Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



os sobrinhos netos

por Maria Araújo, em 24.04.17

Onze sobrinhos. Oito com idades para serem pais e mães.

Mas só elas estão a aumentar a família.

A mais velha deu-nos dois rapazes ( os cariocas).

A quinta sobrinha deu-nos uma menina, está à espera do segundo filho, um menino ( luso-irlandeses).

A terceira sobrinha está grávida. Lá para outubro virá mais um: menino? menina? 

Não sabemos, ainda.

Mas vai nascer em Lisboa.

E de repente, em cinco anos nascem quatro sobrinhos netos.

E eu que pensava que elas não queriam ter filhos!

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

não vou à bola

por Maria Araújo, em 23.04.17

mas de quando em vez, falo de futebol.

Pois bem, não me lembrava que o Braga jogava hoje com o Paços de Ferreira.

Há pouco, fui espreitar como ficou o jogo, e para espanto meu, ou não, perdeu.

Ora o Guimarães está há 3 semanas no 4º lugar, que era ocupado pelo Braga.

Verificando os jogos que aí vêm e até ao fim da época, que está próxima, temos o Braga a jogar em casa com o Sporting no próximo dia 28: jogo perdido, lá vão mais 3 pontos.

Entretanto, o Marítimo ganhou ao Belenenses, está a 4 pontos do Braga. Tem um jogo complicado com o Porto dentro de 15 dias.

Se não ganharmos os próximos jogos, prevejo que o Braga vai dizer adeus à Liga Europa.

A bazófia do treinador bracarense está a prejudicar a equipa.

Com contrato até 2018, não sei não, mas se não o mandam embora, não se vislumbra nada de positivo para a equipa bracarense.

 

Sem Título.png

 Fui procurar informação e encontrei.

Jorge Simão não será treinador na época 2017/2018. 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 23.04.17

Desde que comecei a marcar as minhas aulas no ginásio pela aplicação do telemóvel, levo-o para o quarto, ponho-o a despertar precisamente dois minutos antes da hora que tenho de fazer a marcação. 

Esta madrugada segui a rotina.

De manhã, por volta das 9h00, e a pensar ir à praia, acordei antes de ele me despertar. Peguei nele para ver as horas.

Aparecia no ecrã um fundo preto e as letras a branco, a marca do telemóvel. Deduzi que algo não estava bem.

Tentei desligá-lo, mas não cedeu. Pensei que a bateria poderia estar descarregada, liguei-o à tomada. Nada se alterou.

E a hora para marcar a aula estava a chegar. Desconfiada,  aguardei que o despertador desse sinal. Mas não deu.

Tantava desligá-lo, continuava igual.

Levantei-me, decidida a ir à loja. Esqueci a praia. 

E encontrar a garantia? 

Costumo guardar a factura na pasta do e-factura. Tinha outras mais antigas, e a do telemóvel, que nem um ano tem, não aparecia.

Estava à toa, as pastas são muitas, tinha a certeza que era nesta que a guardara.

Fui ver as pastas mais antigas, não encontrei, até que peguei numa pasta de lombada estreita. Lá estava ela.

O tempo está a favor para caminhar, aproveitei para ir a pé, o que me leva cerca de 35 minutos.

No Media Markt, expliquei o que se passava ( e já não era a primeira nem a segunda vez que isto acontecia, embora desligando e ligando, ele voltava a funcionar).

O telemóvel ficou na loja. 

Sendo um desbloqueado, vi um a 20 euros, serve para o meu dia-a-dia, mas só o compro se não conseguir  um emprestado. A Sofia tem vários, vamos ver se algum serve para desenrascar.

Saí da loja, fui na direcção do centro comercial onde tem uma loja de registo do euromilhões, queria registar o meu caso amanhã decida ir à praia, e na terça, que é feriado, a possibilidade de o registar aqui no centro da cidade é menor.

Da loja, uma fila vinha até à entrada. 

Reparei que predominavam as mulheres, deduzi que estavam ali para comprar raspadinhas.

Ao lado da fila, de costas para mim, uma delas segurava as raspadinhas com uma mão e a outra raspava-as.

Às tantas, vira-se. Reconheço-a, e ela a mim.

Fez-me uma grande festa, há anos que não me via, como estou, e tal.

Eu cumprimentei-a. Não me lembrava do nome, mas também não lhe perguntei ( lembrei-me dele, Rosa, no caminho para casa), perguntei-lhe pelos filhos, se ela continuava lá ( na empresa, não me lembrava que ela tinha emigrado há anos), respondeu-me que já não estava lá, na Suíça, que regressara em 2010 mas os filhos continuavam no país e que vai vê-los várias vezes no ano.

Quando me vê de euromilhões na mão, diz-me que nunca joga, que só joga nas raspadinhas. 

Comento que raramente as compro, que é um vício...

"Ai, nem me diga nada!", comentou, " Se soubesse o quanto eu gasto nelas! Estou sempre a jogar".

Baixinho, digo-lhe eu: " Raramente as compro, jogo no euromilhões com uma amiga, senão nem jogava. Sabe o que faço em vez de gastar o dinheiro nisso? Meto-o num mealheiro. Quando estiver cheio, abro-o e uso-o para alguma viagem que queira fazer."

Respondeu-me ela: " Uma boa ideia, sim senhora, pelo menos não gasta nisto. Usa-o para si. Eu não me controlo."

As senhoras que estavam à minha frente riram-se...Elas também as compravam.

Às tantas, a Rosa, para não ir para o fim de fila, aproveita-se da minha vez e,  junto ao balcão(eu deixei, claro), entrega as rapadinhas sem prémio e pede mais umas quantas de vários valores.

Despediu-se de mim e foi embora.

A Rosa era ajudante de cozinheira na empresa do meu pai, onde eu também trabalhei 15 anos. O marido era trolha, tinha uma pancada, era um inconstante, ela queixava-se dele, mas adorava-o. E acho que ele a ela. 

Acabei o curso, saí da empresa. Ela  ficou mais uns anos, até emigrar.

Passaram 26 anos.Ela está uma lady. Unhas compridas, de gel, bom aspecto, com certeza. Uma chave grande na mão, só podia ser de um carrão. Gasta um dinheirão nas raspadinhas, mas ela sempre teve um bom coração.

Oxalá a vida lhe sorria por muitos anos e que o dinheiro que gasta em raspadinhas não venha a fazer-lhe falta.

Gostei de ver a Rosa.

 

Resultado de imagem para raspadinhas jogo gif

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

obrigada, Sapo

por Maria Araújo, em 23.04.17

não estava nada, nada, à espera.

Há mais fotografias para publicar deste exposição única, na minha opinião.

 

Sem Título.png

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os apliques

por Maria Araújo, em 22.04.17

20381835_AhJ0I.jpeg

O candeeiro da mesa de cabeceira obriga-me a posturas incorrectas e as dores de coluna incomodam, à noite, quando leio na cama.

Nos vários sites de decoração que costumo ver, gostei dos apliques de parede à cabeceria da cama.

Procurei no site do Ikea e do Leroy Merlin e encontrei o que queria.

Em inícios de Março, passei no Ikea e comprei dois apliques ( iguais ao da imagem) para ter luz directa para o livro, e sentada ou deitada na cama, pudesse ler confortavelmente.

Não me atrevo a mexer em máquinas de parafusos eléctricas, faço muitas outras bricolages acessíveis às minha mãos, então os apliques aguardavam as mãos de um perito na coisa.

Tenhos dois irmãos que são fantásticos em todo o género de bricolage, mas o tempo é pouco para cá virem. 
Hoje, veio cá o mais velho. Quando viu os apliques, resmungou de imediato que aquilo não prestava, que eram de fraca qualidade, que temos a mania de ir ao Ikea e há coisas melhores no nosso mercado.

E tem razão.

Abre uma das embalagens, coloca na parede para eu dizer que altura queria e, de repente, ele experimenta a flexibilidade e segurança da extensão e verificamos que ela não se segura. Ou seja, quando me sentasse a ler e quisesse orientar a luz para o livro, a extensão caía.

Ele diz-me que esteticamente ficam mal, vêem-se os fios, não são uma boa opção para o fim que eu queria. 

A máquina de parafusar não chegou a trabalhar, porque desisti de os pôr.

As lâmpadas LED são sempre úteis, mas os apliques vou devolvê-los.

Nada foi usado, presumo que os aceitam, até porque o talão não tem qualquer indicação do prazo de validade para devolução.

Conclusão: nem tudo o que vemos nas lindas imagens de decoração ficam bem ou são o que parecem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 22.04.17

Faz hoje 15 anos que faleceu um jovem de 37 anos, meu cunhado.

Fui  ao cemitério pôr um ramo de flores na sua campa, nas dos meus pais e irmãos, também.

Quando estava a encher o regador de água, mesmo em frente a mim, um senhor bem parecido, não mostrava ter dificuldades financeiras, inclinado sobre o caixote do lixo escolhia as melhores flores. E tinha umas quantas na mão.

Fiquei desolada.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

adormeci

por Maria Araújo, em 21.04.17

Gosto de ir ao ginásio de manhã.

À excepção da terça-feira e domingo, todos os dias faço em média duas aulas.

Ontem à tarde, fiz uma aula de Pilates com bolas e fitas. São 45 minutos intensos mas saímos da aula bem dispostos.

Só que hoje custou  levantar-me.

As aulas estavam marcadas, tinha de chegar 10 minutos antes da primeira aula e já estava um pouco atrasada.

Tinha marcado a última massagem deste tratamento para depois da aula de Antigravity.

Sentia-me rota, a massagem viria mesmo a calhar.

A massoterapeuta fazia o seu trabalho com a eficiência que lhe era devida.

Eu estava bem demais.

Estava deitada de  barriga para baixo, quase adormeci.

Despertei quando ela me pediu para virar-me.

A não ser a música ambiente, o silêncio era de mais. Voltei à sonolência enquanto ela massajava a barriga e as pernas.

Se fosse o J, eu não caía neste torpor. De vez em quando, o J quebrava-o com alguma conversa.

8271.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

coisas do meu dia

por Maria Araújo, em 21.04.17

Fui à farmácia, dei uma volta pelo centro, entrei na MD ( ainda não utilizei o cheque prenda que me ofereceram no aniversário) vi muita coisa que gosto mas nada demais que me fizesse comprar alguma peça.

Passei na padaria.

Quando saí, vejo uma senhora idosa que, nestes dias de sol, costuma  estar sentada num pequeno muro que separa o passeio de um banco, a vender flores do campo. 

Perguntei o preço dos ramos. 
-1 euro cada -, respondeu.

As flores não eram nada de especial, mas eu aprecio muito esta flores, decidi ajudar a senhora, que ainda tinha bastantes ramos para vender.

Quando lhe disse que levava dois, aproximou-se de mim e num tom de voz baixo, diz-me:

- É um rapazinho que as apanha, sabe? Eu vivo sozinha, tenho 80 anos não posso fazer tudo. Ele ajuda-me. 

Comentário meu: 

- Levo os dois ramos. Mas vou dizer-lhe uma coisa. Por favor,  a senhora não diga a qualquer pessoa que vive sozinha. Sabe que há muita gente que sabendo disso, aproveita-se  dos mais velhos...

- Sim, eu não vou dizer. Obrigada.

Entretanto, outras pessoas aproximaram-se para comprar flores.

Paguei, deixei-lhe dinheiro a mais, disse-lhe que era para guardar.

Ouço uma senhora que estava perto a apreciar a cena dizer-me: " que bonita que você vai!"

