Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ele faz-me falta

por Maria Araújo, em 12.10.17

Terça-feira fez três semanas que o meu telemóvel foi para reparar. Dez dias em cada uma das três reparações que teve,  foi o tempo que fiquei sem ele.

Há 15 dias liguei a saber o ponto de situação. Prometeram enviar e-mail ao fornecedor, davam-me uma resposta, mas até hoje nada recebi.

No próximo dia 19 faz um mês que o deixei na loja. Se até lá não receber qualquer comunicação para o levantar, e porque nesse  dia vou para o Porto, no dia 20 vou à loja pedir o livro de reclamações.

Sem conctatos, sem APP, sem  Whatsapp, pouco consigo fazer. E não sou viciada em telemóvel. 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

à procura no Ikea online

por Maria Araújo, em 12.10.17

de Braga, se já chegou cá esta colecção para os nossos animais, encontrei uma notícia que me agradou demais.

ikea.png

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os tamanhos pequenos

por Maria Araújo, em 11.10.17

de algumas marcas, inclusive o XS,  são grandes para mim.

Não desisti de procurar as calças pie-de-poule que quero, embora o tempo não se decida mudar e não apeteça comprar roupa para esta estação.

Vi na montra da H&M um fato cujo padrão gostei.

Entrei na loja. Procurei as calças 34 /36. Nada!

Peguei num par 38, dirigi-me a uma das colaboradoras e perguntei se não havia números mais baixos. 

Não, não havia, pelo menos para já.

Decepção! Gostei do padrão e do tecido.

Saí da loja e fui à Zara.

Vi outro padrão que gostei. Tinha o S e o XS. Peguei num par XS, pareceu-me grande, dirigi-me ao provador e: o modelo era largo, que não uso, e estavam grandes!

Passei na Massimo Dutti, com números que raramente me servem, mas fazem arranjos, dei uma volta pela loja. Não encontrei o que queria.

As calças skinny desta marca, porque têm elastano, número 34, são as únicas que  assentam bem.

Há 15 dias vira a cor verde garrafa, que gosto muito nesta estação, mas não tinha o número. Esqueci-as.

De repente vejo-as. Dos dois pares que estavam em exposição, um era o número 34.

Vesti-as para marcar a bainha e deixá-las para a fazer ( não pago nada pelo arranjo).

Acho que já desisti de procurar as pied-de-poule. Não há números para mim, isto é, há, mas nenhum assenta bem.

Vi  estes sapatos. Não experimentei. Se tivesse um tacão um pouco mais alto, e se gostasse de os ver nos meus pés, comprava-os.

Quando for levantar as calças, pode ser que me apeteça experimentá-los...

6415221800_1_1_14.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estamos lá!

por Maria Araújo, em 10.10.17

Mundial 2018.

Parabéns Selecção. Parabéns Portugal.

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 10.10.17

Estava eu na fisioterapia, deitada de rabo para o ar e enquanto a técnica auxiliar fazia a massagem à perna esquerda, falava-se de baptizados e festas de aniversário de casamento.

Tudo começou quando, na cama ao lado, a dona Dores, 88 anos, que faltara ontem à fisioterapia, e comentei que não a vira, respondeu que tivera o baptizado de um bisneto.

Às páginas tantas, a técnica diz que o marido é agnóstico e que de certeza que não quer festejar os 25 anos de casamento, porque não gosta de festas, que não é homem para estas coisas. Eu comento que se ela lhe pedir ele até aceita, e vem à conversa as casas de festas, o dinheiro que se gasta, volta a conversa para o baptizado do bisneto da dona Dores, que a festa foi muito bonita, que os pais da criança não são casados, e tal.

De repente, a técnica auxiliar pergunta-me sobre os meus sobrinhos, ao que respondo que só uma casou e baptizou a filha, no mesmo dia do casamento e porque o marido fez questão em casarem.

E que os meus sobrinhos não ligam nada a religião, embora fossem baptizados e fizessem a primeira comunhão, mas uma delas não quis andar na catequese não fez nenhuma comunhão. E que um tio foi pai e convidou-a para madrinha da filha ( ainda não houve baptizado). Ela ficou muito feliz pelo convite e foi quando eu comentei que ela não podia ser madrinha visto não ter feito qualquer comunhão e o crisma, que me respondeu que não queria saber disso, que arranjaria maneira de falar com o padre e que seria madrinha e ponto final.

Contando eu isto, eis que a dona Dores, deitada na cama, entra na conversa e com o seu jeitinho de idosa diz: " Ela não pode ser madrinha. Se não fez nenhuma comunhão nem foi crismada, não pode ser. Que carago! Que raio de educação os pais lhe deram? Não pode ser. Ela não pode ser madrinha"

De repente comento eu " na minha ingenuidade": "Sou sincera. Não sei por que não há-de ser madrinha. Sou católica, fiz as comunhões e o crisma, mas não concordo que a igreja dificulte as coisas..."

E a dona Dores, repito, com o seu jeito crítico, volta à carga.

Desato a rir. Tentei abafar as gargalhadas. A técnica auxiliar escondia o rosto de tanto rir do meu riso.

A dada altura, não conseguimos abafar as gargalhadas que nos saíam sem querer.

Às tantas, diz a técnica para a dona Dores:

" O meu filho tem 19 anos, foi baptizado, fez a comunhão mas disse que não queria ser crismado. Eu não o vou obrigar, logo ele também não pode ser padrinho de ninguém".

Aí a dona Dores calou-se. 

E as nossas risadas voltaram só de recordarmos as palavras da senhora.

Já na rua, ria-me sozinha de pensar na cena.

Que duas!

 

Subia o Arco da Porta Nova, onde àquela hora ( 15h), e diariamente, me cruzo com grupos de estrangeiros que irão, cetamente,  para o autocarro que os vai buscar e seguirem viagem.

Descia a rua um divertido grupo de raparigas (não consegui perceber se seriam estrangeiras ou portuguesas universitárias) quando, de repente, uma das que vem à frente levanta o braço e diz algo como:  "woww!"

Todas páram. Os estrangeiros que seguiam atrás, páram, também.

Simulando um laser intocável, levanta uma perna, avança alguns centímetros, a que estava ao seu lado faz o mesmo, e viram-se para as outras e fazem o gesto para continuarem a andar.

Desatam às gargalhadas as companheiras, todos os que ouviram aquele "woww!" e eu que subia a rua e me cruzei com todos eles.

Falei para o meu decote: " Hoje a tarde está a começar bem!"  

Segui o meu caminho a rir de cada vez que lembrava as cenas desta tarde.

Relaxei no SPA do ginásio com um dos dois tratamentos  de rosto que estavam em "dívida" desde Abril e eu não sabia.

Sem Título.png

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Semana 40 - Desafio 365 Fotos

por Maria Araújo, em 09.10.17

Sem Título.png

 

O fim-de-semana em Lisboa, sábado com as sobrinhas e domingo no 6º Encontro de Bloggers, as fotos desta semana vão para a capital.

 

Foto 1 - À tarde tenho tomado café fora de casa e um dia destes, na Casa das Tíbias, apeteceu-me uma miniatura com o café.

 

Foto 2 - Pegou moda as frases nos pacotes de açúcar.

 

Foto 3 - Recordações do nosso 6º Encontro de Bloggers.

 

Foto 4 - Sábado, 7:15h, na estação de caminhos de ferro de Braga.

 

Foto 5 - Um dos lindos motivos da calçada lisboeta.

 

Foto 6 - Um quiosque na avenida da Liberdade.

 

Foto 7 - Pôr-do-sol em Lisboa ( foto que tirei da janela de casa da sobrinha).

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o que fica de um encontro

por Maria Araújo, em 09.10.17

IMG_3933.JPG

Novos amigos bloggers, pessoas simpáticas e simples que vieram de LisboaCascais, AlmadaBarreiro, para conhecerem quem já anda por estes caminhos desde Abril de 2015.

Regressaram as queridas e bem dispostas  e Isabel, que conheci no primeiro encontro.

Infelizmente algumas pessoas não puderam comparecer, uns por bons motivos, outros menos bons, mas foram carinhosamente lembrados: a Gábi (um abraço para si) , a Manu que marcou a sua presença com a maravilhosa e doce ginjinha" ( espero que tenha uma excelente estada nessas terras além Europa), o Pedro, a quem não cheguei a dizer um "olá e um abraço" porque a fila era grandita e entretanto distraí-me com outras coisas; o Professor João Paulo que, lá longe, em São Paulo, quis cumprimentar-me e agradecer a minha gentileza pela recepção que teve em Braga, quando por cá esteve, há dois anos.

Depois, foi conversa, fotos, risos, cantos.

A E, uma jovem mãe, simpática e divertida (conhecemo-la no encontro em Braga), que levou umas deliciosas trouxas, fez questão de levar-nos à Gare do Oriente e conversarmos um pouco mais.

O regresso foi em óptima companhia: Rui e esposa, a Janita e a Afrodite.

O nosso agradecimento vai para os organizadores deste evento que nos levaram até à Casa do Alentejo, onde estive várias vezes tão perto e não sabia.

Parabéns, Ricardo e Kok. Mostrastes que sabeis receber.

Para o ano estaremos de novo juntos, sabe-se lá, ou desconfia-se, numa qualquer cidade deste maravilhoso país, que poderia ser mais belo se o poupassemos dos terríveis incêndios que não nos deixam em paz, e porque uma minoria, parece-me, gosta de ver a floresta a arder.

A foto de grupo está demais, mas por respeito e consideração a algumas pessoas não publico neste cantinho. Fica o poema do Kok e  algumas fotos minhas.

Sem Título.png

IMG_3853.JPG

IMG_3882.JPG

IMG_3890.JPG

Sem Título.png

IMG_3870.JPG

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

semana 24 - um animal

por Maria Araújo, em 09.10.17

que só poderia ser aminha gata, a Kat.

 

IMG_3524.JPG

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desta vez é no "Alentejo"

por Maria Araújo, em 08.10.17

O tempo passa a correr, "ontem" tive o Encontro de Bloggers, em Braga, hoje já estamos em Lisboa para mais um convívio saudável, amigável, com gente boa.

Há um ano, foi em São Pedro de Moel, a Joana, que apareceu e foi muito bem recebida. Aliás, pessoas simpáticas e bem dispostas, são sempre bem-vindas. Pena que este ano não possa estar presente.

Soube, e lamento, que a Golimix não pode estar presente, por motivos pessoais, mas será lembrada, porque ninguém esquece ninguém. Fazemos questão de lembrar todos: os que estão longe e gostariam de vir, os que estão perto, mas não podem estar.

Desta vez, lembrei-me de convidar o amigo virtual, que vai passar a ser real, José da Xã, que é, porque sei que sim, uma pessoa alegre, bem disposta. Sei, também, que vai gostar muito de conhecer esta gente, e em especial o Ricardo, um fã do mesmo clube de futebol.

Vai ser um Domingo muito bom e teho a certeza que vou adorar conhecer  este lugar.

Um bom fim-de-semana para quem vier ler este cantinho.

( post agendado)

 

20507243_WIpPQ.jpeg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado estou

por Maria Araújo, em 07.10.17

com as sobrinhas, na capital.

Domingo, com os amigos.

MuseuMilitarA.jpg

Ilustração de Eduardo Salavisa

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


instagram@mariaaraujo


desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

Outro cantinho





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D