Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




desesperança

por Maria Araújo, em 01.02.18

Ontem, no ginásio, enquanto fazia o aquecimento com uma caminhada no tapete, antes de ir para a aula de Antigravity, passava na SIC Notícias a insolvência da RICON.

Foi entrevistada uma das senhoras que fica, agora, no desemprego, que à pergunta do jornalista sobre se tinha esperança que a empresa voltasse a laborar,  respondeu que o salário sempre foi pago, não deviam nada aos trabalhadores, mas quando se  percebe que o trabalho começa a faltar, os burburinhos espalham-se  pela fábrica que as dívidas são muitas, que o empresário deu um passo maior que a perna, deixam de ter esperança.

Entretanto, no rodapé, lia-se que a empresa vai fechar e as cerca de 120 lojas do país fechariam, também.

Hoje, fui ao Braga Parque. 

A grande loja GANT fechou.

 

Cantinho da Casa


16 comentários

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.02.2018 às 12:55

Tb já falei sobre isso.
Um grupo empresarial que descapitalizou a empresa em futebol (Trofense), carros (Porsche), jactos privados e isto é o que se sabe. Poderia ter aposta na capitalização da empresa e na conquista de mais clientes de modo a diversificar o perfil de cliente. Infelizmente não aprendeu nada com os erros de outros empresários do têxtil. Já diz o o ditado: não se deve ter os ovos debaixo da mesma galinha.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 04.02.2018 às 17:09

Eu li aqui nas notícias na internet e como se sabe, quando o dinheiro é de mais, perde-se a cabeça.
À a excepção, o grande empresário do Ikea, que faleceu na outra semana.
A herança não vai para a família.

http://www.flash.pt/atualidade/detalhe/fortuna-morte-do-criador-do-ikea-da-mais-de-5-mil-euros-a-cada-funcionario
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.02.2018 às 23:44

Há um ditado qualquer que diz do género. O avó constrói, o pai faz crescer, o neto destrói. Diz-se isto em relação às empresas familiares, em que os gestores é a dinastia da família e não pessoas habilitadas a tal.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 07.02.2018 às 13:57

Nem todas...
Imagem de perfil

De José da Xã a 02.02.2018 às 22:28

O nosso empreendedorismo tem muito disso: ganhar fama e dormir depois em cima dela.
Bom fds.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 04.02.2018 às 17:09

Gostei da tua expressão:
"ganhar fama e depois deitar-se e cima dela".
Quão certa ela é.
Sem imagem de perfil

De Rui a 02.02.2018 às 15:46

Neste assunto, estou muito à vontade para comentar, Maria !
A Gant é uma grande marca sueca de pronto a vestir.
Até cerca de 1990, quem executava as suas encomendas era (eu e) a empresa onde eu trabalhava como Director.
Nessa altura, a Gant propôs-nos abrir uma série de lojas, com eles, cá em Portugal, para além de lhes fornecermos as confecções para a Europa e USA.
Com a crise dos têxteis no Vale do Ave, a empresa começou a ter muitos problemas financeiros com a concorrência de leste e bacia do Pacífico ( M.O. muito barata) que obrigava a que as margens de lucro baixassem perigosamente, até atingirem praticamente o "breake even point".
Daí a encerrar foi rápido ! :(
Nessa altura, foi a Ricon que tomou o nosso lugar e que, aceitou essa proposta de abrir uma série de lojas ("a meias") com a Gant, além de lhes fornecerem as encomendas !
Manteve-se estes anos todos, para minha admiração, mas é fatal que a indústria têxtil e confecções não terá mais possibilidades de se manter por cá ! A concorrência de M.O. é enorme !!!
... Muito mais haveria a dizer sobre isto e sobre a "Auto Europa",... :((

... Mas já agora deixa--me dizer que o facto da empresa ter fechado (em bendita hora) me "salvou a vida" !!!
Eu sentia-me muito mal (fisicamente) e pensava que isso era devido "à crise" e ao ter que despedir 400 pessoas (aos poucos) mediante acordos ajustados. :(
Logo que tive tempo fui ao médico e foi-me diagnosticado um cancro do cólon . :(
Fui operado logo de seguida e isso contribuiu para que hoje (25 anos depois) ainda esteja aqui. Se a empresa se tivesse "aguentado" mais uns meses, seria eu a já não ter possibilidade de sobreviver !
Resumindo, "há males que vêm por bem" !!!

Beijinhos, vivinhos da Silva ! :))
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.02.2018 às 22:56

Ó Rui, eu entendo o que se passou há uns anos, e sabes que a minha irmã é engenheira de produção têxtil e também já viveu alguns problemas semelhantes.
Eu não critico nem desejo nada que estas empresas fechem, mas sabes que quando há dinheiro a entrar muitos administradores iludem-se, fazem vida faustosa e dá-se o que, de certa forma, também aconteceu.
O que aqui escrevi foi o que ouvi e já tinha lido nas notícias, há algum tempo, que a empresa estava em maus lençóis.
Há uns anos que a têxtil melhorou, e oxalá continue bem, até porque há quem prefira mão d' obra mais cara mas de boa qualidade e nisto o nosso país tem muitas vantagens.
Quanto à Auto Europa, comentei algures o meu receio...
Beijinho
Perfil Facebook

De Manuela Rosa Marques a 02.02.2018 às 13:17

Também vi a reportagem e fiquei com dó de toda aquela gente que de uma hora para hora para a outra ficam no desemprego.
Triste, muito triste!

Beijinhos Maria
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.02.2018 às 13:43

Esta empresa a Triumph, e se não se controla a questão Auto Europa, e não sou pessimista, ainda ficamos sem esta.
Bom fim de semana.
Sem imagem de perfil

De elvira carvalho a 02.02.2018 às 09:52

É sempre um choque para o cliente e o desespero para os operários.
Abraço
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.02.2018 às 13:44

Sobretudo para quem trabalha e vê-se, de repente, sem o emprego.
É triste.
Bom fim de semana.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2018 às 02:54

Não são propriamente boas notícias...
Bfds
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.02.2018 às 13:44

Bom fim de semana, Pedro.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 01.02.2018 às 23:46

Como comentei n'O último fecha a porta', muitas vezes o que acontece com estas grandes empresas, é que fecham aqui para abrir ali!
Eles nunca ficam a perder, quem perde é o funcionário que se vê assim sem o seu sustento!
Beijinho.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.02.2018 às 13:46

Neste caso, não me parece.
Mas acredito que o dinheiro ande por fora e quem fecha fica bem.
É lamentável ser sempre o mais pequeno que fica sem nada.
Bom fim de semana.

Comentar post



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR