Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



é indescritível

por Maria Araújo, em 03.11.17

o que sentimos quando vemos os nossos filhos crescidos, formados , agora pais e mães.

E porque amanhã é o aniversário da minha sobrinha, que foi mãe há três semanas, vamos para a capital conhecer o nosso sobrinho neto.

IMG_20171103_144751.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os sobrinhos netos

por Maria Araújo, em 24.04.17

Onze sobrinhos. Oito com idades para serem pais e mães.

Mas só elas estão a aumentar a família.

A mais velha deu-nos dois rapazes ( os cariocas).

A quinta sobrinha deu-nos uma menina, está à espera do segundo filho, um menino ( luso-irlandeses).

A terceira sobrinha está grávida. Lá para outubro virá mais um: menino? menina? 

Não sabemos, ainda.

Mas vai nascer em Lisboa.

E de repente, em cinco anos nascem quatro sobrinhos netos.

E eu que pensava que elas não queriam ter filhos!

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os diplomas de mérito e excelência

por Maria Araújo, em 04.04.17

c1600a61388bfbec7126a53251a20072.jpg

 

 

que a Sofia recebe desde o 5º ano de escolaridade.

Hoje, vai receber o do 12º ano.

Não se candidatou no ano passado, tem dedicado o tempo a si, aos gatos da ABRA, e a dar explicações de Matemática a dois amigos, a estudar código ( e dizia eu que não dava a carta aos 18 anos a um filho meu!).

Um ano passa depressa demais. Já tratou do que precisa para se candidatar este ano.

Entretanto, em Maio, vai  com a mãe ao Rio de Janeiro visitar os primos.

E neste post, também falei nela e nos outros sobrinhos ( continuo a ter orgulho neles).

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o jantar

por Maria Araújo, em 03.07.16

de família de quarta-feira passada, dizem eles, os meus sobrinhos e irmãos, foi muito giro e divertido.

Não cabíamos as dezassete pessoas na grande mesa ( como esta não arranjo outra, só se for de encomenda, mas tenho de comprar uma desmontável, para ajudar nestes encontros, até porque no Natal faz falta e a da cozinha não passa pela porta), mas com aperto aqui e acolá, sentámo-nos todos em grande confraternização. Foi pena que cinco elementos não pudessem estar presentes, uns vivem na capital tinham de trabalhar,  outros estavam fora do país.

Os sobrinhos netos foram os reis da festa, os primos tomaram conta deles, os adultos conversavam, brincavam com as crianças, ora na cozinha, ora no closet, o inevitável ruído que poderia incomodar os vizinhos, e que só acontece uma vez por ano, no Natal, mas que sei que entendem porque onde há muita família, há alegria, felizmente, e esta é por breves horas.

A comida estava boa , o vinho era excelente ( a sobrinha mais velha sabe escollher) foi um jantar muito agradável e as crianças portaram-se bem.

Se pudessem, as crianças jogavam futebol dentro de casa, mas como não permiti, o entretenimento era encestarem para o armário do calçado, até ela , a bola, saltar para o armário da roupa, demasiado alto para conseguirem tirá-la do topo.

Ele era a vassoura, ele era o Nuno, que joga basquete, que tentava saltar e apanhá-la, até que depois de várias tentativas, lembrei-me que tenho o escadote. 

DSC01170 (2)-tile.jpg

 

Risos muitos, os sobrinhos netos dançavam ao som da rádio, o mais velho, carioca, deu o seu pé de capoeira, os tios, primos e tios avós acompanhavam as brincadeiras, enquantos os pais das crianças punham a conversa em dia, pois não se viam há alguns anos.

As crianças aguentaram até às 23:30h, o dia seguinte era de trabalho para a maioria, alguns tinham de fazer a viagem para o Porto, acabou cedo, mas todos gratos pelas horas que passamos juntos, até que alguém se lembrou da fotografia de família.

Foi complicado, porque só a minha máquina funcionava, mas não ficou como queria.

O meu sobrinho Irlandês estava muito feliz, deu-me um abraço e agradeceu-me este pequeno momento, a despedida da sobrinha neta e dos pais que só  podem vir a Portugal uma vez por ano, em finais de junho.

E foi então que, quando enviei as fotografias por mail, comuniquei: no final deste ano, que pode ser no Natal, quando estivermos juntos, vamos programar pelo menos uma semana de férias em junho, para quem trabalha, alugamos um espaço com jardim e piscina, contratamos um DJ, ou pomos nós a música, vamos juntar a família toda e fazer a festa dos casados e não casados.

Com onze sobrinhos entre os 40 e os 12 anos, as respectivas companheiras e companheiros, faz-se uma festa de arromba.

