Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

desesperança

Ontem, no ginásio, enquanto fazia o aquecimento com uma caminhada no tapete, antes de ir para a aula de Antigravity, passava na SIC Notícias a insolvência da RICON.

Foi entrevistada uma das senhoras que fica, agora, no desemprego, que à pergunta do jornalista sobre se tinha esperança que a empresa voltasse a laborar,  respondeu que o salário sempre foi pago, não deviam nada aos trabalhadores, mas quando se  percebe que o trabalho começa a faltar, os burburinhos espalham-se  pela fábrica que as dívidas são muitas, que o empresário deu um passo maior que a perna, deixam de ter esperança.

Entretanto, no rodapé, lia-se que a empresa vai fechar e as cerca de 120 lojas do país fechariam, também.

Hoje, fui ao Braga Parque. 

A grande loja GANT fechou.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 02.02.2018 22:56

    Ó Rui, eu entendo o que se passou há uns anos, e sabes que a minha irmã é engenheira de produção têxtil e também já viveu alguns problemas semelhantes.
    Eu não critico nem desejo nada que estas empresas fechem, mas sabes que quando há dinheiro a entrar muitos administradores iludem-se, fazem vida faustosa e dá-se o que, de certa forma, também aconteceu.
    O que aqui escrevi foi o que ouvi e já tinha lido nas notícias, há algum tempo, que a empresa estava em maus lençóis.
    Há uns anos que a têxtil melhorou, e oxalá continue bem, até porque há quem prefira mão d' obra mais cara mas de boa qualidade e nisto o nosso país tem muitas vantagens.
    Quanto à Auto Europa, comentei algures o meu receio...
    Beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.