Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



se há dias

por Maria Araújo, em 16.02.18

que fico dentro de casa a ler o meus livros, a ler e comentar os meus blogs de eleição, outros há que saio de casa e vou fazer o que mais gosto.

Hoje de manhã, fiz as aulas de body balance e antigravity ( adoro esta, como já sabem), mais logo vou fazer uma de Pilates, venho para casa jantar e vou ver o espectáculo de Sara Tavares.

E porquê três aulas hoje, Maria? -  perguntais vós.

É que amanhã vou a Ponte de Lima encher o bandulho

Quem tem amigos não morre de fome, carago.

 

1492633420086.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

ninguém dá ponto sem nó

por Maria Araújo, em 09.02.18

Quando mudei de ginásio, fiz uma avaliação física e mais tarde uma consulta de nutrição cujo resutado vai no sentido de os sócios terem uma orientação nutricional com consultas mensais, pagas à parte.

Não estava nos meus planos pagar mais do que a mensalidade, informei o nutricionista que não estava interessada.

Passados mais de dois anos, recebo uma chamada de uma nutricionista a informar-me que estava na hora de fazer uma avaliação, a que tinha direito.

Aceitei, ao mesmo tempo que comentava para os meus botões " Vem aí coisa. Mais dinheiro? Não! Já basta a mensalidade que pago".

Hora marcada, uma jovem simpática,dá-me um beijinho,fomos para o gabinete.

Faz-se uma ficha, perguntas disto e daquilo, vou para a balança digital, para medir o peso ( que continua baixo) , a altura, o indíce de massa corporal, etc.

Quando ela analisa o IMC, 18,5, sugere-me que tenha uma orientação mensal para recuperar o peso perdido.

Ri-me cá por dentro e comentei para o meu decote: "Pronto, já está! Esta gente não dá ponto sem nó".

E lá vêm as condições:  mês, pack e... Não deixei acabar.

Educadamente disse que não estava interessada em gastar mais dinheiro do que aquilo que pago mensalmente (ginásio, mais aulas particulares de pequeno grupo, pagas à parte).

Então, ficou acordado uma avaliação trimestral, sem pagar nada visto que fica incluído na mensalidade.

Deu-me algumas orientações para  a alimentação a fazer, aumentar o número de refeições que são necessárias à recuperação de peso.

Ora bem, se uma pessoa é obesa, precisa de orientação nutricional, se é magra precisa de orientação, se tem peso normal, arranjam sempre um senão para fazerem dinheiro.

E são estas e outras novidades, que por várias vezes cedi e comprei, as boas estratégias de marketing.

 

Sem Título.png

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

estás no tapete

por Maria Araújo, em 19.01.18

no ginásio, queres fazer o aquecimento antes de ires para uma aula de grupo quando, de repente,  vês o homem que está do outro lado, em frente a ti, também no tapete, a escabichar os dentes.

Depois, com os dedos húmidos da saliva, passa-os na máquina.

Volta ao mesmo.Abre a bocarra, enfia os dedos nos dentes, escabicha, escabicha. Tira-os da boca e lambe-os.

Felizmente, chegou a hora da minha aula. Já estava a ficar enojada com a cena.

Bolas! Parava a máquina e ia escabichá-los para a casa de banho, ali perto,  junto ao bar.

 

dental-care-2516133_960_720.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

fiquei desolada

por Maria Araújo, em 27.09.17

No dia 8 de Outubro, vai haver um passeio aos Passadiços do Paiva, organizado pelos ginásios HP do Norte.

Adoraria conhecer estes caminhos que tão bem ouço falar.

Mas tenho o Encontro de Bloggers em Lisboa, muito impostante e que não posso deixar de ir.

Por que haviam de marcar para este dia? Por que não no sábado?

Fiquei desolada.

 

Sem Título.png

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

na recepção

por Maria Araújo, em 20.09.17

Passei o cartão do parque de estacionamento do ginásio para que a barra levantasse e eu pudesse passar.

O aparelho lia os dados do cartão, devolveu-mo mas a barra não levantou.

Quando isto acontece, tocamos uma campainha que tem no aparelho, alguém na recepção acciona um botão e a barra levanta.

Cheguei à recepção entreguei o cartão para ler no computador e diz o simpático e malandro funcionário:

- Qual é a sua password?

Fiquei parva a olhar para ele e perguntei:

- Passord?! Mas eu não tenho...

Responde de imediato:

- Sim, a pass " sou bonita e deslumbrante".

Desatei a rir e comentei:

- Que treta.

Tem sempre uma palavra a dizer.  Já o conheço bem, mas caio sempre nas brincadeiras dele.

Mas deixa qualquer pessoa bem disposta.

 

elogio.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o que caminho

por Maria Araújo, em 18.09.17

De manhã fui ao ginásio de carro.

Tinha uma aula à tarde às 17h30, decidi ir a pé.

Levei a minha mochila de viagem com a roupa necessária.

Faço este percurso nas minha caminhadas, lembrei-me de ver qual seria o mais longo.

Presumi ser o da Rua 31 de Janeiro ( 2,5km), que raramente faço.

Engano meu.

Pela Avenida Roberth Smith ( 2,7km), a que faço sempre, o caminho é mais longo.

Então, fui pela rua 31 de Janeiro, levou-me cerca de  40 minutos ( entrei no Continente para levantar dinheiro, há a subida íngreme de uma rua que dá acesso ao ginásio, + 5 minutos).

O regresso, por Lamaçães, levou-me cerca de 35 minutos.

