Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"tenho de escrever o meu nome?"

por Maria Araújo, em 01.10.17

Às 13h fui votar.

Na minha secção a fila era pequena, contrariamente ao que aconteceu nas última eleições. Talvez porque decidi ir mais tarde, depois do ginásio.

De repente, já estava eu dentro da sala,  surge da cabine de voto o rosto de uma senhora, nos seus 70 e muitos, que pergunta:

" Tenho de escrever o meu nome ou só devo pôr a cruz?"

Os membros da mesa não ouviram a pergunta, respondi eu imediatamente: " Só a cruz".

" Ah, está bem", respondeu.

Olhei para a fila atrás de mim. Todos sorriram.

Comentei com o meu decote: " Não quero acreditar no que ouvi!  Como é possível a senhora fazer uma pergunta destas?! Será que nunca votou? Estará esquecida de como se vota?"

Afraude-eleitoral -.jpg

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 02.10.2017 às 12:17

Olhe que eu ontem também parecia uma extraterrestre!
Muitos anos sem votar dá nisto.

Primeiro, não fazia a mínima ideia do meu número de eleitor, nem tão pouco se tinha ainda o cartão, mas lá o descobri.
Depois, o meu marido explicou-me como enviar a mensagem, para saber onde tinha que ir votar.
Não fazia a mínima ideia que o cartão de cidadão ficava nas mesas, enquanto votamos.
Já nem sequer sabia se dobrava o voto em 2 ou em 4.
Na minha secção, não tinha ninguém à minha frente, nem 5 minutos demorei!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.10.2017 às 15:56

Ahahahah!
Marta surpreendeu-me!
Mas já sabe, agora, como se faz.
Sem imagem de perfil

De elvira carvalho a 01.10.2017 às 16:18

Com essa idade, as pessoas tornam-se mais esquecidas. Pode ser o caso.
Eu fui votar de manhã. E como de todas as outras vezes não estava ninguém na minha mesa. E olhe que hoje fui às dez, já tenho ido ao meio-dia e à tarde.
Voto na mesa 23 A mesa 20, está sempre com uma fila de 20/30 pessoas.
Abraço
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.10.2017 às 18:44

A minha é logo a primeira secção de voto, é costume ter muita gente de manhã, mas desta vez tive mais sorte, hora de almoço... embora as outras estivessem cheias.
Eu entendo que a senhora possa ter-se esquecido, mas achei estranho fazer a pergunta.


Imagem de perfil

De A Desconhecida a 01.10.2017 às 15:56

Eheheh, já não se devia recordar...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.10.2017 às 18:46

Ela tinha aspecto de despachada e estava sozinha.
Uma senhora forte e alta. Ter-lhe-ia dado uma branca ( como dizem os miúdos na escola)?
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 01.10.2017 às 14:34

Onde fui votar tive 2 situações cómicas:
Uma senhora que entregou o telemóvel e o cartão do cidadão, não a encontravam na lista... até que a presidente da mesa puxou a janela do telemóvel para cima e viu o nome da escola onde a pessoa tinha de votar, era no outro lado da cidade. Ainda reclamou que tinha mudado de casa há pouco tempo e não lhe disseram que mudava de local de voto;
O meu último nome pode ser ligado a um partido político... o primeiro pode ser ligado ao candidato à câmara... na mesa estava uma rapariga que conheci da rua onde moro desde que ela era pequenita. Sempre me chateava ao tratar-me pelo diminutivo do nome e disse-o em voz alta. A presidente da mesa refilou com ela, para pedir desculpas quando lhe disse que aquilo não era propaganda nenhuma, pois era o meu nome. (Ainda agarrou no cartão do cidadão para confirmar e ficou com cara de queque.)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.10.2017 às 18:48

Ahahahahah!

No primeiro caso, bolas, as pessoas sabem que se não comunicaram a mudança de residência, têm de votar onde sempre votaram.
No segundo caso, está demais!

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.10.2017 às 19:32

Ia acrescentar no meu post uma situação que achei estranha mas prefiro comentar consigo, e que se tratou de uma senhora, que conheço bem, andará pelos 66 anos, foi professora, que estava à minha frente com a mãe, na mesma secção de voto.
A mãe foi votar primeiro, e quando chega a vez de ela entregar o cartão de cidade e eleitor, diz que não trazia consigo, que se esquecera, mas que o número de eleitor era a seguir ao da mãe.
Os representantes da mesa, perguntam o nome da mãe, conferiram, e na linha a seguir constava o dela, pelo que deram-lhe os boletins de voto.
Quem está na mesa conhece-a , com certeza, também, e confiou.
Não achei correcto porque se fosse eu, com certeza que não podia votar, teria de voltar mais tarde.
Mas fui ver as regras e afinal ela podia:

"Documentos necessários Documentos necessários
Se pretender exercer o seu direito de voto e não tiver consigo o Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão, pode apresentar um documento que tenha fotografia actualizada e que seja habitualmente utilizado para identificação (ex: passaporte ou carta de condução).

Pode também identificar-se através de dois eleitores que atestem sob compromisso de honra a sua identidade ou ainda pelo reconhecimento unânime dos membros de mesa."
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 01.10.2017 às 19:36

Isso acontece em meios pequenos. Aqui há uns anos valentes, estava de férias na aldeia de onde era o meu avô quando foram feitas eleições para a junta, devido a um problema com as que tinham feito anteriormente. A maioria das pessoas não levou nenhum cartão. Chegavam lá, davam o número (os mais velhos sabiam os números de eleitor) e era o presidente da mesa que validava o nome. Também era assim que muitos "mortos" votaram.
Com menos de 300 eleitores nos cadernos, toda a gente se conhece.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.10.2017 às 20:17

Ahahahahah!
Quantos mortos votaram, sim!
Mas aqui, estamos numa grande cidade, que por acaso, na minha secção de voto, toda a vida, desde que me lembro de votar, está um vizinho meu, logo se eu me esquecesse, certamente que ele responderia por mim.

Comentar post



foto do autor


instagram@mariaaraujo


desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

Outro cantinho





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D