Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

24.01.10

Só nós dois é que sabemos...

Maria Araújo

 

 

 

 

E há pouco sentei-me tranquilamente  a ver o "Conta-me como foi".

Cada episódio que passa faz-me lembrar a minha infância e adolescência.

Hoje ficou-me no ouvido o momento em que o António encontra a namorada do filho e pede-lhe que o deixe em paz.

Mas até aqui tudo bem. Naquele tempo um jovem namorar uma mulher mais velha era de todo impossível e feio.

A música é que me despertou lembranças, não só da minha mãe( nunca se esquece a mãe)que a cantava, mas por que detestava o Tony de Matos. A voz nunca me atraíu.

A canção dizia-me alguma coisa, mas jovem que eu era queria lá saber da letra? Mas cantava-a em tom de gozo.

Hoje escutei-a com atenção e, contrariamente àquilo que pensava, concluí que, de facto "esquece o que vai na rua ...o mundo não nos importa...o nosso mundo começa cá dentro da nossa porta".

Agora entendo a canção...

 

 

Só nós dois é que sabemos
Quanto nos queremos bem
Só nós dois é que sabemos
Só nós dois e mais ninguém
Só nós dois avaliamos
Este amor forte e profundo
Quando o amor acontece
Não pede licença ao mundo

Anda, abraça-me... beija-me
Encosta o teu peito ao meu
Esquece que vais na rua
Vem ser minha e eu serei teu
Que falem não nos interessa
O mundo não nos importa
O nosso mundo começa
Cá dentro da nossa porta

Só nós dois é compreendemos
O calor dos nossos beijos
Só nós dois é que sofremos
A tortura dos desejos
Vamos viver o presente
Tal qual a vida nos dá
O que reserva o futuro
Só deus sabe o que será


Anda, abraça-me... beija-me

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.