para bem da população, de quem trabalha, e sobretudo dos doentes, que se faça o que os Bracarenses há tamto tempo esperam.

 

Aqui vai a notícia retirada do das notícias do Sapo.

"hospital universitário da cidade vai substituir o de São Marcos a funcionar num edifício com mais de 500 anos, pertencente à Santa Casa da Misericórdia.

 

 O novo centro hospitalar deve estar em funcionamento no ano de 2011, com 700 camas, mais 200 do que as actualmente existentes. O Governo diz ainda que vai ter mais especialidades.
Por isso, Ana Jorge adianta que muitos utentes vão deixar de ir ao Porto quando precisam de um tratamento mais específico.«Vai passar a ter mais valências do que existem, nomeadamente radioterapia e medicina nuclear, reumatologia, doenças infecciosas, portanto vai dar uma resposta mais global às patologias», afirma.  
A ministra da saúde diz que o Hospital Universitário de Braga vai também ter condições para reduzir o tempo de internamento em caso de cirurgia.
«Vai ter mais blocos operatórios, nomeadamente uma área maior para dedicar à cirurgia de ambulatório que é uma nova perspectiva de fazer mais cirurgias e em melhor condições», adianta Ana Jorge, salientando a aposta numa medicina mais humanizada.
O novo hospital de Braga vai servir um milhão de habitantes. Deverá começar a ser construído em 2009.  

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dêem-nos música!

por Maria Araújo, em 07.12.08

 

Como sou uma mulher romântica, e aceitando o desafio dos blogs do Sapo, escolhi uma canção  de uma cantora francesa, com uma voz fresca, que eu gostava de escutar, entre muitos outros de uma lista sem fim, quando era ainda uma adolescente, e me fazia lembrar a fantástica e inesquecível Edit Piaff.

 

 

Mireille Mathieu - L'amour oubli le temp

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fernando Pessoa

por Maria Araújo, em 01.12.08

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Natal, Natal...

por Maria Araújo, em 01.12.08

Já  está um ambiente lindo de Natal.  E o Norte do país coberto de neve! Gostaria de ver neve aqui na minha cidade, como há muitos anos aconteceu...era eu miúda.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

doces de Natal...

por Maria Araújo, em 01.12.08

...e em resposta ao post anterior, a ti carapaucarapau, aqui vai uma receita de doce de jerimú. Delicia-te!

 

 

Ingredientes:

o2 quilos e meio de jerimum em cubos

01 quilo de açúcar

cravos e pau de canela a gosto

01 coco ralado fresco ou substituir por coco ralado seco

 

Modo de preparar:


Coloque o jerimum, o açúcar, o cravo e a canela em uma panela de pressão. não precisa colocar água,tampe e leve ao fogo depois que começar a girar a válvula da panela cozinhe por 10 minutos em fogo baixo, depois tire a pressão e abra e coloque o coco e misture com uma colher de pau. Quando estiver aparecendo o fundo da panela é por que está na fase final, desligue e sirva frio.

 

(retirado de um blog)

 

 

 

 

 

 P8230005

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio/Resposta

por Maria Araújo, em 01.12.08
 Em resposta ao desafio lançado pela Brilhosinhos ao Tretoso_Mor, e deste para o cantinhodacasa, fiz questão de convidar alguns amigos do cantinho para o fazerem também.

 Óbvio que nem todos gostam destas coisas. Eu fi-lo porque tenho consideração pelo amigo da Treta, um bom humorista das tretas sérias da vida.

O meu amigo carapaucarapau respondeu-me por e-mail (ele é um amigo a sério), e por sua sugestão, uma vez que ele disse que podia postá-lo se quisesses, passo a transcrever os seus sonhos...

 

 

"Sonhos…
 
Que grande problema me arranjaste! Meter-me numa cadeia, coisa com que não simpatizo especialmente, a não ser com as de alta segurança, mas com o pormenor de eu estar do lado de fora.
E ainda por cima tenho de entrar algemado por oito sonhos.
Oito sonhos? E a minha dieta para onde vai? E os 2 ou 3 kg que tenho de perder? Isso faz-se? E os sonhos serão servidos em calda de açúcar, ainda por cima? E que vou eu fazer com as filhós, com as rabanadas, com as broinhas-castelar, com os mexidos, com o arroz doce, com a aletria?
E com os doces de ovos, o bolo-rei, (já agora o bolo-rainha), com a sopa dourada e com a sopa doce? E com o toucinho do céu, com o pão-de-ló e com as tortas?
E com o pudim abade de Priscos que te deve ser tão querido?
E com os bolinhos de Jerimú, com os borrachos, com o bolo podre, com as broas de mel, com as azevias e com as pinhoadas?
E mais não ponho na carta não vá isto parecer as Páginas Amarelas da doçaria…
Oito sonhos? E depois deito-me de barriguinha cheia, descanso a cabeça num travesseiro de Sintra, penso nos pasteis de Belém e nos fofos de Belas (só porque são os que estão mais perto) e acabo por adormecer e ter daqueles outros sonhos que mais não são que um “conjunto de ideias e imagens mais ou menos confusas e disparatadas, que se apresentam ao espírito durante o sono” (Dicionário dixit) e tudo começa a andar de roda e acaba num grande pesadelo?
“8 sonhos 8”, como nos cartazes das corridas de toiros? E depois terei de meter no curro “8 bloguistas 8” para serem lidados cada um deles também por novos “8 sonhos 8” que os vão fazer ter mais não sei quantos pesadelos?
E és tu minha amiga?
Dirás que a ideia (pecado original) não foi tua, mas terás também de pagar as favas (nem que seja só a do bolo-rei).
Depois acontece que os teus sonhos e os dos outros que estão metidos neste barulho, acabam mais por serem “utopias, ficções, fantasias, visões, aspirações”. Talvez até desejos. E nada disso faz mal a ninguém. Os entendidos até dizem que se deve sonhar…
Mas os meus não! Os meus levam muito açúcar, farinha, ovos, leite, etc. São fritos, cheios de gorduras polinsaturadas, seja lá isto o que seja, levam por cima mais açúcar ainda, canela para quem gostar.
Que fazer então? Nada. Quebrar a cadeia, não satisfazer o pedido de uma amiga. Já tivemos a nossa fantasia/ficção, por isso também me sinto desobrigado.
E agora a menos de um mês do Natal, “8 sonhos 8”?
Ficarei por aqui, mas só para não dizeres que sou um desmancha-prazeres, vou contar-te um segredo que mais não foi do que um sonho dos que gostarias que eu tivesse metido na minha lista de oito.

 Sonho que virou realidade, mas que durou pouco tempo, felizmente. Sonhei um dia ser pasteleiro. E fiz de tudo ou quase de tudo. Até

 sonhos…"

 

 

 

E para ti carapaucarapau ficam estes fofos....

 

 

Fofos de Belas

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR