Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A lousa e o Farrusco

por Maria Araújo, em 14.07.09

Quero agradecer à jovem  Ana Sofia,  ter deixado aqui uma pequena referência à história do seu Farrusco, ao carapaucarapau, meu amigo de escrita e de  blog, à Emíla, a vovó babada, e ao visitante do blog santa_nostalgia, pelos comentários que deixaram registados sobre a  «lousa», que alguns viram no post e outros não, porque foi retirada.

E tudo começou numa loja de solas, aqui em Braga,e na  história do Farrusco contada na imagem da lousa do blog santa_nostalgia, blog muito interessante. Recomendo a visita.

Agradeço especial atenção a este senhor por me ter lembrado a marca dos lápis Viarco Não fazia a menor idéia que esta empresa ainda existe...aqui no Norte , bem perto da minha cidade.

Sinto um grande orgulho em partilhar as minhas lembranças e as «coisinha» do dia-a-dia com pessoas que escrevem muito bem e que faço questão de as ter no meu cantinho.

Visito-as sempre que posso. Nem sempre tenho tempo, e às vezes, disposição para comentar.Mas não deixo de vos espreitar.

Obrigado a todos.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De comecardenovopt.blogspot.com a 15.07.2009 às 08:40

Olá amiga. Eu é que tenho de agradecer esta oportunidade de recordar estes objectos usados na nossa criancice. Foi muito bom. Parece que estou a ver a minha imagem a caminho da escola com a saca de pano ao ombro, contendo a lousa e a sebenta, além da safa e do lápis de pedra que, ao menor descuido partia. um saquinha de pano pequenina continha um « trigo » com marmelada para a merenda. Era pouco material, o peso não provocava problemas de coluna, mas ero o suficiente para aprendermos e muito bem. O medo da reguada nas mãos fazia toda a diferênça. Um beijinhos e muito obrigada.
Emília Pinto
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 15.07.2009 às 17:04

É verdade tudo isso, porque também vivi as mesmas coisas.
Os nossos pais não nos davam dinheiro para os bolos.
Raramente os comia no bar da escola, isto já no ciclo.
Depois, quando já tinha algum dinheiro, comia o bolo de arroz, e de vez em quando um de creme.
Não sei se é por isto que, hoje, apesar de gostar de bolos, não lhes dou a importância que dava. E na nossa infância os bolos eram bem melhores que os de hoje.
Quanto às reguadas, levava-as mesmo sem saber porquê.
Beijinho

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR