Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a comédia

por Maria Araújo, em 16.03.17

Commedia-1080x675.jpg

 

Pois na passada terça-feira, fui ver a Comédia a La Carte, dois dias em cena, cá em Braga.

Tinha comprado os últimos bilhetes para terça-feira.

Ora o espectáculo começou com a entrada dos actores no palco e com muitos aplausos do público.

César Mourão começou por saudar os presentes, dizendo que o Theatro Circo é a sala mais bonita do país.

O início da comédia dá-se quando ele conta, com o seu humor característico, que os portugueses, nos espectáculos, são diferentes da maioria dos europeus e do público em geral.

Porquê?

Por que enquanto todos os outros envolvem-se no que acontece no palco, nós estamos sempre à espera que algo corra mal. Dá vários exemplos. Um deles: Stevie Wonder.  

Vêmo-lo ao vivo, pensamos: " como é possível aquele homem cego, toca piano, como é que ele faz? E de repente, Stevie Wonder levanta-se, agradece os aplausos, de repente,  não "vê" os fios que andam pelo palco, tropeça neles e cai.

Ora, se temos uma característica que nos define, se damos mais atenção à desgraça, ao que aconteceu, esquecemos o resto. E, no dia seguinte, alguém pergunta como correu, se gostou, e tal, o que respondemos? "Ah, já não me lembro. Mas eu estava lá e vi quando ele tropeçou e caiu" .

Ou seja, ele quis dizer que estamos sempre alerta para o que pode acontecer de mal, para o imprevísivel.

Começou a representação. Cerca de três minutos depois de ele ter contado a história, ouviu-se um estrondo no palco.

O público ri às gargalhadas, os actores viram-se para trás

Vemos dois músicos levantarem-se. O público continua a rir às gargalhadas, os actores também.

A cena demora cerca de um minuto.

O que aconteceu foi que o baixista, sentado na cadeira em cima de um pequeno palco, caiu de costas.

Os outros colegas tentavam levantá-lo.

Todos se riam, eu também.

Mas de repente, pareceu-me que estava a ser difícil levantá-lo.

Fiquei precupada quando percebi que certamente teria acontecido sido algo mais grave. Que ele não conseguia mexer-se.

Surge então o baixista entre os dois que o levantavam.

Cesar Mourão ria-se. Mas perguntou-lhe o que acontecera e se estava bem.

Ajeita-se a cadeira, responde que está bem, senta-se.

Os aplausos de todos.

Com razão, César Mourão acabara de definir o comportamento do nosso público nos espectáculos. Coincidência ( se as há) algo insólito acontecera.

E não foi propositado, disso tenho a certeza.

Daí para a frente foi só rir, rir, rir.

Nada mais aconteceu de mal. Foi um grande espectáculo.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 17.03.2017 às 12:03

Por acaso passei os olhos por essa comédia, mas não cheguei a sugeri-la na minha rubrica.
O César tem toda a razão!
Felizmente nem todos as expectativas do público se tornam reais :)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 17.03.2017 às 13:14

Penso que ele provocou em nós uma reflexão sobre o assunto.
Foi o que pensei na altura. O César Mourão tem toda a razão.
Imagem de perfil

De A Desconhecida a 16.03.2017 às 16:25

Estou a ver que foi mesmo girooo!! Ahahah :D ainda bem que gostaste, rir é tão bom!! ;D
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 16.03.2017 às 16:34


Valeu por toda a improvisação.
Muito bom.

Comentar post



foto do autor


instagram@mariaaraujo


desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

Outro cantinho





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D