Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



cada um(a) faz como quer

por Maria Araújo, em 10.02.18

Ontem, levei duas picadas na nádega esquerda, a enfermeira mandou-me deitar na cama.

Achei estranho a enfermeira não misturar os dois líquidos a injecção seria uma só.. 

Hoje, fui levar a segunda dose. A enfermeira era outra.

Perguntou-me se queria deitada ou de pé. 

Era-me indiferente, levei de pé.

Bolas! Além da dor do impacte da agulha na nádega, levou mais tempo a injectar o líquido, o que me fez que pensar teria misturado os líquidos, a agulha mais grossa, claro, e doer mais.

No final, diz:" Está pronta".

Não comentei com ela que no dia anterior fora picada duas vezes. 

E, sinceramente, prefiro duas picadas. Dói-me menos e não fico com a nádega dorida, como está a direita, da injecção de hoje.

 

Imagem relacionada

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

a dor de diamante

por Maria Araújo, em 24.08.17

40154801-Aerial-Yoga-Anti-gravity-Yoga-Aero-Yoga-I

 

Tenho uma dor na parte de dentro do joelho, entre a perna e a coxa, custa-me a andar. Mas já andei a pé qb. Se estou sentada com a perna em descanso, quando me levanto é pior.

Então, revi o meu dia de ontem.

Lembrei-me que na aula de anti gravity, quando tentei  movimentar a perna esquerda  para trás do hammock ( a direita já lá estava), para ficar em posição de diamante, não consegui, pelo que tive de pedir ao professor que me ajudasse.

Suponho que esta dor tem a ver com alguma pequena ruptura muscular que fiz durante o exercício.

Acabei de tomar um anti-inflamatório e coloquei um pouco de gelo.

Espero que resultem.

Tenho um jantar com os meus amigos e amigas de trabalho, gostaria de vestir um vestido, que pede saltos altos, mas nem me atrevo.

Vou de calças e saltos baixos.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

mas eu nunca tive um filho!

por Maria Araújo, em 16.03.17

Tenho uma aula de Pilates, paga à parte da mensalidade, com um número muito pequeno de pessoas. 

Éramos quatro, passamos a ser três porque uma das colegas teve de desisitir devido ao horário da escola.

Uma das colegas, também professora, não tem ido há quinze dias.

E nestes quinze dias, entrou um elemento novo. um homem nos seus 50.

Nestas aulas, usamos a bola Suíça ( Pilates), as bandas, o magic ring, o esparguete (usado na natação), materiais que não são possíveis aplicar nas aulas de grande grupo, com cerca de  trinta pessoas.

Ora hoje, a aula foi com a bola Suíça.

A maioria dos exercícios exigem abdominal forte que nos deixam a tremer e com dor. 

ponte-reversa.jpg

 

Quando chegamos  ao exercício "ponte reversa" os pés ficam em cima da bola, os joelhos e as pernas dobradas (conforme imagem).Este consta em: levantamos as costas mantendo a coluna alinhada e vamos fazendo subidas e descidas do corpo , sempre com os pés pressionando a bola.

Depois, procurando o equilíbrio, levantamos alternadamente as pernas.

Um exercício que já havíamos feito, mas ele não.

No final de cada exercício a professora, uma profissional muito competente ( faz-se fila para conseguir senha para as aulas dela) pergunta-nos: " Como estamos?"

E há sempre uma queixa de dor, e depois o meu: " Bem!"

Mas custa! Custa muito!

Ora o senhor anda há pouco nisto, nem sempre aguenta. E quando a coisa complica solta um "aaaaaa" forte e alto. E deixa-se estender no colchão. 

Sai-nos algumas expressões de dor, alguns comentários, que dão para rir.

Ora na ponte reversa, o "aaaaaaaaaaaaa" dele foi tão dorido e alto que me saiu isto: " É pior que as dores de parto!"

A outra senhora, que é mãe, diz " É, é!"

