Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



pequenos serviços

por Maria Araújo, em 05.09.17

O roupeiro do meu quarto tinha umas prateleiras que  não eram nada práticas. Não estavam à vista, a roupa era guardada em caixas ou cestos que por sua vez arrumava nestas.  As écharpes e a roupa que uso em casa ficavam também acomodadas e acumuladas, tiravam espaço para pendurar a roupa do dia-a-dia e de cada estação. E eu gosto de usar cabides para tudo: camisas, casacos de malha, blusas.

Os casacos de inverno, os blusões, as malas, são guardados num grande armário numa divisão que já foi um quarto e que eu chamo de closet, embora pouco tenha a ver com o closet que desejaria. E se um dia tivesse dinheiro para as obras que gostaria de fazer, deitava parte da parede abaixo e tinha acesso  ao meu quarto. Faria uma suite bem fixe.

Ora neste roupeiro do meu quarto, na prateleira que fica por cima das gavetas, as camisolas de inverno acumulavam-se (bem arrumadas), e as t-shirts interiores eram de mais, não gostava deste sistema de arrumação

Há 15 anos que fora feito, andei de volta do carpinteiro para reparar o que estava mal, mas ele nunca apareceu e eu desisti.

Quando soube que o meu colega faz estes trabalhos ( é recente este seu novo 2º emprego/hobby)  e já combinara com ele depois das férias vir cá a casa ver o que eu queria, confirmou o que eu chamava de carpinteiro trolha: as portas abanavam ( quantas vezes pensei que um dia uma caíria em cima de mim) e as prateleiras não eram funcionais.

Hoje veio cá fazer o serviço. 

O roupeiro ganhou espaço, está pronto a receber mais arrumos.

Falta, agora, comprar papel para forrá-lo e pôr tudo no lugar. 

O electricista que ficou de me ligar para confirmar o dia para mudar os disjuntores e de trazer um catálogo para escolher interruptores para toda a casa,  e que eu decidi substituir, nunca mais deu sinal de si.

E eu também  decidi não lhe ligar nunca mais.

Falei ao meu colega no assunto.

Comprou os materiais que precisava, trouxe interruptores num tom neutro e substituiu-os.

Mais umas pequenas reparações, foram 4 horas de trabalho.

Não me interessa o quanto vou pagar nem ele apresentou contas porque  há mais para fazer. 

Mas estou contente com o trabalho. 

De tarde fiz uma limpeza geral à casa, serviço que a minha empregada não faz nem fará nunca.

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

a leitura real EDP

por Maria Araújo, em 23.08.17

 

 

application initializing

 

Todos os meses faço a leitura de eletricidade cá de casa, entre os dias 7 e 10 de cada mês, e envio para aqui.

No passado mês de Novembro de  2016, o contador  bi-horário foi substituído, passei a registar três leituras em vez de duas. 

Desde então as minhas idas à EDP foram frequentes, porque a página de leituras não fora alterada, não conseguia registar as três novas.

Depois de  várias tentativas na loja e online para conseguir enviá-las, só em Abril ficou resolvido o problema através do meu registo online, que antes, também, não conseguira entrar (após um e-mail a pôr o problema, o assunto resolveu-se).

Foi sol de pouca dura, porque nos meses seguintes fornecia as minhas leituras mas na factura  vinha a leitura estimada ( da EDP. Em Julho correu bem, estavam correctas.

Este mês, registei a leitura do contador, atempadamente, no dia 7, para que a EDP não facturasse por estimativa.

Contudo, consultando a minha página de cliente EDP,  verifiquei que as datas das leituras estimadas dos últimos dois meses são de cinco dias  após as minhas, e aquelas eram as que vinham nas facturas.

Achei estranho. Se tinha o cuidado de as dar dentro do prazo, porque diabo as minhas não eram as facturadas? Não fui reclamar, aguardei a factura de Agosto.

Recebo-as por via electrónica, entre os dias 16 e18, não recebera aindaa do mês, passei ontem, dia 22, na EDP. 

A factura estava para ser enviada, desta vez, mais tarde uns dias.

Quando expus a questão das leituras que dou atempadamente e a EDP considerar as estimadas, a funcionária, depois de consultar o computador, elucidou-me desta forma:

" No caso do seu contador, a leitura passou a ser automática, isto é, a senhora deu as suas leituras no dia x, e fez bem, mas a EDP fez o registo automático no dia y ( os tais 5 dias após o meu registo) e este é que conta. Não sei se me faço entender. A partir de agora, não precisa de registar na página as leituras do seu contador porque este fá-lo automaticamente no dia 12. E o envio da factura passa a ser também mais tarde."

Toma, Maria! Se não fosses reclamar ficavas todo o tempo sem saber o porquê de a factura trazer a leitura estimada, que é agora a leitura real!

A minha resposta foi esta: "Entendi, sim. Mas a EDP devia informar os clientes desta alteração. E pode ter a certeza que todos os meses, no dia 12, vou ler o meu contador. Se houver disparidade, garanto que venho reclamar."

Hoje, recebi a factura.

Cá está ela, a minha leitura:

 

Sem Título.png3 (2).png

 

e a leitura real, automática/EDP

 

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

a carta verde

por Maria Araújo, em 17.05.17

 

carta_verde-300x129.jpg

 

Maio, o mês de pagar o seguro do carro e da casa, é costume receber o aviso de pagamento com um mês de antecedência ( o último foi com dois meses ).

Passou Abril, entramos em Maio e o aviso não chegava ( nem chegou) . Ainda pensei que viesse por correio.

Os dias passam, no dia 28 tenho de substituir o selo no carro, no dia três, enviei um e-mail ao agente cobrador.

Resposta:  zero!

Passou mais uma semana, nem e-mail, nem por CTT, nem o agente deu notícias. Liguei para este no dia oito.

"Ah, eu li o teu e-mail e na mesma altura reencaminhei para a seguradora, deves estar a receber."

Passaram estes dias e nada.

Ontem, borrifei-me no agente ( amigo meu) liguei para a seguradora.

"Contactou o agente?" perguntou a senhora.

Expliquei tim tim por tim tim  o que se passava, que estamos no limite e preciso de ter a carta verde.

Uns minutos depois, dá-me a entidade, a referência e o valor para efectuar o pagamento no multibanco. Após efectuar isto, enviam a carta verde.

Se for como há dois anos que nunca mais chegava,  tive de ligar ao agente e deslocar-me lá para a receber. Quinze dias depois do prazo limite recebi a da companhia. Fiquei com duas.

Hoje fiz o pagamento do seguro do carro, porque o da casa nem vê-lo.

Aguardo até terça-feira. Se nada chegar por CTT, lá vou ter de ir, mais uma vez, ao cobrador para emitir uma carta verde.

Quanta eficiência!

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 28.04.17

Não estou habituada a ficar em casa o dia todo e andar as manhãs pela internet.

Com o pintor a pintar, a casa está uma desordem, não dá para fazer nada,  há que matar o tempo pondo a leitura dos blogs em dia.

A sala fica pronta hoje, talvez seja possível, para o final do dia, limpá-la e pôr os móveis nos seus lugares.

Escolhi a cor branco céu para a sala.

Estou a gostar.

IMG_2079-tile.jpg

E nestas andanças pelas leituras dos blogs do Sapo, encontrei este desafio e que vou participar ( vejam ali, na barra lateral).

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

pinturas em casa

por Maria Araújo, em 27.04.17

Durante três dias vou ter o pintor em casa a  pintar a sala de jantar e os tectos da cozinha e marquise.

Tarefa a pôr em prática, já:

tirar louças do armário, tirar quadros das paredes da sala de estar, os cortinados, o sofá, os móveis e levar tudo para o escritório, que é grande, ficam bem arrumados. 

Odeio ter tudo fora do lugar, mas está na hora de um ar novo e fresco a estas divisões.

1950s-paint-ad-couple-painting-their-house_thumb2.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

fui às compras

por Maria Araújo, em 02.03.17

comprei umas sandálias, colecção do ano passado,  com 50% de desconto.

comprei uma sweat reversível, da nova colecção, às ricas: rosa, branco e vermelho. 

comprei cuequinhas.

de tarde, limpei o pó, os livros, aspirei a casa, lavei a casa de banho.

não fui à aula ( paga à parte) de Pilates.

costumo tirar as compras dos sacos e guardá-las.

hoje, ficaram esquecidas no lugar que as deixei quando cheguei a casa: em cima de uma cadeira.

 

01-17P_12GLE1B47_906-01 (1)-horz.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

do seco para o molhado

por Maria Araújo, em 02.02.17

Tivemos um outono e início de inverno muito agradáveis para a época.

A chuva não queria vir, andávamos satisfeitos com as temperaturas de primavera.

Precisávamos da chuva. Já se via o caudal dos rios mais baixos que o normal.

A chuva regressou, e ainda bem, não vá ela vir de enchurrada e fora de época.

Então, estes dias de chuva, vento forte e trovoada, anunciados na comunicação social, são de alerta.

Há minutos, uma carga de água caiu por cá. 