IMG_20170421_173230_465.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

detalhes

por Maria Araújo, em 20.04.17

25.jpg

a mesa de cabeceira

 

20.jpg

os colares na parede

 

04.jpg

a cómoda

 

19.jpg

os apliques

1 (1).jpg

 

o mapa mundo na parede 

3 (3).jpg

 

o móvel rádio e gira-discos e as mesas Ikea

9.jpg

 

o parapeito da janela

17.jpg

 

a varanda

 

alvhem 11.jpg

 

imagens do blog  décrouvir l'endroit du décor

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

em Outubro ficou decidido

por Maria Araújo, em 20.04.17

no 4º Encontro em São Pedro de Moel, e tempo voa e já estamos a nove dias do nosso 5º Encontro de bloggers que terá lugar aqui em Braga, no próximo dia 30.

O almoço buffet é no Museu D. Diogo de Sousa, um espaço aberto ao convívio, às recordações, à cultura, quiçá, surpresas.

O nosso selo, que marca este encontro, foi criado em Janeiro a partir dos belos desenhos de Eduardo Salavisa que gentilmente nos deu permissão para os utilizarmos.

A divulgação e inscrições têm sido feitas no blog Jardins de Afrodite, uma vez que os nossos amigos virtuais e não virtuais são maioritariamente do blogspot.

Tendo forte colaboração do marido, a blogger Afrodite vai trocando comigo opiniões, e põe-me ao corrente dos e-mails que recebe de todos os que vão participar neste Encontro.

Tudo está a correr bem, vai ser um dia pleno de emoções e coisas boas.

Gostaria que a simpática Joana, deste blog, estivesse connosco, mas outros compromissos mais alto falam. Nós entendemos, com certeza ( mas se conseguir dar um jeitinho, até ao penúltimo dia, ainda vem a tempo, Joana).

Prezo muito que os nossos queridos bloggers do Sapo, por quem tenho muita admiração e afeição, estejam disponíveis para se sentarem à mesa rodeada de amigos:

o Kok  e o seu sentido de humor, que adoro;

a Manu e as suas fotografias que nos contam histórias de viagens e de vidas. 

 

20230017_IeEJB.png

Fica a lista dos amigos que vão comparecer neste 5º Encontro de Bloggers, ( fui roubar à Afrodite). Há novidades. Vamos conhecer novos amigos.



(02) Afrodite + ZM (Jardins de Afrodite) - Braga
(04) Maria Araújo + irmã (Cantinho da Casa) - Braga
(05) Ricardo Santos (O Pacto Português) – Lisboa
(07) Rui E.S. + Lena (Coisas da Fonte) – Ermesinde
(08) Manu (Existe um Olhar) - Caldas da Rainha
(10) Graça + Sidónio (Picos de Roseira Brava) - Leiria
(11) Esmeralda Martins (O meu (outro) Eu) - Mafra
(13) Gábi + Paulo (Dona Redonda) - Porto
(15) Ju + Domingos (Ventos do Norte) - Porto
(16) Kok (Rir é bem melhor!) - Lisboa
(17) FATifer (Fatiferando)- Lisboa
(19) Laura Ferreira + "cara-metade" (O sítio das pequenas coisas)- Porto
(20) Giselda (AvoGi e as Pulgas) - Funchal
(21) Janita (O Cantinho da Janita) - Porto
(23) Henrique Ferreira + Raquel (A Nossa Travessa) - Lisboa
(24) Lina (Golimix) (Eu tento, mas meu tento não consegue!) - Vila Pouca de Aguiar
(25) David (Almas à Deriva) - Oeiras

 

 

Braga5.jpg

Todos os caminhos vêm dar a Braga, e a porta está sempre aberta.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)




desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg

2º desafio de leitura

desafio

Selo 5º Encontro.PNG



Outro cantinho



https://www.instagram.com/mariaauroraaraujo/

Encontros

encontro MARCADOR



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D