E responde ele: " Deve ser, mas eu nunca tive um filho, nem posso ter, não sei como são."

Retroco eu: " Por isso mesmo. É que eu não fui mãe, também, não sei o que são as dores de parto! Mas estas sei."

A senhora responde-lhe: " Os homens não têm flexibilidade."

Comento: " Mas têm força."

A risota foi geral quando ele nos diz: " Agora estou assim, mas esperai mais dois ou três meses e ides ver como vou ter a vossa flexibilidade."

Sem Título.png

 

O final da aula foi na barra para fazermos os alongamentos: coluna, braços e pernas.

Diz a professora: " Aproveitem que vos faz bem. Quando chegarem aos 80 vão agradecer o que sofreram."

É um facto. Há dor, há sofrimento.

Os resultados? São bons.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

uma prescrição

por Maria Araújo, em 21.02.17

Sem Título.png

 

Fui à consulta de ortopedia para que o médico me desse conhecimento do relatório da ressonância magnética que fiz ao joelho.

Tinha comigo o exame e o relatório, que li ontem, que não me deixou preocupada.

Além de um quisto de Baker, tenho uma redução da cartilagem.  Nada mais que seja motivo de algum tratamento.

Aconselhou-me a caminhar mas sem o exagero dos muitos quilómetro que fiz aqui

Mais importante para mim é continuar a minha actividade no ginásio, que há mais de 25 anos não dispenso.

Para prevenir as dores e ajudar a reconstruir a cartilagem e tratar a artrite, receitou-me Glucosamina, em comprimidos, para tomar durante 4 meses (o tempo não perdoa).

 

"Glucosamina é uma substância pertencente ao grupo dos medicamentos para o tratamento da artrose, apresentando efeitos favoráveis na cartilagem visto ser um dos constituintes necessários para a sua regeneração, para além do fato de ter a capacidade de poder estimular as células formadoras da cartilagem.

Deste modo, contribui para o abrandamento e eventual paragem do processo degenerativo da cartilagem articular que caracteriza a artrose."

 

Costumo comprar toda a medicação e outro produtos na mesma farmácia.

Hoje, foi excepção. Entrei na primeira farmácia que passei, perto de casa.

Trouxe a medicação.

Passei pelo supermercado.

Quando cheguei a casa e vejo a receita, reparo que em encargos diz: " Esta prescrição custa-lhe, no máximo, 3,61 €, a não ser que opte por um medicamento mais caro".

Eu paguei 6,23 € por cada caixa.

É normal na "minha " farmácia perguntarem-me se quero o medicamento prescrito ou um mais barato, ou informarem-me que não têm o prescrito, se pode ser substituído por outro. 

Nesta, não me foi dito nada.

Vou lá passar, ainda hoje.

Quero saber por que razão me venderam um medicamento com outro nome e mais caro.

Tenho direito a uma  explicação.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

a longa caminhada

por Maria Araújo, em 06.02.17

de há 15 dias, trouxe-me dores na parte de dentro e interna dos joelhos.

Não tenho problemas em caminhar, mas se estou sentada por longos minutos, quando me levanto as dores aumentam.

Os meus gémeos têm dado sinal.

Será actividade física de mais, também?!

woman-ice-knee-400x400.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

que dia este!

por Maria Araújo, em 05.09.16

 

woman-at-desk-with-back-pain.jpg

 

Dias como o de hoje não são para mim. Temperatura alta, deixei-me ficar por casa a ocupar o tempo com tarefas que vou adiando mas acabei por passar a tarde no computador.

Leio e-mails e respondo, entro nos blogs, leio e comento, escrevo um  post, ou dois, quando dou pelas horas: "ui! está na hora de jantar!"

Não deixa de ser um tempo útil, com certeza, mas a minha coluna não suporta tantas horas sentada. Gosto de actividade, de andar, de fazer coisas. Sinceramente, já estou a ficar farta do calor. 