De manhã, quando me levanto, no único aposento que tem varanda, costumo deixar a porta desta entreaberta para a minha gata usufruir deste pequeno espaço.

Fui a um dos quartos e de repente, vejo o chão molhado.

O espectáculo foi este: granizo dentro de casa.

Fechei a porta.

A chuva, que faz falta mas incomoda, vai continuar.

É melhor agora que mais tarde.

IMG_20170202_114055-vert.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

" dia de não comprar nada"

por Maria Araújo, em 26.11.16

depois da loucura de ontem, penso eu, que não estive em loja alguma, não vi o ambiente,  li neste blog que hoje, último sábado do mês de novembro, é o dia internacional  de " Buy Nothing Day"  -  "Dia de Não Comprar Nada".

Ora aqui estou eu dentro de casa, ainda não gastei um cêntimo e continuarei, visto que não tenciono sair hoje.

Então, como estou a passar esta tarde de " Dia de Não Comprar Nada"?

Como já podemos pensar nas decorações de Natal, porque não procurar ideias simples para decorar a casa?

E aqui ficam algumas que trouxe do Pinterest.

 

nat2.png

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

à administradora do condomínio

por Maria Araújo, em 22.07.16

prediosquefalam---print.png

 

" o quê? eu?!"

quando escrevi este post, e com intenção de procurar um electricista credenciado, lembrei-me que o vizinho do 3º andar, uma pessoa atenta a tudo o que é preciso reparar no prédio, poderia ter feio o mesmo, liguei para o café.

segundo ele, tinha dado fé de que a luz não desligava, que achava que o sistema de cronometragem avariara, que não tinha nada a ver com o contador, que viria cá ver o que poderia fazer.

e veio.

mostrou-me o aparelho, ia levá-lo a um electricista, com certeza não terá reparação e o mais certo será pôr um novo, pediria um orçamento, ficaríamos sem luz até hoje.

de manhã fui fazer umas compras, quando cheguei fui ver se tinha correio na caixa.

o inquilino do 1º andar deixara um post it, a reclamar a falta de luz, cujo título é: "À administradora do condomínio".

murmurei para mim: "o quê? eu?! não sou administradora de nada, aqui nem há administradores!"

ora,  há cerca de 18 anos, a ex-inquilina do 3º andar era a responsável por receber a luz do prédio.

quando vendeu o apartamento, pediu-me que ficasse com esta responsabiidade, até porque o contador está no nome da inquilina da fracção ao lado, a primeira pessoa a vir virver para este bloco de apartamentos, em 1963.

aceitei, fui à EDP acertar pormenores de nome e facturação, aderi à conta certa e, desde então, passei a cobrar a energia no final do ano e após acerto de facturação.

nunca comprei uma lâmpada que fosse para substituir as avariadas, que sempre foi feito com a boa vontade do inquilino do 3º andar, que toma a iniciativa de tudo o que nota ser preciso reparar, fala comigo, pede opinião de como fazer com os outros inquilinos, por vezes adiámos coisas importantes porque sabemos que eles não vão aceitar (o dono do r/c,  que não conheço, não quer saber disto para nada, interessa-lhe receber o aluguer do andar, em 15 anos pagou-me uma vez a luz, está sempre de pé atrás se o prédio precisa de obras) até que, no ano passado, resolvi escrever uma carta a todos (excepto o atrás referido) a pedir que contribuissem com 20 euros, que seriam entregues ao inquilino do 3º andar, para repor gastos de lâmpadas que colocara ao longo destes 15 anos que vive cá.

ora o vizinho do 1º andar, que não fala com ninguém, é um louco que não suporta ouvir barulho, que me arranjou imensos problemas quando fiz obras cá em casa,  que não me pode ver, que dá a volta ao quarteirão quando me/nos  vê sair ou entrar no prédio, provavelmente pensa que eu me julgo a dona do prédio.

tudo o que faço dou a conhecer ao inquilino do 3º, e ele a mim, porque somos as pessoas mais activas e atentas e agimos quando é necessário.

o certo é que não sou, nem quero ser administradora de nada, a não ser da minha casa,  e feliz ficaria eu se alguém, ou ele, quisesse assumir a porra da facturação da luz. há 15 anos que entrei no prejuízo e mendigar aos outros o que me pertence, não é para mim.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

as flores

por Maria Araújo, em 17.04.16

compradas no mercado municipal há dez dias (se fossem de estufa, já tinham murchado) e que enfeitam o hall, a sala e a cozinha cá de casa.

DSC00341 (2).JPG

DSC00336.JPG

DSC00339.JPG

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


instagram@mariaaraujo


desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

Outro cantinho





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D