Que haja saúde, entretanto, porque sonhos todos temos e vivemos deles, e este é um dos que gostaria de realizar.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

esta chuva

por Maria Araújo, em 06.01.16

que não nos larga, que impede os meus sobrinhos netos de saírem de casa para um passeio, começam a ficar com saudades da casa do Rio, onde o calor é muito, não dormem horas suficientes, fazem algumas birras para comer e a mãe, que adora vir a Portugal, já está cansada deste tempo, também.

A continuar a chover, acho que não vai aguentar e o regresso a casa vai, certamente, ser antecipado.

 

Sem Título.png

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

depois do Natal

por Maria Araújo, em 28.12.15

e as fotos mais fofas estão na máquina da sobrinha, mamã, o Natal correu muito bem.

Este ano não tivemos de pôr a mesa extra para acrescentar à grande mesa da sala, éramos onze na noite de Ceia e sete no dia de Natal, uma vez que alguns elementos da família foram aos sogros.

Mas foi uma noite espetacular com o António Pedro, o  meu sobrinho neto carioca, a abrir as inúmeras prendas (já vos disse que não digo presentes, certo?) que recebeu da numerosa família que tenho.  Ele ficou tão excitado com a "vinda das renas" que, quando entrou na sala não sabia por onde começar.

Na verdade, eles, (o bebé Francisco dormia, não abriu as suas) tiveram prendas dos pais, dos tios avós, dos primos dos pais. Prendas muito práticas e educativas. A que ele não deu grande importância foi à bicicleta ( que vai para o Brasil) com todos os acessórios indispensáveis para andar seguro. As que mais gostou foram: um livro educativo em que as páginas constam de países com rotas e a criança pode percorrê-los com o avião, incluído no livro; uma t-shirt do homem aranha, que ele é fã.

O almoço de Natal foi super agradável, bom vinho, boa comida (este ano fui eu a cozinheira), boa conversa.

Jogos, cartas, vinho a acompanhar, todos bem dispostos. O  Nuno, o mais novo dos 11 sobrinhos, entrava nos jogos dos primos adultos (quem diria, tímido que era em criança, não se podia dizer um olá, escondia-se atras da mãe) era a voz que se destacava, nos protestos, na brincadeira, nos risos.

Foi um Natal tranquilo, como seria de esperar, pois a família é divertida e bem disposta.

Incluindo as fotografias do aniversário do Francisco, há uma semana, e começando pela primeira fotografia com o único encontro de Natal em que foi possível reunir os onze sobrinhos, penso que em 2008, ficam os momentos vividos em família deste Natal de 2015.

cats.jpg

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

eles vêm e voltam

por Maria Araújo, em 07.08.15

acabei de dizer um "até logo" à minha sobrinha (que detesta despedidas)  ao marido e aos meus sobrinhos netos,  que estão de regresso ao Rio de Janeiro.

agora, só no Natal.

tantas saudades dos meninos.

DSC08230.JPG

 

ant.png

(na festa de aniversário do António)

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

As "minhas" crianças

por Maria Araújo, em 01.06.15

quando eram crianças.

Sem Título.png

 

e os filhos de duas sobrinhas, os meus sobrinhos netos.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os meus sobrinhos netos e os seus pais, são os mais lindos do mundo.

Há um mês, conheci a  minha sobrinha neta, Anna, uma linda menina de sete meses, que vive na Irlanda. Tenho fotos com ela mas não tenho autorização dos pais para as publicar.

Quanto às fotos abaixo, publico porque são de perfil e sei que a minha sobrinha não vai contra. 

No São João vou conhecer o bebé Francisco e abraçar esta linda família.

Do Rio de Janeiro para mim...

A81ZUnQq57uR4Br0TL-HbKor6gi2hE8_j_AUixVxfkA,H0DOwI

(minha sobrinha e afilhada e o filho António Pedro)

RyD-JRYEXT_VslAkPz9VgxYyQ1fqXgadXeScLEUxbCA,U0CDtY

 ( o Francisco, cinco meses, no colo do pai)

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Crianças inteligentes

por Maria Araújo, em 03.04.15

 

Com três sobrinhos netos que nasceram fora do nosso país, o António Pedro, a fazer 3 anos em julho e o Francisco, com  3 meses, no Rio de Janeiro, a Anna Sofia, com 6 meses, na Irlanda, conheço pessoalmente o António Pedro, o Francisco, pelo skype e a Anna Sofia, por fotografia.

O António está no colégio, fala a língua portuguesa do Brasil, mas em casa os pais fazem questão de falar com ele a língua portuguesa, de Portugal.

Foi-me contado que, um dias destes, o António ia com a mãe no carro, vira-se para ela e diz:

- Mamãe, hoje vou com papai ao escritório buscar chocolati.

A mãe, que conduzia, vira-se para ele e diz:

- Antóónio!

E o miúdo repete:

- Mamã, hoje vou com o papá ao escritório buscar chocolate.

(a dificuldade do miúdo está em dizer a palavra chocolate... e disse-a muito bem).

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


instagram@mariaaraujo


desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

Outro cantinho





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D