Com a temperautra que vai subir mais para amanhã, decidido está o dia: praia!

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

E as dores continuam

por Maria Araújo, em 12.12.14

 

mais fisioterapia, medicação, de vez em quando sai-me um "ai" esteja a andar, esteja sentada.

Só deitada me sinto bem.

Diz a fisioterapeuta: " vamos devagar, evite esforços, é o segundo tratamento" (lombar).

E eu respondo: "eu sou paciente, mas tenho tanto que fazer!"

Nunca, em quinze anos que vou à clínica, fiz tantos tratamentos como este ano.

Espero recuperar até quarta-feira. Tenho a ceia de natal com os meus ex-colegas e amigos da escola.

E o natal é sempre cá em casa, preciso de estar em forma para a festa da família.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou lixada!

por Maria Araújo, em 11.12.14

como se não bastasse ontem, hoje, não me sentei para me calçar, dobrei-me, apertei as botas, passo a escova e quando me levanto "ai, que dor!"

Dei um jeito na coluna, custa-me a conduzir, a andar, já tomei um comprimido.

Espero que passe, caso contrário, logo, na fisioterapia, o médico vai dar consultas, terei de falar com ele.

Shit!

E estou mais que lixada, também, quando abri a garagem, olho o chão e estavam 10 pontas de cigarros mesmo no meio da entrada, alguns com as marcas do baton da madame do rés-do-chão.Estou lixada!

E pensei que isto tinha dado resultado ( tenho uma pequena sensação de que ela despeja as pontas de cigarros ali, de propósito, em frente à minha garagem, mas não pode ser, coisas minhas!)

De três garagens do prédio, é a minha que sofre a porcaria de quem não tem cinzeiros dentro de casa?

Bolas! Hoje, estou virada do avesso.

ss.png

 (são dez  pontas,mas chegam a ser mais)

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

que jogo

por Maria Araújo, em 16.06.14

dez contra onze, dor, feridos, substituiçoes, não marcam penalidade contra a Alemanha..."tudo" a favor da senhora Merkel, que está lá a apoiar a sua seleção.

ganda azar de Portugal.

somos vistos como coitadinhos, pimba, toma e cala-te!

mais um golo da Alemanha... 4.

houve quem se risse da Espanha... toma!

aprende, seleção.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

A inflamação anda por aqui

por Maria Araújo, em 16.02.14

 

 

 

Ontem, acordei com a garganta inflamada.

À noite, fui jantar a casa de uma amiga, aniversariante. Não estava com muita disposição, mas estava tudo combinado e fui.

Lareira acesa, não foi suficiente para aquecer a sala.

Sentia frio.

Por volta da 1 hora, o meu corpo pedia descanso, a garganta não melhorara, e avisei a amiga a quem eu dera boleia, que queria vir para casa.

"Espera um pouquinho, vou fumar um cigarro!" E o cigarro demorou...

Já não aguentrava mais e voltei a dizer que queria vir embora.

"Deixa-me fumar mais um cigarro".

Mas desta vez, eu respondi que não esperava e pedi que uma das outras amigas a levasse.

Estava muito frio.

Deitei-me...mas não conseguia adormecer. Não me sentia quente, apesar do edredão duplo, virava-me para um lado e para o outro, estive nisto cerca de 1 hora, e dormi mal.

Hoje levantei-me, senti que estava pior.

Mas fui ao ginásio.

Com a tarde mais agradável, com sol e nuvens, pensara caminhar.  Só que os meus olhos estão tão pesados  (nunca tenho febre)  e o corpo dorido que daqui a pouco vou deitar-me no sofá e deixar-me adormecer com a TV em qualquer programa que não os "pimba" das tardes de  domingo.

Se amanhã não melhorar, e porque hoje não me apetece ir à urgência, vou ter de ir ao médico.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


instagram@mariaaraujo



Desafio - Foto da Semana


2º desafio de leitura

desafio



desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg


Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D