Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Ter | 18.04.17

o arroz

Em janeiro de 2016 fui jantar a Ponte de Lima, o tradicional arroz de sarrabulho.

Soube que o dono do restaurante costumava  cortar o presunto de uma forma perigosa e que várias vezes fora alertado para esse seu jeito inadequado, e que ele respondia que sabia o que fazia, sempre cortara o presunto à sua maneira.

Uns meses depois deste jantar, foi-me comunicado que o senhor morrera. A cortar presunto.

A faca deslizou e matou-o (não sei os pormenores, apenas sei isto).

Desde então o restaurante nunca mais abriu, era ele o único proprietário, ninguém tomou conta do negócio.

Hoje, vamos a Ponte de Lima.  Vamos almoçar arroz de sarrabulho.

Os meus amigos almoçavam com frequência no restaurante Cunha

Vamos recordar o senhor Cunha.

19206632_htRDV.jpeg

(a minha foto à mesa do restaurante do senhor Cunha)

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 18.04.2017

    Eu não quis saber pormenores de tão arrepiada que fiquei quando soube.
    Um homem experiente que confiou demais na sua sabedoria, ou antes, teimosia.
    Hoje fui almoçar, mas a cozinha do senhor Cunha era muito melhor.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.