Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um blogger Paulista

Estou cansada, ontem e hoje foram dias bastante ocupados, mal tive tempo para vir a este cantinho.

O nosso encontro de bloggers é já no domingo, em Leira, o Professor João Paulo ,na companhia de um amigo, o Roberto, vieram de São Paulo para este encontro.

Alojados no Porto, andaram quarta e quinta conhecer a cidade, sendo Braga e Guimarães as outras cidades a visitar. Ficou para hoje e, manhã cedo, o Rui estava em Braga com estes dois amigos super simpáticos e divertidos, especialmente o Professor.

O tempo não ajudou, a chuva não nos deixava andar à vontade.

Decidimos subir o Bom Jesus, eu fui com os dois amigos Brasileiros no elevador e a Afrodite e o Rui foram de carro até ao Santuário.

As obras nos escadórios continuam, estavam vedados os acessos ao jardim. A chuva que caía não impedia os turistas de andarem por lá.

Já havíamos desistido de ver o Santuário do Sameiro, passamos perto, chovia imenso, descemos em direcção ao centro da cidade.

Uma visita breve à Sé, passarmos nas ruínas romanas que ficam por baixo do piso em vidro da conhecida Frigideiras do Cantinho.
Seguimos para os arredores da cidade onde, por sugestão da Afrodite, fomos almoçar um  delicioso bacalhau recheado.

O destino seguinte era Guimarães. Já estava nos planos o Rui seguir com os dois senhores para esta cidade e visitarem o Centro Histórico. O regresso ao Porto estava marcado para as 17h, não havia muito tempo para ver o possível.

Amanhã, o Professor segue para Leiria para conhecer a cidade e domingo estaremos novamente juntos, e mais 23 pessoas, para o Encontro de Bloggers , em Monte Real.

O Professor e seu amigo Roberto estão a adorar o nosso país e já fazem planos para voltarem cá dentro de um ano com estadia mais longa, e viverem o evento de grande sucesso,  Braga Romana , em maio, ou a Noite Branca em setembro.

E já só falta um dia para o nosso encontro.

 

As minhas fotografias

bom 001.JPG

bom 006.JPG

bom 008.JPG

 As fotografias "roubadas" do FB ao Professor João Paulo

eu.png

Roberto, eu e Professor João Paulo 

 

11169888_10206459154947518_6177089566144391666_n.j

Roberto e Professor

11159457_10206459155747538_6630583490331598843_n.j

 Orifessor João Paulo

 

 

 

22 de abril e o Brasil

 

descobrimento_brasil_-_museu_historico_nacional_-_

 

Hoje, também um dia histórico importante, comemoram-se os 515 anos da chegada dos portugueses à Terra de Vera Cruz.

Uma amiga virtual  e blogger duas vezes escreveu na sua página do FB, o seguinte:

 

lillian.png

 

Lembrei-me de procurar o porquê de os portugueses darem o nome Brasil a esta terra e encontrei aqui a exlicação,  que passo a transcrever.

 

Nomes do Brasil

 

- Pindorama : nome de nossa terra atribuído por algumas tribos indígenas. Em tupi-guarani significa terra das palmeiras. Esse nome foi mais usado no período anterior à chegada dos portugueses ao Brasil (1500).

 

- Terra de Vera Cruz (de 1500 a 1501): nome provisório de referência cristã.

 

- Terra de Santa Cruz (de 1501 a 1503): nome provisório de referência cristã.

 

- Brasil (de 1503 a 1824): nome dado pelos portugueses em função da grande quantidade de árvores de pau-brasil existentes na região do litoral brasileiro. A palavra Brasil deriva de brasa, pois esta árvore possui uma seiva avermelhada, cor de brasa.

 

- Império do Brasil (1824 a 1891): após a Independência do Brasil (1822), D.Pedro I ordenou a elaboração de uma nova constituição. Nesta, promulgada em 1824, ficou definido o novo nome do país, fazendo referência ao sistema imperial de governo.

 

- Estados Unidos do Brasil (1891 a 1969): com a Proclamação da República, o nome de nosso país mudou novamente, pois era necessário retirar a referência aos sistema monárquico. A expressão "Estados Unidos" reforçava a unidade territorial e o sistema federativo.

 

- República Federativa do Brasil (1969 até os dias de hoje): o nome do país foi alterado na Constituição de 1969, reforçando assim o termo que faz referência ao sistema republicano.

 

Não é feriado para os Brasileiros, (pois, nós também ficamos sem quatro feriados),  mas há quem faça referência a este importante dia 22 de abril.

 

 

 

22 abril

11024699_876602822403911_4235186467287109772_n.jpg

 

Um dia triste que marcou a minha vida e da minha família, há treze anos atrás.

O dia em que, no IPO, a amiga E está a ser operada.

Desejo do fundo do coração que seja mais uma guerreira deste cancro que é o cancro.

O Dia Mundial da Terra que precisa urgentemente de guerreiros que lutem contra o cancro da poluição, das armas químicas, da guerra, dos conflitos...

Um dia marcante, este 22 de abril.

 

O kit

 

Sábado passado, fui jantar com uma amiga. Desde outubro do ano passado que não jantávamos juntas. Tomavamos café, esporadicamente, ou falavamos por telefone.

As poucas amigas de coração que tem, sou uma das que ela gosta de conversar, de desabafar, de ouvir opiniões.

Combinámos ir a pé, estacionou o carro em frente à minha porta, foi buscar a mala que estava no banco de trás.

De repente, comentou: "Vou mostrar-te uma coisa que tenho aqui. Mas não te rias. Vais achar ridículo, mas tinha de fazer alguma coisa."

Com o braço tapava uma embalagem de algo que não consegui ver o que era.

E repetiu: "Não te rias."

E eu já me ria do que ela dizia.

Disse: "Eu não sei andar de bicicleta e tenho uma na minha garagem. Então, decidi que, sozinha, vou aprender a andar no jardim da minha casa e para não fazer má figura comprei este kit estabilizador e..."

E eu desatei a rir. Ela também.

Mas o pior é que tenho de admitir que eu também não sei andar de bicicleta.

Em criança, os meus pais não me deram bicicleta. Quando os meus irmãos mais novos a tiveram,  era eu adolescente, tentei uma vez, duas, mas desisti.

Hoje arrependo-me de não ter arriscado.

As minhas outras amigas desafiam-me a aprender com elas. Eu digo que não.

Ontem, o meu irmão mais novo enviou-me um link de uma suposta escola no Porto onde ensinam a pedalar.

Lá ninguém me conhece, pensei arriscar. Enviei uma mensagem, aguardo resposta.

Sendo o horário e o preço viáveis, quem sabe daqui a um ano entro na volta a Portugal em bicicleta...para mulheres.

 

 

 

 

21 de abril, centenário do Theatro Circo

 

de Braga, uma das salas mais bonitas da Europa,  hoje com o espectáculo de Rodrigo Leão, um músico que não me canso de ver e ouvir.

Amanhã o espectáculo repete-se. Quando fui comprar os bilhetes para hoje, estavam esgotados e para amanhã havia um  perdido algures no 1º balcão.

Como só havia este, não telefonei a ninguém a convidar para vir comigo.