Lembrei-me de ver que distância costumo caminhar. Tinha a certeza que andaria pelos 6km ( ida e vinda).

E hoje o dia foi de queimar muitas calorias.

 

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

média final, 20

por Maria Araújo, em 19.07.17

Há uma jovem estudante do 12º ano que vai ao ginásio e faz as aulas de antigravity à 4ª feira.

Um grupo com idade entre os 17 e talvez os 65 ( não sei as idades dos mais velhos), esta miúda falava pouco, ria-se de quando em vez, tem uma particular destreza com  o hammock.

Quando a conheci, nas suas primeiras aulas, e enquanto a professora tirava os hammocks e media estes de acordo com a altura da pessoa que está à sua frente ( hammock) , estava já o dela pronto a usar, eu achava que exagerava nas brincadeiras/ piruetas que fazia com o tecido e que poderiam resultar em alguma queda, logo uma responsabilidade para a professora.

O tempo foi passando, sempre e a cada início da aula, a miúda fazia as acrobacias. Por vezes, elogiava-a, mas sempre com receio de alguma queda, pensava para mim que ela não devia fazê-las sem que a professora dissesse alguma coisa, até que soube que faz parte de um grupo de ginastas de Braga ( que eu não sabia haver) daí a sua flexibilidade e à vontade com o hammock.

À medida que o tempo passava, falavamos com ela, por vezes, num exercício mais difícil para os mais velhos, eu ou outra colega dizíamos,  em tom de brincadeira, que não éramos a M,  esta foi perdendo um pouquinho da sua timidez, soubemos que, além de uma boa ginasta, é uma excelente aluna.

Um dia perguntei-lhe qual a área de esudo (Ciências e Tecnologia) e a partir de então, a M falava mais.

Entre Maio e Junho a M faltou às aulas de 4ª feira, estava a preparar-se para os exames.

A semana passada, soube que tivera 20 a todas as disciplinas de 12º ano.

Fiquei admirada e muito contente. Não é comum os alunos terem 20 a todas as diciplinas (a má da fita é Educação Física).

Depois dos exames a M voltou ao ginásio, às 4ªs feiras. Lá estava a elegante malabarista a dominar o hammock. 

Hoje, vi-a sentada no chão no corredor que dá acesso ao estúdio, aproximei-me, perguntei-lhe como foram os resultados dos exames.

Uma das colegas, reformada, que estava a seu lado disse-me logo: " A M teve 20  nos exames, ficou com média de 20."

Parabenizei-a pela notas, e também por ser das poucas alunas no país que têm média de 20 ( nem sei se há mais alunos com esta média).

Se eu acho que a Sofia, com média de 19, entra onde quiser e no curso que quiser, que dizer desta jovem? Não tem de se preocupar com nada. 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

e ela continua

por Maria Araújo, em 30.06.17

quarta-feira, 10h15, hora que cheguei ao ginásio porque não despertei,  parque bastante cheio, perto da entrada da acesso ao elevador, no mesmo lugar, na mesma posição, lá estava ele:

 

20477347_ZzH1k.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

adormeci

por Maria Araújo, em 21.04.17

Gosto de ir ao ginásio de manhã.

À excepção da terça-feira e domingo, todos os dias faço em média duas aulas.

Ontem à tarde, fiz uma aula de Pilates com bolas e fitas. São 45 minutos intensos mas saímos da aula bem dispostos.

Só que hoje custou  levantar-me.

As aulas estavam marcadas, tinha de chegar 10 minutos antes da primeira aula e já estava um pouco atrasada.

Tinha marcado a última massagem deste tratamento para depois da aula de Antigravity.

Sentia-me rota, a massagem viria mesmo a calhar.

A massoterapeuta fazia o seu trabalho com a eficiência que lhe era devida.

Eu estava bem demais.

Estava deitada de  barriga para baixo, quase adormeci.

Despertei quando ela me pediu para virar-me.

A não ser a música ambiente, o silêncio era de mais. Voltei à sonolência enquanto ela massajava a barriga e as pernas.

Se fosse o J, eu não caía neste torpor. De vez em quando, o J quebrava-o com alguma conversa.

8271.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 31.03.17

6976ea64f2e7d11be2c6a9b4ea2e6a23.jpg

 

Estava a vestir-me no balneário do ginásio, quando os meus pensamentos são interrompidos por uma senhora que me perguntou quantas aulas faço por dia, que me vira na aula de Body Balance e ao passar no corredor, na de AntiGravity.

Comentou que lhe fazia confusão estarmos muito tempo de cabeça para baixo.

Respondi-lhe que é uma aula que só traz benefícios ao corpo e à mente, que a minha mudança de ginásio fora  porque,  numa aula experimental, gostara da experiência. E há um ano que não faço fisioterapia de tão bem que me sinto com esta modalidade.

Há pessoas que não conseguem fazer os exercícios, que têm medo, que não se desafiam, mas só experimentando ela pode dizer se gosta. Que há dias que tenho menos equilíbrio, sinto-o nas aulas de Pilates, faço o que posso.

d3d99f3b0ffee74f5251e2dedc41a9da.jpg

 ( numa aula, em 2015)

 

Eu adoro. Desafio-me. Arrisco o que posso.

E não falto às aulas.

Para o ano, quem sabe inscrevo-me nas aulas (pagas)  de pequeno grupo, com exercícios mais desafiantes, como este:

 

a60b592507e04f4c36e59fd2f7b0f14d.jpg

(imagem da internet)

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


instagram@mariaaraujo



Desafio - Foto da Semana


2º desafio de leitura

desafio



desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg


Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D