Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

26.08.09

Ele, o Destruction, e elas, a Kim, e a Google

Maria Araújo

O gato continua sedento de mimos.

Ontem e hoje, encostava-se às minhas pernas para que eu lhe fizesse umas carícias. Erguia para mim  o "rostinho" de felino e miava. Eu falava com ele. Passava-.lhe os meus dedos suavemente pelo pêlo. Ele, olhava-me, talvez a pedir -me que pegasse nele.

Mas eu não posso.

Por várias vezes tentou saltar para o meu colo. Não sei porquê, mas devia perceber que eu não queria.

Só ia comer quando eu ia para a cozinha. Ele passava por mim no hall com uma velocidade que me assustava. E miava. Parava junto ao prato e comia.

Hoje estive pouco tempo lá. Tive que resolver uns assuntos e depois ia a casa das minhas sobrinhas dar de comer às cadelinhas.

Antes de sair, batia no parapeito da janela da cozinha para que o gato se sentasse junto à janela, como na foto do post "O gato da minha sobrinha".

Amanhã, logo de manhã, vai ter uma surpresa. Os donos  saem de Barcelona de madrugada e chegam a Braga por volta das 9 h.

A essa hora estou eu a descansar, mas já imagino ele escutar a voz  dos meus sobrinhos e ficar louco de felicidade.

É muito meigo, o Destruction.

 

Por volta das 19:30 h, fui a casa da Kim e da Google. Elas têm o hábito de vir para a varanda do quarto da minha sobrinha mais velha, porque ouvem o som dos carros, e vêem quem chega.

Mal estacionei o carro, mesmo em frente à entrada da casa, já ouvia o latido delas completamente loucas.

Eu saio do carro, e digo,  "olá Kims".

Aproximo-me da porta e escuto elas desvairadas a descerem as escadas, encostando-se à porta, que abro devagar para que não me fujam.

Consegui entrar. Saltavam doidas de alegria.

Levei a máquina fotográfica para lhes tirar uma foto e pôr aqui no blog, mas foi difícil.

Acalmaram e foram para a sala.

Adoram paté.  Fui prepará-lo nos pratos.

As doidas sentiram o cheiro, vieram a correr loucas para a cozinha.

Misturei o paté com a comida que tinham no prato, que ficou lá, depois  de se lambuzarem.

Sossegaram as duas cadelinhas.

A Google desaparecera. Fui ao andar superior, onde ficam os quartos. Estava estendida na cama da minha sobrinha.

Peguei no telemóvel e liguei a saber se devia tirá-la de lá.

Mas ela podia ficar. Tinha uma cobertura própria para elas. E no 2º andar, estava um televisor ligado para as distrair que  continuará ligado até virem as donas.

Amanhã continua a minha saga com as cadelitas Kim e Google, porque a do Destruction acabou hoje.

Espero que as fotos mostrem bem estas duas maluquinhas que, quando saem à rua é preciso ter força para as segurar.

Mas eu gosto delas.

 

kims 006 por você.

 

 

Foram tosquiadas a semana passada. A escura é a Google mãe da Kim, a de  de pêlo castanho.

 

2 comentários

Comentar post