Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ontem, hoje e o futuro

por Maria Araújo, em 09.08.09

Hoje foram as cerimónias fúnebres de Raul Solnado. Teve uma vida simples. Casou, teve filhos, netos, divorciou-se, foi um boémio.
Cumpriu a sua tarefa nesta passagem da vida.

Dói muito quando se perde um familiar.

Fica-se petrificado quando se sabe de uma notícia destas.

 

 E todos aqueles que,  subitamente,  o coração pára ?

 

Há uns anos atrás, vitíma de ataque cardíaco, ali dentro da grande área, ficou Féher, jogador do Benfica, 2004.

             

 

 

 

Paulo Pinto. jogador de basquetebol, 2002

 

 

 

Hugo Cunha, jogador de futebol, do União de Leiria, 2005

 

 

 

Ver imagem em tamanho real

 

Hoje no quarto de hotel quando falava ao telefone com a namorada, com casamento marcado, ficou Jarque, o jogador de futebol do Espanyol.

 

 

 

E muitos outros ficaram sem sabermos os seus nomes, jovens com uma vida normal, serena.

 

O que se passa?

Qual o sentido disto?

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Artemisa a 20.08.2009 às 23:09

O sentido... Não sou ninguém para o dizer, mas talvez seja o modo de nos fazer "aproveitar" tudo e todos, porque não sabemos se amanhã eu, ele, ela, eles, cá estaremos... Talvez seja o modo do Universo nos mostrar a necessidade do Carpe Diem...

Ou talvez não seja nada disto. Não sei.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 21.08.2009 às 12:14

Nem eu sei. O que sei é que é garantido que vamos todos.
Carpem diem, sim.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De comecardenovopt.blogspot.com a 10.08.2009 às 23:39

Boas perguntas!!!! As respostas..., ninguém consegue dar...; somos seres vivos...; nascemos, crescemos e morremos; é triste, mas é a realidade. São duras demais perdas deste tipo. Acho a perda de filhos a pior de todas, pois é « contra natura » ; isto é, não segue o curso normal das coisas, que seria 1º os mais velhos e depois os mais novos; eu ainda não sei o tamanho de tal dor...; ainda tenho os meus pais , perdi avós, mas não tinha convivência quase nenhuma e por isso a dor não foi tão grande.O Raul Solnado deixou-me pena. Quando era adolescente ficava com as amigas a ver o Natal dos hospitais só por causa dele. O coração nem sempre avisa e, de repente, deixa de bater e lá se vai uma vida. Estava a ver o jogo quando aconteceu esta parada do Feher. Foi uma imagem que nunca me saíu da cabeça.Podemos continuar à espera, mas nunca teremos as respostas às perguntas que faz. Um beijinho e até breve

Emília
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.08.2009 às 18:55

"A vida é para ser vivida enquanto ele bate: tum, tum, tum...
E só enquanto bate é possivel escrever blogs e comentá-los."

Como escreveu o meu amiga caapau, nesta frase, enqunto bate temos de viver.
É uma dor grande.
Eu perdi vários familiares a ultima há um anom(minha irmã mais velha).
Mesmo doente e sabendo que vai, custa a aceitar.
Mas custa muito este jovens e não só, óbvio.
Beijinho
Imagem de perfil

De Carapaucarapau a 10.08.2009 às 22:17

É dificil comentar um post destes "et pour cause".
A história da humanidade é uma sucessão de corações parados.
E segundo "parece" não vai haver excepções...
A vida é para ser vivida enquanto ele bate: tum, tum, tum...
E só enquanto bate é possivel escrever blogs e comentá-los.
Bjo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 10.08.2009 às 22:28

"A vida é para ser vivida enquanto ele bate: tum, tum, tum...
E só enquanto bate é possivel escrever blogs e comentá-los."

Nem sabes o quanto me sensibilizaste com esta duas expressões.
Nem sabes o qunto me pergunto a mim mesma se amanhã estarei cá.
E o tempo passa, passa, passa...
Beijinho


Comentar post



foto do autor


o meu instagram


2º desafio de leitura

desafio


Desafio - Foto da Semana


10 anos



Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D